Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

O que é um ecossistema?

Clique aqui e veja a definição e um exemplo de ecossistema.

A palavra ecossistema foi utilizada pela primeira vez no ano de 1935, pelo ecólogo inglês Arthur George Tansley. Ele utilizou esse termo para descrever uma unidade em que componentes bióticos e abióticos interagem entre si formando um sistema em equilíbrio. Ficou confuso? Então iremos lhe explicar de outra forma.

Todos os ecossistemas possuem componentes bióticos e componentes abióticos. Os componentes bióticos são todos os seres vivos que vivem em um determinado local, enquanto os componentes abióticos são todos os fatores físicos, químicos e geológicos do ambiente, como água, luz, solo, umidade, temperatura, nutrientes etc. Podemos encontrar desde ecossistemas pequenos, como um lago, até ecossistemas muito grandes como a Floresta Amazônica, mas independente do seu tamanho, em todos os ecossistemas tem que haver uma interação entre os componentes bióticos e os componentes abióticos.

Para você entender melhor o que é um ecossistema, vamos tomar como exemplo um lago.

 

Nesse ecossistema, todos os componentes se interagem
Nesse ecossistema, todos os componentes se interagem

Em um lago podemos encontrar organismos capazes de realizar a fotossíntese, como os vegetais encontrados no fundo e nas margens, e as algas microscópicas encontradas na superfície da água. Nesse lago também vivem caramujos e peixes herbívoros (que comem somente vegetais) que se alimentam de restos de plantas, enquanto outros peixes carnívoros (que se alimentam de outros seres vivos) comem os caramujos e os peixes herbívoros. Algumas aves, como as garças, que ficam na margem do lago, alimentam-se dos peixes e também de rãs que vivem naquele local. 

Como vimos, nesse lago todos os organismos, de alguma maneira, dependem uns dos outros. Os caramujos e os peixes herbívoros dependem da vegetação, os peixes carnívoros dependem dos caramujos e peixes herbívoros, e as aves dependem tanto dos peixes quanto das rãs que ali vivem.

 


Componentes bióticos e abióticos do lago

Mas você deve estar se perguntando, quais são os componentes bióticos e abióticos desse lago? Os componentes bióticos desse lago são os vegetais e todos os outros seres vivos que ali estão. Já os componentes abióticos são:

→ Luz: necessária às plantas para a fotossíntese, lembrando que é a partir da fotossíntese que os vegetais produzem o oxigênio;

Oxigênio: utilizado pelos peixes e demais organismos do lago;

Temperatura da água: quando a temperatura da água aumenta, o oxigênio dissolvido nela diminui, provocando a morte de muitos organismos. Isso deixa a água mais turva, impedindo a passagem de luz e a consequente realização de fotossíntese pelos vegetais. Como os vegetais não fazem fotossíntese, o oxigênio não é produzido e mais organismos morrem;

→ Rochas e lama no fundo e nas margens do lago que servem de esconderijo para alguns organismos;

→ Sais minerais: dissolvidos na água, esses sais são importantes para os organismos que ali vivem.

Através do exemplo dado acima, podemos então definir ecossistema como o conjunto formado pelos organismos vivos e pelos componentes abióticos que atuam sobre esses organismos.


Por Paula Louredo
Graduada em Biologia

No planeta Terra existem vários tipos de ecossistemas No planeta Terra existem vários tipos de ecossistemas
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Ciências

Pirâmides ecológicas

Ciências

O que é biodiversidade?

Ciências

Predação

Ciências

Cadeia e teia alimentar

Últimos artigos

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.

Animais onívoros

Animais onívoros são aqueles que podem alimentar-se de algas ou plantas e também de outros animais. Porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

Réveillon e Ano-Novo

O Réveillon e o Ano-Novo são datas comemorativas de final e início de ano e remetem a comemorações diferentes.

Revolução Praieira

A Revolução Praieira foi a última revolução provincial que aconteceu no Brasil durante o período monárquico e abalou Pernambuco, de 1848 a 1850.