Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Ornitorrinco

Conheça mais sobre o ornitorrinco, um animal extremamente exótico.

O ornitorrinco é um animal extremamente exótico que apresenta características que lembram aves e répteis. Vamos conhecer mais sobre ele e descobrir por que ele não é classificado nesses grupos?

O ornitorrinco (Ornithorhynchus anatinus) é um animal que vive exclusivamente na Austrália e apresenta características muito peculiares. Apesar de botar ovos, ter uma estrutura semelhante a um bico e patas que se assemelham a de patos, esse animal é um mamífero. Classificado como monotremado, o ornitorrinco apresenta as características típicas da classe Mammalia: a presença de pelos e de glândulas mamárias.

Vive na terra, porém pode ser visto frequentemente em rios e lagos, tentando capturar seu alimento — pequenos peixes, camarões e alguns insetos aquáticos. A estrutura que se assemelha a um bico é composta por vários sensores nervosos, que atuam ajudando o animal na hora de identificar suas presas.

Por ficar um grande tempo dentro da água, é considerado um mamífero semiaquático. Suas patas semelhantes à de patos favorecem a sua natação. Além disso, possui algumas dobras de peles que cobrem ouvidos e olhos, bem como uma estrutura que evita a entrada de água nas narinas no momento em que está dando um mergulho.


O ornitorrinco é capaz de ficar até cinco minutos submerso

As fêmeas botam entre um e três ovos depois de, aproximadamente, duas semanas que ocorreu o acasalamento. Entre o sexto e décimo dia após a fêmea botar o ovo, os filhotes nascem. Diferentemente da grande maioria dos mamíferos, esse animal não possui mamas. O leite sai através de glândulas que ficam na barriga da mãe. O filhote deverá lamber o leite que sai pelos poros.

Uma característica interessante é que os machos produzem venenos, atributo pouco comum no grupo dos mamíferos. Encontrado em esporões nos membros posteriores, acredita-se que o veneno produzido pelo ornitorrinco seja um dos que mais causam dor no homem. Pesquisadores estimam que existam mais de 80 toxinas diferentes na composição do veneno, entretanto não é capaz de matar um humano.

Curiosidade: Recentemente, cientistas descreveram uma espécie de ornitorrinco extinto que media mais de um metro de comprimento. Esse animal viveu entre 5 e 15 milhões de anos atrás. Ele foi identificado a partir de um dente molar fossilizado.


Por Ma. Vanessa dos Santos

O ornitorrinco apresenta diversas características peculiares, tais como botar ovos e ausência de mamilos O ornitorrinco apresenta diversas características peculiares, tais como botar ovos e ausência de mamilos
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Ciências

Classificação dos mamíferos

Ciências

Mamíferos

Últimos artigos

Pau-brasil

Pau-brasil foi o primeiro artigo que os portugueses exploraram durante a colonização. Era uma madeira conhecida por permitir a fabricação de um corante avermelhado.

Deuses gregos

Os deuses gregos formavam o chamado panteão da religião dos gregos. Na crença grega, eram imortais, mas tinham forma humana e sentimentos comuns aos dos humanos.

Macacos

Macacos são animais mamíferos da ordem dos primatas que, geralmente, são encontrados vivendo em grupos, os quais apresentam comportamento social.

Tutu

Tutu, no folclore brasileiro, é reconhecido como um monstro disforme que é muito associado com o bicho-papão, o monstro devorador de crianças.