Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Lobo

Lobo é um mamífero carnívoro típico do hemisfério norte. O termo lobo é geralmente utilizado para se referir ao lobo-cinzento, porém há outros lobos, como o lobo-guará.

O lobo é uma espécie encontrada no hemisfério norte. O lobo é uma espécie encontrada no hemisfério norte.

O lobo é uma espécie de mamífero que faz parte da família Canidae, a mesma dos cachorros. Geralmente, o termo lobo é usado para se referir à espécie Canis lupus, a qual é também conhecida popularmente como lobo-cinzento. Neste texto, adotaremos essa denominação. Essa espécie se destaca por ser encontrada no hemisfério norte, viver em grupos e ser carnívora.

Veja também: Leão — animal mamífero considerado por muitos como o rei da selva

Resumo sobre o lobo

  • Lobo é um nome utilizado, geralmente, para se referir ao lobo-cinzento (Canis lupus).

  • A espécie, antigamente, era encontrada na maior parte do hemisfério norte.

  • Os lobos são animais carnívoros que podem caçar em grupo ou de maneira solitária, roubar presas de outros predadores e se alimentarem de carniça.

  • Vivem em grupos chamados de alcateia.

  • Na alcateia, geralmente, apenas um casal se reproduz.

  • O tempo de gestação é 61 a 64 dias, e a fêmea dá à luz, em média, cinco filhotes.

  • Os filhotes de lobo nascem cegos e surdos.

  • Inicialmente, os filhotes permanecem no interior de tocas.

  • Outras espécies também são chamadas de lobos, sendo esse o caso do lobo-vermelho e do lobo-guará.

Características do lobo

Animal terrestre que ocupa uma grande variedade de hábitats, o lobo ocorre na tundra, em regiões de floresta, pradarias e até mesmo em paisagens áridas. Anteriormente, a espécie era encontrada na maior parte do hemisfério norte, entretanto, alterações em seu habitat e perseguição humana fizeram com que o lobo desaparecesse de algumas áreas.

Lobo é um nome utilizado, geralmente, para se referir ao lobo-cinzento (Canis lupus), mas essa não é a única espécie existente. Os lobos-cinzentos, apesar de sua denominação popular, não apresenta pelo exclusivamente cinza. Alguns indivíduos podem ser completamente brancos, outros são quase completamente pretos e há ainda aqueles que apresentam pelagem com misturas de branco com cinza, marrom e preto.

Os indivíduos machos são maiores que as fêmeas e apresentam comprimento (da ponta do nariz à ponta da cauda) de 1 m a 1,3 m. As fêmeas possuem entre 0,87 m e 1,17 m de comprimento. A cauda desses animais pode variar entre 35 e 52 cm de comprimento. A massa corporal dos machos fica em torno de 30 kg e 80 kg, enquanto as fêmeas podem apresentar de 23 kg a 55 kg. A altura dos lobos-cinzentos varia entre 60 cm e 90 cm.

Saiba mais: Quais são as consequências da destruição de um habitat?

Classificação taxonômica do lobo

O lobo-cinzento é uma espécie que faz parte da mesma família dos cachorros, a família Canidae. Veja a classificação taxonômica completa desse animal a seguir:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Canidae

Gênero: Canis

Espécie: Canis lupus

Comportamento do lobo

Os lobos vivem em grupos denominados alcateias. Esses grupos podem ser considerados grupos familiares, constituídos pelos progenitores, os filhotes daquele ano do casal e alguns filhotes de anos anteriores. É possível observar a presença de indivíduos aparentados dos adultos reprodutores ou indivíduos não aparentados. Em geral, uma alcateia possui de três a 11 indivíduos, porém, há registros de grupos formados por mais de 40 lobos.

Eles apresentam incrível capacidade de comunicação, a qual é realizada por meio de expressões faciais, linguagem corporal e vocalização. Quanto à vocalização, esses animais são capazes de emitir uivos que permitem identificar a localização de membros de um grupo, reuni-los e indicar aos indivíduos os limites dos territórios. Os lobos também marcam seu território com cheiro.

Hábitos alimentares do lobo

Um lobo se alimentando da carne de outro animal em um ambiente verde.
Os lobos são animais carnívoros. Alces e coelhos estão entre os animais que compõem a sua dieta.

