Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Vertebrados

Os vertebrados são animais que fazem parte do filo Chordata. O termo vertebrado vem de vértebras, ou seja, está relacionado à presença de coluna vertebral. Além da coluna vertebral, os vertebrados apresentam crânio.

Existem diferentes espécies de vertebrados, as quais ocupam diferentes ambientes e apresentam diferentes hábitos de vida. Existem espécies, como o tubarão, que vivem exclusivamente no ambiente aquático, enquanto espécies como o leão e a girafa vivem apenas no ambiente terrestre.

No que diz respeito à alimentação, temos espécies herbívoras, como o cavalo, carnívoras, como a onça-pintada, e onívoras, como os seres humanos. Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos são grupos de vertebrados.

Leia mais: Peixes – animais vertebrados que primeiro surgiram em nosso planeta

O que são animais vertebrados?

Vertebrados apresentam coluna vertebral e crânio, estruturas relacionadas, entre outras funções, com a proteção do sistema nervoso desses animais. Eles fazem parte do filo Chordata ou simplesmente cordados. Os cordados são animais que apresentam quatro características marcantes:

Os peixes são animais vertebrados que vivem no ambiente aquático.
  • Notocorda: haste flexível que está presente em todos os embriões de cordados e permanece em alguns adultos. Esse cordão percorre o eixo longitudinal do corpo do animal e funciona como um eixo de sustentação.
  • Cordão nervoso dorsal oco: essa estrutura desenvolve-se no sistema nervoso central do animal.
  • Fendas faringianas: em todos os embriões de cordados, é possível observar a presença de sulcos faringianos, os quais se desenvolvem, na maioria dos cordados, em fendas faringianas, as quais permitem que a água entre na boca e saia do corpo sem que atravesse o sistema digestório.

Em peixes, essas fendas formam as brânquias, em outros vertebrados, os sulcos faringianos não formam fendas. Nesses animais, os arcos faringianos que circundam os sulcos formam algumas estruturas da cabeça e do pescoço.

  • Cauda muscular pós-anal: trata-se de uma cauda que se estende após o ânus e contém elementos que proporcionam propulsão na água em várias espécies aquáticas. Em muitas espécies, essa cauda é bastante reduzida.

Coluna vertebral

O termo vertebrado é derivado de vértebras, que são os ossos que se arranjam de modo a formar a coluna vertebral. Na maioria dos vertebrados, as vértebras envolvem a medula espinhal, uma importante parte do sistema nervoso central. Além disso, atuam como eixo de sustentação para o corpo do animal.

A coluna vertebral é uma característica observada nos organismos do grupo dos vertebrados.

No que diz respeito à coluna vertebral dos seres humanos, ela é formada por sete vértebras cervicais, doze torácicas, cinco lombares, o sacro e o cóccix. As vértebras cervicais, torácicas e lombares permanecem separadas por toda a vida. O sacro e o cóccix, por sua vez, são formados por vértebras fusionadas. Enquanto o primeiro é formado por cinco vértebras sacrais fusionadas, o segundo é formado por quatro vértebras coccígeas fusionadas. Caso queira saber mais sobre o tema deste tópico, leia: Coluna vertebral.

Exemplos de animais vertebrados

As vacas são exemplos de animais vertebrados, possuindo, portanto, coluna vertebral e crânio.

Quando falamos em animais, a maioria das pessoas lembra-se com maior frequência de animais vertebrados, apesar de o grupo de invertebrados ser mais diversificado. No que diz respeito aos vertebrados, atualmente, existem mais de 56.000 espécies viventes. Esse número é relativamente pequeno quando comparamos a alguns grupos de invertebrados, como os artrópodes, que apresentam mais de um milhão de espécies descritas.

Como exemplos de animais vertebrados, podemos citar: baleia, pinguim, peixe-boi-da-amazônia, peixe-espada, arara, rato, cobra, lagarto, macaco, leão, tigre, onça-pintada, girafa, hipopótamo, ornitorrinco, canguru, cachorro, gato, galinha, papagaio, avestruz, elefante, tubarão, salmão e lobo.

Leia também: Tubarão-baleia – o maior peixe do mundo!

Os grupos de vertebrados

Os vertebrados são divididos em grupos, sendo muito comum, nos livros didáticos, a divisão em cinco grupos:

  • Peixes: vertebrados aquáticos que apresentam a capacidade de retirar oxigênio da água por meio de estruturas chamadas de brânquias. São animais que possuem uma série de adaptações à natação, tais como a presença de nadadeiras e corpo hidrodinâmico. São exemplos de peixes o tubarão, a sardinha, o salmão, a piranha, o peixe-palhaço e o cavalo- marinho.
Os anfíbios são vertebrados que apresentam grande dependência do ambiente aquático.
  • Anfíbios: são vertebrados dotados de quatro membros (tetrápodes) que apresentam como característica marcante sua dependência do ambiente aquático. A maioria dos representantes possui uma fase larval aquática e uma fase adulta de hábito terrestre. São exemplos de anfíbios a rã, o sapo, a perereca e a salamandra.
As tartarugas-marinhas são exemplos de répteis.
  • Répteis: tetrápodes que se destacam pela conquista definitiva do meio terrestre. São animais que apresentam pele grossa com escamas e/ou depósitos ósseos, que os tornam resistentes à perda de água.

Nesse grupo observa-se uma novidade evolutiva importante: o surgimento do ovo com casca. O ovo com casca grossa impede o ressecamento e protege o embrião. Como exemplo de répteis, temos a tartaruga, a serpente, o lagarto, o jacaré e o crocodilo.

As penas são uma característica exclusiva das aves.
  • Aves: tetrápodes que apresentam como característica exclusiva a presença de penas. Diferentemente dos grupos anteriores, as aves são animais endotérmicos, ou seja, capazes de manter a temperatura do seu corpo estável, independentemente das alterações que ocorrem no meio em que vivem. 

As aves apresentam uma série de adaptações ao voo, tais como a presença de músculos peitorais desenvolvidos e ossos ocos, que tornam seu corpo mais leve. Como exemplo de aves, tem-se o papagaio, o pinguim, o avestruz, a galinha, o gavião, o pica-pau, o beija-flor e a arara.

  • Mamíferos: animais tetrápodes e endotérmicos que se caracterizam pela presença de pelos e glândulas mamárias. As glândulas mamárias são importantes para garantir a produção de leite, que é o alimento ofertado pela mãe ao filhote nos estágios iniciais de desenvolvimento. Como exemplo de mamíferos, tem-se o ser humano, a onça, o coelho, o urso, o lobo, o cachorro, o gato, a girafa, o gambá, o coala e o ornitorrinco.

Leia também: Substâncias presentes na composição química do leite

Exercício sobre os vertebrados

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito dos vertebrados, identifique, no quadro seguinte, o nome dos animais que não fazem parte desse grupo:

Quais destes animais não são vertebrados?

Jacaré

Lagartixa

Papagaio

Salamandra

Homem

Iguana

Esponja

Macaco

Lombriga

Minhoca

Polvo

Água-viva

Lagosta

Escorpião

Cavalo

 

Resposta:

Os animais que não são vertebrados, ou seja, não possuem coluna vertebral e crânio, são: esponja, minhoca, lagosta, polvo, escorpião, lombriga e água-viva.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Alimentação dos animais

Ciências

Animais ameaçados de extinção

Ciências

Animais domésticos e silvestres

Ciências

Animais endotérmicos e animais ectotérmicos

Últimos artigos

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.