Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Os Animais

As características desses seres vivos.

Os animais são seres vivos, ou seja: nascem, crescem, morrem e possuem capacidade de reprodução. Cada espécie possui suas características próprias, como cor, tamanho, tipo de alimentação, ambiente em que vive, dentre outros aspectos.

Os animais também apresentam diversas formas de locomoção, podendo andar, nadar, saltar, voar, rastejar ou, simplesmente, não se locomover.



No tamanho, os animais variam muito, podendo ser considerados de porte pequeno, como pulgas, sanguessugas e mosquitos; médio, como muitos sapos, cachorros e tamanduás; e de grande porte, como bovinos, elefantes e baleias.

A quantidade de patas dos animais também é variável de acordo com o grupo ao qual pertencem. Alguns deles não possuem patas, como as esponjas e serpentes; outros possuem duas patas, como as aves e morcegos; existindo também os que possuem quatro patas (girafa, cachorro). Outros animais possuem seis (insetos), oito (aranha, caranguejo), ou mesmo inúmeras patas, tal como as centopeias.


A cobertura do corpo dos animais também muda bastante. Muitos peixes têm corpo coberto por escamas, assim como os répteis. Já nos anfíbios, estas estruturas são ausentes. As aves têm o corpo coberto por penas, e mamíferos são cobertos por pelos. Quanto aos invertebrados, isso varia muito, mas vale destacar o corpo coberto por carapaça externa, típico do grupo dos artrópodes (caranguejo, aranha, centopeia, borboleta, etc.); e a presença de conchas, em muitos animais do grupo dos moluscos (mexilhão, ostra, caracol, náutilo, etc.).

A alimentação dos animais é outro aspecto variável, classificando-se como carnívoros aqueles que se alimentam de carne de outros animais (leão, jacaré e piranha); herbívoros, aqueles que só comem vegetais, inteiros ou partes deles (girafa, boi e coelho); onívoros, que comem tanto um quanto outro (porco, galinha, macaco, cachorro, etc.); e detritívoros, os que se alimentam da matéria morta (urubus, abutres, etc.).


Algumas espécies possuem coluna vertebral e por esse motivo são chamadas de animais vertebrados. Eles se dividem em cinco grupos: mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes. No entanto, há vertebrados sem vértebras, que é o caso das lampreias e feiticeiras: espécies de peixes. Assim, na verdade, o que todos os vertebrados têm em comum é a presença de crânio.

Os animais que não possuem coluna vertebral nem crânio são caracterizados como invertebrados. Eles são divididos nos grupos dos poríferos, cnidários, platelmintos, nematelmintos, moluscos, anelídeos, artrópodes e equinodermos.


Aproveite para conferir a nossa videoaula sobre o assunto:

Minhoca: animal invertebrado do grupo dos anelídeos. Minhoca: animal invertebrado do grupo dos anelídeos.
Por Jussara de Barros

Você pode se interessar também

Ciências

Piolho

Ciências

Piracema

Ciências

Animais silvestres

Ciências

Por que o pescoço da girafa é comprido?

Últimos artigos

Medidas de volume

Utilizamos o volume para calcular o espaço ocupado por uma determinada matéria. Assim, é necessário desenvolver unidades de medidas de volume, como o metro cúbico.

Sólidos geométricos | Ensino Fundamental I

Sólidos geométricos são figuras com três dimensões e podem ser encontrados facilmente no nosso dia a dia. Cada sólido apresenta características únicas.

Sílabas | Ensino Fundamental I

Sílaba é o som que pronunciamos ao falarmos uma palavra. É formada por vogal ou por consoante mais vogal.

Lei do Ventre Livre

A Lei de Ventre Livre foi uma lei aprovada em 1871 que tinha como proposta iniciar a transição lenta e gradual do Brasil para a abolição do trabalho escravo.