Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Conceito de Espécie

Descubra por que é tão difícil formular o conceito de espécie e conheça a definição mais aceita.

Apesar de diferentes, todos os cachorros são da mesma espécie Apesar de diferentes, todos os cachorros são da mesma espécie

Comumente ouvimos falar sobre as espécies de seres vivos. Quem nunca ouviu por aí que uma determinada espécie, por exemplo, entrou em extinção ou que uma nova espécie foi descoberta? Mas, afinal, o que é uma espécie?

Durante os anos, vários conceitos foram elaborados, e outros, substituídos, pois observava-se que uma espécie era muito mais complexa do que poderíamos imaginar. Estima-se que existam aproximadamente 26 conceitos diferentes para essa pequena palavra e nenhum é completamente aceito pela comunidade científica.

Atualmente, aceita-se que organismos de uma mesma espécie são aqueles encontrados em uma mesma população, que se cruzam ou possuem potencial para cruzar e produzem descendentes férteis em condições naturais. Esse conceito foi proposto pelo biólogo Ernst Mayr (1904-2005).

Segundo esse critério, o aspecto físico dos organismos não é considerado para definir uma espécie, apesar de ajudar na definição. A característica física não é utilizada porque existem organismos que apresentam machos e fêmeas bastante diferentes e outros organismos, no entanto, que são extremamente semelhantes, mas que não são da mesma espécie. Para o pesquisador, o que caracteriza um organismo como sendo da mesma espécie é a capacidade de cruzar entre si e produzir filhotes que crescerão e serão capazes de se reproduzir.


As bactérias reproduzem-se assexuadamente e não se enquadram no conceito de espécie

Todavia, até mesmo a definição mais aceita possui problemas. Quando pensamos em indivíduos que se reproduzem entre si, não levamos em consideração a reprodução assexuada. Então, como poderíamos definir uma espécie de bactérias? Além disso, existem espécies diferentes que são capazes de cruzar entre si e gerar os chamados híbridos, que, mesmo constituindo um evento raro, podem ser férteis.

Viu só? Definir o que é ou não uma espécie é um processo bastante delicado e é por isso que vários conceitos surgem como forma de tapar uma lacuna que outro deixou. Entretanto, enquanto o conceito ideal não é criado, o de Mayr continua sendo o mais válido e aceito pela comunidade científica.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Alimentação dos animais

Ciências

Animais | Ensino Fundamental I

Ciências

Ariranha

Ciências

Ecologia

Últimos artigos

Epiglote

Epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula. Essa válvula se fecha durante o ato de engolir, impedindo que o alimento entre na via respiratória.

Héstia

Héstia era uma divindade presente nos mitos gregos, considerada a personificação da lareira. Era a deusa do lar, da hospitalidade e da vida doméstica.

Papiro

Papiro é uma planta aquática que era encontrada ao longo do rio Nilo e utilizada para a fabricação de uma superfície para registro de textos.

Hades

Hades era um dos deuses mais tradicionais de toda a mitologia grega, conhecido como senhor do submundo, local para onde iam as almas dos mortos para os gregos.