Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Movimentos das plantas

Você sabia que as plantas também podem mover-se? Clique aqui e confira os principais movimentos realizados pelos vegetais!

O crescimento da planta em direção à luz é chamado de fototropismo O crescimento da planta em direção à luz é chamado de fototropismo

Sabemos que as plantas, diferentemente de alguns animais, são incapazes de locomover-se ou manipular algum objeto. Entretanto, elas podem realizar pequenos movimentos, como veremos a seguir.

O tropismo é o nome dado ao crescimento de uma planta orientado por um estímulo externo. Isso pode ser observado, por exemplo, em plantas que crescem em direção à luz. Esse tipo específico de tropismo é chamado de fototropismo.

O fototropismo pode ser demonstrado experimentalmente de maneira bastante simples. Para realizar a experiência, basta colocar uma planta em crescimento dentro de uma caixa e fazer um pequeno furo para entrar luz. Com o tempo, você perceberá que a planta crescerá em direção à região iluminada.

O crescimento das plantas também é orientado pela gravidade. Geralmente as raízes crescem em direção ao centro da terra, enquanto o caule cresce em sentido contrário. Essa forma de tropismo é conhecida como gravitropismo ou geotropismo.

O gravitropismo também pode ser demonstrado experimentalmente. Para isso, basta colocar um vasinho com a planta na posição horizontal. Com o tempo, o caule curva-se para cima, em sentido oposto à força da gravidade.

Além do fototropismo e do gravitropismo, há o tigmotropismo. Esse movimento é observado nas plantas trepadeiras e naquelas que possuem gavinhas, como o maracujazeiro, que se enrolam em determinadas estruturas.


Na Dionaea é possível observar um movimento conhecido como movimento nástico

Alguns movimentos vegetais não provocam o crescimento da planta como nos casos de tropismos. Os movimentos násticos, por exemplo, ocorrem sem orientação de um fator externo e não influenciam o crescimento do vegetal.

Um exemplo claro de movimentos násticos ocorre com a sensitiva (Mimosa pudica), uma planta que fecha seus folíolos após um pequeno toque. Outro exemplo de movimento nástico é verificado em plantas carnívoras (Dionaea sp.), que fecham suas folhas ao sentirem a movimentação ou toque de uma possível presa. Além do toque, variações de luz e calor também podem provocar a movimentação das plantas, como a abertura de flores.

Esses movimentos vegetais, apesar de parecerem pouco importantes, são fundamentais para a sobrevivência de uma espécie. Eles configuram uma importante adaptação dos vegetais ao meio ambiente.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Angiospermas

Ciências

Briófitas

Ciências

Irritabilidade nos seres vivos

Ciências

Plantas

Últimos artigos

Epiglote

Epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula. Essa válvula se fecha durante o ato de engolir, impedindo que o alimento entre na via respiratória.

Héstia

Héstia era uma divindade presente nos mitos gregos, considerada a personificação da lareira. Era a deusa do lar, da hospitalidade e da vida doméstica.

Papiro

Papiro é uma planta aquática que era encontrada ao longo do rio Nilo e utilizada para a fabricação de uma superfície para registro de textos.

Hades

Hades era um dos deuses mais tradicionais de toda a mitologia grega, conhecido como senhor do submundo, local para onde iam as almas dos mortos para os gregos.