Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Toupeira

Toupeira é o nome utilizado para se referir a algumas espécies da família Tapidae. Possui corpo cilíndrico, olhos pequenos e membros adaptados para cavar.

Toupeiras apresentam hábitos fossoriais, passando grande parte da vida dentro de túneis no solo. Toupeiras apresentam hábitos fossoriais, passando grande parte da vida dentro de túneis no solo.

Toupeira é o nome popular dado a algumas espécies de mamíferos da família Talpidae. Apesar de algumas espécies de outras famílias receberem a denominação de toupeiras devido a sua semelhança com elas, não são consideradas toupeiras verdadeiras. As toupeiras têm hábito fossorial, ou seja, são capazes de viver debaixo do solo, onde cavam túneis com vários quilômetros de comprimento.

Para cavar, contam com membros fortes com grandes garras. Esses animais possuem corpo cilíndrico e olhos pequenos que, em algumas espécies, estão cobertos por pele. As toupeiras, geralmente, alimentam-se de animais invertebrados, como minhocas.

Leia também: Salamandra — outro animal com hábito fossorial

Resumo sobre toupeira

  • Toupeiras é o nome dado a algumas espécies de mamíferos da família Talpidae.

  • São capazes de cavar túneis subterrâneos.

  • Possuem corpo cilíndrico e membros anteriores que facilitam a ação de cavar.

  • Não são roedores, mas alguns roedores são assim classificados, apesar de não serem tidos como toupeiras verdadeiras.

  • Têm pequenos olhos que, em algumas espécies, estão cobertos por pele.

  • Alimentam-se, principalmente, de invertebrados, como minhocas.

Características da toupeira

Toupeira é o nome dado a algumas espécies de mamíferos pertencentes à família Talpidae. Esses animais têm corpo cilíndrico e recoberto por pelos aveludados. As toupeiras são conhecidas pelo hábito fossorial, possuindo especializações que garantem sua sobrevivência debaixo do solo.

Entre essas especializações, há a presença de membros anteriores curtos, fortes e com grandes garras, as quais se posicionam de forma a deixar a palma das patas voltadas para trás, ajudando, desse modo, na escavação. Além disso, apresentam olhos diminutos e ausência de orelhas externas.

Espécies de toupeira

Existem várias espécies de toupeira. Vejamos algumas a seguir.

→ Toupeira-nariz-de-estrela

A toupeira-nariz-de-estrela (Condylura cristata) é uma das espécies mais curiosas de toupeiras. É a única espécie viva do gênero Condylura, é nativa da América do Norte e pode ser observada em diferentes habitat, preferindo, geralmente, áreas de solo úmido.

É uma espécie fossorial que pode construir túneis com vários metros de comprimento. Vale destacar que os túneis podem se abrir em riachos ou lagos, sendo a espécie considerada semiaquática. A toupeira-nariz-de-estrela apresenta nariz sem pelos e cercado por 22 tentáculos rosados. Esses tentáculos evitam que o solo entre em seu nariz enquanto cava seus túneis.

Além disso, eles são usados para reconhecer o ambiente e as presas devido à presença de receptores táteis bastante eficientes. Os tentáculos são extremamente sensíveis, permitindo que a identificação da presa após o toque seja feita em menos de meio segundo.

A toupeira-nariz-de-estrela tem tentáculos muito sensíveis ao redor do seu nariz.

A toupeira-nariz-de-estrela pesa entre 35 g e 75 g, e seu tamanho varia entre 17,5 cm e 20,5 cm de comprimento. A cauda tem de 6,5 cm a 8,5 cm. O pelo é curto e de coloração que varia de marrom escura a preta.

As fêmeas apresentam oito mamas, e os machos têm grandes testículos, os quais podem corresponder a mais de 8% do peso total do corpo durante o período de reprodução. O tempo de gestação é de cerca de 45 dias, e as fêmeas dão à luz de dois a sete filhotes, sendo mais frequente a ninhada com cinco filhotes. Os filhotes nascem sem pelos e com olhos e ouvidos fechados. Os tentáculos ao redor do nariz estão dobrados para trás.

→ Toupeira-europeia

A toupeira-europeia (Talpa europaea), como o nome sugere, ocorre na Europa e destaca-se por passar toda a sua vida no subsolo, formando uma extensa rede de túneis, com vários quilômetros de comprimento. Em épocas de seca e temperatura baixa, ela utiliza os túneis mais profundos.

Toupeiras-europeias pesam entre 72 g e 128 g e seu comprimento varia entre 11,3 cm e 15,9 cm. A cauda apresenta comprimento de 2,5 cm a 4,0 cm. Machos são um pouco maiores que as fêmeas. A pelagem apresenta cor preta e o nariz não tem pelos.

As toupeiras-europeias possuem hábito de vida solitário, com exceção do período reprodutivo. Nessa espécie de toupeira, a gestação dura quatro semanas, com cada ninhada contando com dois a sete filhotes. Os filhotes nascem sem pelos e cegos.

Alimentação da toupeira

Toupeira se alimentando.
Toupeira se alimenta, principalmente, de invertebrados, como minhocas.

Toupeiras se alimentam, principalmente, de animais invertebrados. Nas toupeiras com hábito fossorial, é comum observar a ingestão, por exemplo, de minhocas presentes em seus túneis. No caso da toupeira-nariz-de-estrela, que também tem acesso ao ambiente aquático, é comum observar a predação de espécies como:

A toupeira é roedor?

O termo toupeira é mais corretamente usado para se referir a alguns representantes da família Talpidae, a qual faz parte da ordem Soricomorpha. Por não fazerem parte da ordem Rodentia, as topeiras não são consideradas animais roedores.

Vale destacar, no entanto, que algumas outras espécies de animais também recebem a denominação de toupeira, como o rato-toupeira-pelado (Heterocephalus glaber). Esse roedor, no entanto, não é considerado uma toupeira verdadeira, por não pertencer à família Talpidae.

Veja também: Capivara — o maior roedor do mundo

A toupeira é cega?

As toupeiras são animais praticamente cegos. Nas diferentes espécies, os olhos são bastante pequenos e, em alguns casos, cobertos por pele. Na toupeira-nariz-de-estrela, por exemplo, os olhos são visíveis, entretanto, são usados apenas para identificar luz e escuridão.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Bicho-preguiça

Ciências

Lontra

Ciências

Ornitorrinco

Ciências

Tatu-bola

Últimos artigos

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.

Arte rupestre

A arte rupestre são as obras de arte produzidas pelos hominídeos na Pré-História, destacando-se as pinturas e as gravuras.

Semana Santa

A Semana Santa é uma tradição cristã que tem relação com a Páscoa. Essa semana acompanha os últimos dias da vida de Jesus até a sua ressurreição.

Milagre econômico brasileiro

Milagre econômico brasileiro foi um período da Ditadura Militar no qual a economia brasileira apresentou grande crescimento e importantes obras públicas foram realizadas.