Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Movimentos das plantas

Você sabia que as plantas também podem mover-se? Clique aqui e confira os principais movimentos realizados pelos vegetais!

por Vanessa Sardinha dos Santos
O crescimento da planta em direção à luz é chamado de fototropismo O crescimento da planta em direção à luz é chamado de fototropismo

Sabemos que as plantas, diferentemente de alguns animais, são incapazes de locomover-se ou manipular algum objeto. Entretanto, elas podem realizar pequenos movimentos, como veremos a seguir.

O tropismo é o nome dado ao crescimento de uma planta orientado por um estímulo externo. Isso pode ser observado, por exemplo, em plantas que crescem em direção à luz. Esse tipo específico de tropismo é chamado de fototropismo.

O fototropismo pode ser demonstrado experimentalmente de maneira bastante simples. Para realizar a experiência, basta colocar uma planta em crescimento dentro de uma caixa e fazer um pequeno furo para entrar luz. Com o tempo, você perceberá que a planta crescerá em direção à região iluminada.

O crescimento das plantas também é orientado pela gravidade. Geralmente as raízes crescem em direção ao centro da terra, enquanto o caule cresce em sentido contrário. Essa forma de tropismo é conhecida como gravitropismo ou geotropismo.

O gravitropismo também pode ser demonstrado experimentalmente. Para isso, basta colocar um vasinho com a planta na posição horizontal. Com o tempo, o caule curva-se para cima, em sentido oposto à força da gravidade.

Além do fototropismo e do gravitropismo, há o tigmotropismo. Esse movimento é observado nas plantas trepadeiras e naquelas que possuem gavinhas, como o maracujazeiro, que se enrolam em determinadas estruturas.

Na Dionaea é possível observar um movimento conhecido como movimento nástico
Na Dionaea é possível observar um movimento conhecido como movimento nástico

Alguns movimentos vegetais não provocam o crescimento da planta como nos casos de tropismos. Os movimentos násticos, por exemplo, ocorrem sem orientação de um fator externo e não influenciam o crescimento do vegetal.

Um exemplo claro de movimentos násticos ocorre com a sensitiva (Mimosa pudica), uma planta que fecha seus folíolos após um pequeno toque. Outro exemplo de movimento nástico é verificado em plantas carnívoras (Dionaea sp.), que fecham suas folhas ao sentirem a movimentação ou toque de uma possível presa. Além do toque, variações de luz e calor também podem provocar a movimentação das plantas, como a abertura de flores.

Esses movimentos vegetais, apesar de parecerem pouco importantes, são fundamentais para a sobrevivência de uma espécie. Eles configuram uma importante adaptação dos vegetais ao meio ambiente.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Briófitas

Ciências

Irritabilidade nos seres vivos

Ciências

Plantas carnívoras

Ciências

As Plantas

Não encontrou o
conteúdo ou matéria
que queria?

Mande seu questionamento, dúvidas ou sugestões para a equipe do Escola Kids que está pronta pra te ajudar.

Saiba mais

Últimos artigos

Protocolo de Kyoto

Protocolo de Kyoto é um tratado internacional criado em 1997 em Kyoto, no Japão. Seu principal objetivo é estabilizar as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera.

Países desenvolvidos

Países desenvolvidos são nações que apresentam elevado grau de industrialização e alto desenvolvimento socioeconômico, com base em critérios como IDH e PIB.

Acordo de Paris

O Acordo de Paris representa um compromisso mundial cuja meta é não permitir que o aumento da temperatura média do planeta ultrapasse 2°C. Esse acordo foi assinado por 195 países.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

A Declaração Universal dos Direitos Humanos é um documento que foi elaborado pela ONU em resposta a todas as atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial.