Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Células

Células são as unidades estruturais e funcionais que constituem todos os seres vivos. Os únicos seres vivos que não possuem células são os vírus.

Todas as células possuem membrana plasmática, citoplasma e material genético. Todas as células possuem membrana plasmática, citoplasma e material genético.

As células são as unidades estruturais e funcionais dos seres vivos. Todos os seres vivos são constituídos por células, com exceção dos vírus, que são organismos acelulares. Alguns organismos são formados por uma única célula (seres unicelulares), outros, por sua vez, são formados por várias células (seres pluricelulares).

As células desempenham diferentes funções e apresentam algumas partes básicas: membrana plasmática, citoplasma e material genético, o qual pode ou não estar delimitado por um envoltório nuclear. As células podem ser classificadas em dois grandes grupos: procariontes e eucariontes. Os seres humanos possuem células do tipo eucarionte.

Leia mais: Meiose e mitose – dois processos de reprodução celular

Resumo sobre células

  • Célula é a unidade estrutural e funcional dos seres vivos.

  • Os vírus são organismos acelulares.

  • Existem diferentes tipos de células, os quais desempenham variadas funções.

  • Todas as células possuem membrana plasmática, citoplasma e material genético.

  • As células procariontes não possuem núcleo, enquanto as células eucariontes possuem um núcleo verdadeiro.

  • As células eucariontes podem ser divididas em células vegetais e animais.

  • As células vegetais possuem parede celular, vacúolo central e plastos, estruturas ausentes em células animais.

O que são células?

As células são as unidades estruturais e funcionais dos seres vivos. São chamadas de unidades estruturais, pois formam o corpo dos seres vivos. Imagine, por exemplo, um grande muro. Esse muro é formado por pequenas estruturas, os tijolos. Cada tijolo seria uma célula, que, unida às outras, ajuda a formar um organismo pluricelular (ser vivo formado por mais de uma célula).

Além disso, em organismos unicelulares, a célula representa todo o organismo. Além de serem estruturais, elas são unidades funcionais dos seres vivos, e são assim chamadas, pois são unidades vivas, capazes de produzir energia e se reproduzir, por exemplo.

O termo célula foi cunhado, em 1665, por Robert Hooke. Célula vem do latim, cellula, que significa “pequena cela”. Hooke propôs esse termo, pois observou um corte de cortiça ao microscópio e verificou apenas células mortas. Por isso, ele verificou apenas a presença da parede celular dessas estruturas e, portanto, achou tal estrutura semelhante a uma cela.

Onde encontramos as células?

Todos os seres vivos são formados por células, com exceção dos vírus. Elas são encontradas formando o corpo dos organismos. Alguns seres vivos, como bactérias e protozoários, possuem o corpo formado por apenas uma única célula. Outros organismos, no entanto, são pluricelulares, sendo formados por várias células. Em alguns organismos pluricelulares, as células estão agrupadas em tecidos, os quais constituem órgãos, que estão agrupados em sistemas.

Quais as funções das células?

Existem diferentes tipos celulares, e cada um desempenha uma função distinta.

Existem diferentes tipos de células, cada um adaptado a uma determinada função. Como mencionado, em alguns organismos, como protozoários e bactérias, as células representam todo o ser vivo, uma vez que esses seres são unicelulares. Nesse caso, elas realizam todas as funções responsáveis pela sua sobrevivência.

Em organismos pluricelulares, por sua vez, existem células especializadas e que desempenham diferentes papéis. Os leucócitos, por exemplo, são células encontradas em nosso corpo que atuam protegendo o organismo contra agentes causadores de doenças. Os neurônios são células que atuam garantindo a propagação do impulso nervoso. As hemácias, por sua vez, garantem o transporte de oxigênio pelo organismo.

Leia mais: Células-tronco – são capazes de se transformar em qualquer célula e uma esperança para a medicina

Partes básicas de uma célula

As células são estruturas pequenas, porém bastante complexas. De maneira geral, podemos dizer que todas as células possuem três componentes básicos: a membrana plasmática, o citoplasma e o material genético.

  • Membrana plasmática: é uma estrutura formada por uma bicamada de moléculas lipídicas com várias proteínas inseridas. Ela circunda toda a célula, separando e protegendo todos os seus componentes do meio externo. A membrana apresenta a capacidade de selecionar o que entra e o que sai da célula. Devido a essa função, dizemos que ela apresenta permeabilidade seletiva.

  • Citoplasma: em células procariontes, corresponde a toda região interna da célula. Em células eucariontes, por sua vez, o citoplasma corresponde à região entre a membrana plasmática e o envoltório nuclear e é o local onde estão presentes as organelas citoplasmáticas. Nele ocorrem várias reações químicas importantes, nas células eucariontes.

  • Material genético: contém as informações que determinam as características de um ser vivo. Nas células eucariontes, a maior parte do material genético está contida no núcleo, o qual é envolvido por uma membrana dupla, o envoltório nuclear. Nas células procariontes, por sua vez, não há envoltório nuclear delimitando o material genético.

Leia também: DNA – responsável por transmitir todas as informações genéticas para as células-filhas

Classificação das células

Células procariontes não possuem núcleo definido, diferentemente das células eucariontes.

As células podem ser classificadas em dois grupos básicos: procarióticas e eucarióticas.

  • Células procarióticas

As células procarióticas caracterizam-se por não apresentarem núcleo definido. Nessas células, o material genético não está delimitado por envoltório nuclear. Além disso, em células procarióticas, não há a presença de organelas membranosas (pequenas estruturas presentes no citoplasma que realizam diferentes funções dentro da célula, como digestão intracelular e produção de energia). Os ribossomos, estruturas responsáveis pela síntese de proteínas, estão presentes. Como exemplo de organismos que possuem células procarióticas, temos as bactérias e cianobactérias.

  • Células eucarióticas

As células eucarióticas são aquelas que possuem um núcleo verdadeiro, com o material genético envolvido por um envoltório nuclear. Nessas células também são observadas as organelas membranosas, tais como mitocôndrias, complexo golgiense e retículo endoplasmático. Assim como em células procarióticas, a presença de ribossomos é observada. São exemplos de organismos que possuem células eucarióticas os animais, plantas, protozoários, algas e fungos.

As células eucarióticas podem ser agrupadas em dois tipos: células vegetais e células animais. As células vegetais diferenciam-se das células animais devido à presença de três estruturas: parede celular, vacúolo central e plastos.

A parede celular das células vegetais é formada principalmente por celulose e está localizada externamente à membrana plasmática. A parede celular confere maior resistência à célula vegetal. O vacúolo central é uma organela que apresenta diferentes funções, como garantir a manutenção do pH da célula e armazenar substâncias. Por fim, temos os plastos, sendo o tipo mais conhecido o cloroplasto, que está relacionado com a fotossíntese.

Videoaula sobre células eucarióticas e procarióticas

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Características de um ser vivo

Ciências

Ciclo celular

Ciências

Citoplasma

Ciências

Câncer

Últimos artigos

Cavalo

Cavalo é uma espécie de herbívoro não ruminante muito utilizada pelo homem. Sua domesticação foi muito importante para a nossa história.

Tucanos

Tucanos são animais que possuem bicos multicoloridos e bastante chamativos. Eles fazem parte da ordem Piciformes e família Ramphastidae.

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.