Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos

Animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos são uma classificação que diz respeito ao local onde o embrião se desenvolve em cada espécie. Em alguns grupos, como as aves, os animais botam ovos. Em outros organismos, por sua vez, o ovo é incubado e eclode dentro do corpo da mãe, e há, ainda, aqueles indivíduos que se desenvolvem dentro do corpo da mãe, retirando os nutrientes de que necessitam diretamente do corpo materno.

Leia também: Reprodução animal – pode ser assexuada ou sexuada

Animais ovíparos

Os animais ovíparos são aqueles que fazem postura de ovos. O embrião se desenvolve no interior dessas estruturas, as quais não têm nenhuma ligação com o corpo da mãe. Nesses casos, o embrião fica exposto ao ambiente, o que pode ser perigoso, uma vez que está sujeito a uma maior predação.

Os ovos liberados no ambiente sofrem mais com a ação de predadores.

Na tentativa de garantir maior sucesso reprodutivo, os ovíparos produzem vários ovos. As tartarugas marinhas, por exemplo, colocam, em média, 130 ovos, uma forma de garantir que alguns de seus descendentes sobrevivam.

  • Exemplos de animais ovíparos

Todas as classes de vertebrados possuem representantes ovíparos, incluindo os mamíferos. É importante salientar que todas as aves são exclusivamente ovíparas. São exemplos de animais ovíparos: galinha, pinguim, algumas espécies de peixes, tartaruga-marinha, sapos, jacaré, canário, pavão, ornitorrinco, equidna, aranha, borboleta, abelha e caracol.

Animais ovovivíparos

Os animais ovovivíparos são aqueles cujo embrião se desenvolve dentro do ovo, entretanto, este permanece no corpo da mãe. Os nutrientes de que os embriões necessitam para se desenvolver são retirados do material nutritivo presente nesses ovos. Quando o filhote sai do corpo da mãe, ele já está fora do ovo. Sendo assim, animais ovovivíparos não fazem postura de seus ovos como os ovíparos. É importante destacar que, por estarem dentro do corpo da mãe, os embriões de animais ovovivíparos estão mais protegidos do que os filhotes das espécies ovíparas.

Algumas espécies de tubarão são ovovivíparas.
  • Exemplos de animais ovovivíparos

Podem ser classificadas como ovovivíparas algumas espécies de peixes, como alguns tubarões, anfíbios, répteis e invertebrados, como alguns pulgões, baratas e moscas.

Saiba mais: Tubarão-baleia – o maior peixe do mundo!

Animais vivíparos

Os animais vivíparos são aqueles cujos filhotes apresentam desenvolvimento embrionário no interior do corpo da mãe, recebendo os nutrientes de que necessitam para o seu desenvolvimento diretamente do corpo materno. Os seres humanos são animais vivíparos, e, durante nosso desenvolvimento, recebemos os nutrientes via placenta. Além de garantir a nutrição do embrião, a placenta atua nas trocas gasosas, na remoção dos resíduos metabólicos e na proteção imunológica.

Os seres humanos se desenvolvem dentro do corpo da mãe.
  • Exemplos de animais vivíparos

Grande parte dos animais mamíferos é vivípara, inclusive os seres humanos. Além da maioria dos mamíferos, algumas espécies de anfíbios, de répteis (viviparidade é observada apenas em alguns representantes da ordem Squamata), de peixes e até de alguns insetos, como alguns pulgões, são vivíparas.

Leia mais: Ornitorrinco – animal ovíparo e exótico que vive exclusivamente na Austrália

Exercício sobre animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos

Como visto ao longo do texto, os animais podem ser classificados, de acordo com a forma como o embrião se desenvolve, em: vivíparos, ovovivíparos e ovíparos. Sobre esses padrões de desenvolvimento, marque a alternativa incorreta:

a) Os seres humanos são animais vivíparos, uma vez que seu desenvolvimento ocorre dentro do corpo da mãe, no qual o embrião consegue obter os nutrientes necessários para sua sobrevivência.

b) Os animais ovíparos botam seus ovos no ambiente externo.

c) Os animais ovíparos retiram os nutrientes para seu desenvolvimento dos ovos nos quais se desenvolvem.

d) Nas espécies ovovivíparas, o desenvolvimento do embrião ocorre no interior do corpo da mãe, do qual ele retira seus nutrientes.

e) Existem mamíferos ovíparos, sendo esse o caso do ornitorrinco.

GABARITO:

Resposta correta: Letra d. Apesar do desenvolvimento dos filhotes de espécies ovovivíparas ocorrer dentro do corpo da mãe, o embrião está no interior de um ovo, do qual ele retira os nutrientes.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

A cor do ovo das galinhas

Ciências

Anfíbios

Ciências

Aves

Ciências

Invertebrados

Últimos artigos

Rinocerontes

Rinocerontes são animais de grande porte encontrados na África e Ásia. São animais solitários, territorialistas e que podem viver cerca de 50 anos.

Animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos

Quando falamos em animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos, estamos nos referindo ao local onde o embrião de uma espécie se desenvolve.

Metáfora

A metáfora é uma figura de linguagem que usamos para comparar diferentes ideias por meio de algumas semelhanças entre elas. Isso é feito com o uso de linguagem figurada.

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.