Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Peixes

Principais características e modo de vida desses animais.

por Mariana Araguaia
Tubarão: um peixe cartilaginoso sem opérculo. Tubarão: um peixe cartilaginoso sem opérculo.

Os peixes são animais vertebrados, ou seja, com crânio presente. Eles vivem em ambientes aquáticos, seja em lagos, rios, represas ou mares. São peixes de água doce: lambari, pintado, dourado, tilápia, piranha, tucunaré, etc. No mar encontra-se: atum, salmão, bacalhau, anchova, marlim, sardinha e vários outros.

Tais animais apresentam nadadeiras e caudas, que permitem que eles nadem com muita facilidade. Muitos deles possuem escamas, e também brânquias, que são estruturas responsáveis pela respiração do animal, que acontece embaixo da água. Elas podem vir cobertas pelo opérculo, uma placa móvel e resistente (apontado pela seta, na imagem abaixo), ou não, tal como nos tubarões, que apresentam, na região em que ficam as brânquias, somente fendas.


Os peixes podem ser divididos em quatro grupos:

- Grupo dos peixes-bruxas: esses animais vivem somente no mar. Possuem corpo longo e liso e boca sem dentes, redonda.

- Grupo das lampreias: a maioria das lampreais vive no mar. Elas possuem corpo longo e liso, e boca sem dentes e bem redonda.

- Grupo dos peixes cartilaginosos: o esqueleto é todo formado por cartilagem. A boca tem mandíbula e, na maioria desses peixes, ela é dotada de dentes bem resistentes. Exemplos: arraias, tubarões e quimeras.

- Grupo dos peixes ósseos: a maioria dos peixes é desse grupo. O esqueleto desses animais, que são dotados de mandíbula, é formado por ossos. Eles também apresentam uma estrutura chamada bexiga natatória, que ajuda na flutuação. Exemplos: cavalo-marinho, peixe-palhaço e sardinha.

Os peixes do grupo dos peixes-bruxas e das lampreias também podem ser classificados em um único grupo: o dos agnatos, expressão que significa “peixes sem mandíbula”.

A temperatura corporal dos peixes varia de acordo com a do ambiente em que estão. Popularmente, animais assim eram classificados como de sangue frio, ou pecilotérmicos. Na atualidade, é correto dizer que são exotérmicos.

A grande maioria dos peixes libera seus ovos na água, em uma grande quantidade. Depois de nascidos, os filhotes, chamados alevinos, costumam viver sem precisar da ajuda dos pais.

Curiosidade:

Os cavalos-marinhos não liberam ovos na água. Na verdade, os filhotes se desenvolvem dentro do corpo dos pais, mais precisamente no do macho.

Não é incrível?



Aproveite para conferir a nossa videoaula sobre o assunto:

Carregando...

Você pode se interessar também

Ciências

Coração dos vertebrados

Ciências

Tubarão-branco

Ciências

Mamíferos

Ciências

Circulação dos vertebrados

Não encontrou o
conteúdo ou matéria
que queria?

Mande seu questionamento, dúvidas ou sugestões para a equipe do Escola Kids que está pronta pra te ajudar.

Saiba mais

Últimos artigos

Protocolo de Kyoto

Protocolo de Kyoto é um tratado internacional criado em 1997 em Kyoto, no Japão. Seu principal objetivo é estabilizar as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera.

Países desenvolvidos

Países desenvolvidos são nações que apresentam elevado grau de industrialização e alto desenvolvimento socioeconômico, com base em critérios como IDH e PIB.

Acordo de Paris

O Acordo de Paris representa um compromisso mundial cuja meta é não permitir que o aumento da temperatura média do planeta ultrapasse 2°C. Esse acordo foi assinado por 195 países.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

A Declaração Universal dos Direitos Humanos é um documento que foi elaborado pela ONU em resposta a todas as atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial.