Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Plantas

As plantas são seres vivos que fazem parte do reino Plantae ou reino dos vegetais. Elas se destacam por serem formadas por muitas células e, em sua grande maioria, realizarem a chamada fotossíntese, que garante a produção do seu próprio alimento (moléculas orgânicas), o qual é necessário para o seu crescimento e desenvolvimento. A seguir falaremos um pouco mais sobre as plantas, como suas características e utilidade.

Características das plantas

Quando observamos o reino Plantae, notamos que ele é composto por organismos bastante diferentes. Algumas plantas, por exemplo, apresentam tamanho de poucos centímetros, como os musgos, enquanto outras, como a sequoia, podem atingir mais de 80 metros de altura. Além da diferença de tamanho, esses seres vivos diferenciam-se pela presença ou não de tecidos condutores, pela presença ou não de flores, pelas diferenças entre suas cores, e por outras características.

Apesar de existirem organismos tão diferentes dentro do mesmo grupo, todas as plantas apresentam algumas características básicas que permitem classificá-las dessa forma. Veja essas características a seguir:

Plantas têm muitas diferenças de uma espécie para outra, porém todas possuem mais de uma célula e células eucariontes.
Plantas têm muitas diferenças de uma espécie para outra, porém todas possuem mais de uma célula e células eucariontes.
  • São organismos multicelulares, ou seja, formados por mais de uma célula. Assim como os animais, esses organismos apresentam células que formam tecidos, e esses tecidos formam os chamados órgãos.

  • Possuem células eucariontes, ou seja, células cujo núcleo é delimitado por membrana. Essas se destacam ainda pela presença de uma parede celular rica em celulose e pelas presenças de vacúolo e plastídios. A parede celular está disposta externamente à membrana plasmática e tem como uma de suas funções a prevenção contra a ruptura dessa membrana. O vacúolo é uma estrutura que está relacionada com uma série de funções, como manter o pH da célula. Por fim temos os plastídios, que são, na realidade, um grupo de organelas no qual estão inseridos os cloroplastos, relacionados com a fotossíntese.

  • São seres fotossintetizantes, capazes de produzir seu próprio alimento, sendo, portanto, autotróficas. Vale salientar que há exceção a essa regra. O cipó-chumbo é uma planta que não realiza fotossíntese e obtém os nutrientes necessários para sua sobrevivência de uma planta hospedeira.

As plantas são organismos que exercem um papel importante no meio ambiente.
As plantas são organismos que exercem um papel importante no meio ambiente.

Leia também: É perigoso dormir com plantas no quarto?

Principais partes de uma planta

De uma maneira geral, podemos dizer que a maioria das plantas apresenta como partes básicas: a raiz, o caule e as folhas. Observe a seguir algumas das características principais de cada uma dessas porções:

  • Raiz: é a estrutura responsável por garantir a absorção de água e nutrientes do solo e também garantir que a planta fixe-se no substrato. Algumas raízes atuam ainda acumulando substâncias, como carboidratos, ajudando na retirada de substâncias de outra planta (haustórios) e garantindo aeração de plantas que vivem em ambientes pantanosos (pneumatóforos).

  • Caule: é um órgão vegetal relacionado com duas funções principais: a condução de substâncias e a sustentação de folhas e estruturas de reprodução. Alguns caules estão adaptados para armazenar substâncias, como é o caso do caule da batata-inglesa.

  • Folha: é uma estrutura que funciona como órgão fotossintetizante na maioria das plantas vasculares (que apresentam vasos condutores). Seu papel, no entanto, não fica restrito apenas a garantir a realização de fotossíntese, estando relacionado, por exemplo, com os processos de transpiração e respiração. Vale salientar ainda que algumas folhas estão modificadas e desempenham outras funções. Esse é o caso dos espinhos dos cactos, que garantem proteção e evitam perda excessiva de água, e as gavinhas, que garantem suporte ao vegetal.

Nem todas as plantas possuem semente, flor e fruto. A presença de sementes é observada apenas em plantas do grupo das gimnospermas e angiospermas, enquanto a presença de flor e fruto é vista apenas em plantas angiospermas.


Leia também: Movimento das plantas — plantas não andam, mas movimentam-se! Saiba como.

Funções das plantas

As plantas são organismos essenciais para o equilíbrio do planeta. Essas constituem a base da cadeia alimentar (produtores) de vários ecossistemas, servindo de alimento para os consumidores primários. Elas são, inclusive, parte da alimentação humana, sendo comum na nossa dieta as frutas, legumes e verduras.

As plantas são também abrigo para uma série de seres vivos, como é o caso de alguns animais. Além disso, estão relacionadas com outras funções importantes, como liberação de oxigênio para a atmosfera, captação de gás carbônico, além de evitarem a erosão e ajudarem a regular a umidade relativa do ar.

As plantas são usadas pelo ser humano para fins econômicos, como no uso de madeira.
As plantas são usadas pelo ser humano para fins econômicos, como no uso de madeira.

As plantas também apresentam importantes funções econômicas. A madeira, por exemplo, é usada na fabricação de casas e móveis, e a celulose, um produto obtido das plantas, é usada na fabricação de papel. Não podemos esquecer-nos ainda de que as plantas oferecem produtos importantes para a fabricação de medicamentos e cosméticos.

Classificação das plantas

Podemos classificar as plantas, para fins didáticos, em quatro grupos básicos: briófitas, pteridófitas (plantas vasculares sem sementes), gimnospermas e angiospermas. Veja a seguir as principais características de cada um desses grupos:

  • Briófitas: não possuem vasos condutores de seiva e, por isso, são chamadas de plantas avasculares. Devido à ausência desses vasos, essas plantas são incapazes de garantirem-se grandes alturas. Nessas plantas não são observadas raízes, caules e folhas verdadeiras e tampouco são encontradas sementes, frutos e flores. Os musgos são exemplos de briófitas.

As briófitas são plantas avasculares e, devido a essa característica, possuem pequeno porte.
As briófitas são plantas avasculares e, devido a essa característica, possuem pequeno porte.
  • Pteridófitas ou plantas vasculares sem sementes: possuem os chamados vasos condutores. As plantas desse grupo têm raízes, caule e folhas, e não apresentam sementes, flores e frutos. São exemplos de pteridófitas as samambaias e avencas.

As samambaias são exemplos de plantas pteridófitas.
As samambaias são exemplos de plantas pteridófitas.
  • Gimnospermas: são plantas vasculares e destacam-se pela presença de sementes que não estão envolvidas por frutos. Como representantes de gimnospermas, podemos citar as araucárias e os pinheiros.

As gimnospermas apresentam sementes nuas, ou seja, não envolvidas por frutos.
As gimnospermas apresentam sementes nuas, ou seja, não envolvidas por frutos.
  • Angiospermas: possuem flores e frutos, estruturas ausentes nos outros grupos vegetais. Essas plantas destacam-se por apresentarem um grande número de espécies conhecidas (cerca de 250.000 espécies) e corresponderem a cerca de 90% de todas as espécies vegetais. O abacate, a roseira, o lírio, o arroz e a soja são exemplos de angiospermas.

As angiospermas são o único grupo de plantas que possui flores e frutos, e o tomate é um exemplo delas.
As angiospermas são o único grupo de plantas que possui flores e frutos, e o tomate é um exemplo delas.

Caso tenha curiosidade sobre esse tema, leia nosso texto: Classificação das plantas.

Nomes de plantas

Existem milhares de espécies vegetais em nosso planeta, e algumas são muito conhecidas de todos nós. Confira a seguir o nome de algumas plantas:

Plantas de A a Z

Abacateiro

Bromélia

Cajueiro

Dama-da-noite

Erva-mate

Figueira

Gengibre
Hibisco

Ipê-amarelo

Jabuticabeira

Kajuru

Laranjeira

Macieira

Ninfeia

Orquídea

Pequizeiro

Quebra-pedra

Roseira

Salgueiro

Tomateiro

Uvaia

Véu-de-noiva

Xaxim

Welwítschia

Yohimbe

Zedoária


Acesse também: Plantas carnívoras

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Cloroplasto

Ciências

Movimentos das plantas

Ciências

A reprodução das plantas

Ciências

Gimnospermas

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.