Os lobos são animais que se alimentam de outros animais, sendo, portanto, carnívoros. Renas, alces, bisões, bois almiscarados, coelhos e castores são algumas das presas dos lobos. As presas maiores, geralmente, são caçadas pela alcateia, enquanto as presas menores são caçadas por lobos solitários. Os lobos podem, ainda, roubar a comida de outros predadores e se alimentarem de carniça. Um único lobo pode consumir até 9 kg de carne em uma refeição.

Leia também: Onça-pintada — outro mamífero carnívoro territoriaslista

Reprodução do lobo

Os lobos são animais que vivem em grupos nos quais apenas um casal de adultos se reproduz. Esse casal é monogâmico, entretanto, caso um dos indivíduos morra, o parceiro será substituído. Geralmente, a maturidade sexual nessa espécie é atingida a partir dos 22 meses de idade.

Após acasalar-se, a fêmea cava um toca, a qual será utilizada para o desenvolvimento inicial dos seus filhotes. O tempo de gestação é de 61 a 64 dias, e a fêmea dá à luz, em média, cinco filhotes. Os filhotes nascem nas tocas e ali permanecem por várias semanas. Ao nascerem, os filhotes são cegos e surdos e pesam apenas 0,5 kg.

Eles são muito dependentes das mães no período logo após o nascimento. Até os 45 dias de idade, eles receberão comida regurgitada. Após essa fase, receberão carne dos membros da alcateia. Eles só serão capazes de iniciar a caça com o grupo quando completarem cerca de dez meses de idade.

Os lobos são animais que vivem, em média, de cinco a seis anos na natureza. Entretanto, esses animais podem viver até cerca de 13 anos. Em cativeiro, os lobos apresentam expectativa de vida de 15 anos.

Acesse também: Arara-azul — outro animal conhecido por sua característica monogâmica

Outras espécies de lobo

Como dito anteriormente, o termo lobo é, geralmente, utilizado para se referir ao lobo-cinzento. Entretanto, outros animais são também conhecidos como lobos, sendo esse o caso do lobo-guará e do lobo-vermelho.

  • Lobo-guará

Diferentemente do lobo-cinzento, o lobo-guará também se alimenta de frutos.

Quando falamos em lobo, não podemos deixar de citar um animal típico do Cerrado: o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus). Essa espécie é considerada o maior canídeo da América do Sul e se destaca por pesar cerca de 30 quilos e atingir até 1 m de altura. Possui pelagem laranja-avermelhada característica.

Trata-se de um animal solitário e considerado inofensivo. Alimenta-se de pequenos animais e também de frutos, como o da lobeira, sendo, portanto, uma espécie onívora. A gestação do lobo-guará dura cerca de dois meses, e a fêmea dá à luz, em média, dois filhotes. O lobo-guará vive cerca de 15 anos na natureza.

Atualmente, a espécie está classificada como quase ameaçada de extinção pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN). O lobo-guará pode ser encontrado na Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Peru. De acordo com a IUCN, esse lobo está possivelmente extinto no Uruguai. Para ler mais sobre essa espécie, acesse: Lobo-guará.

  • Lobo-vermelho

O lobo-vermelho já foi considerado uma espécie extinta da natureza.

O lobo-vermelho (Canis rufus) é uma espécie de canídeo que ocorre exclusivamente nos Estados Unidos. Essa espécie foi declarada, em 1980, como extinta da natureza, entretanto, um programa de reintrodução fez com que esses animais fossem inseridos novamente em seu ambiente natural. Atualmente, a espécie é considerada criticamente ameaçada de extinção, e a tendência populacional é de decréscimo.

Essa espécie caracteriza-se por ser menor que o lobo-cinzento e possuir pernas e orelhas mais longas. O comprimento do corpo fica entre 1 m e 1,3 m, e sua cauda possui cerca de 30 cm a 42 cm. Esses animais apresentam massa corporal de cerca de 40 kg.

A pelagem do lobo-vermelho mistura pelos de cor canela, cinza e preto. Durante o inverno, a pelagem dominante é avermelhada. O lobo-vermelho é uma espécie noturna que se alimenta de roedores, pequenos mamíferos, veados, dentre outros espécimes.

  • Videoaula sobre mamíferos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Animais domésticos e silvestres

Ciências

Coiote

Ciências

Lobo-guará

Ciências

Mamíferos

Últimos artigos

Milagre econômico brasileiro

Milagre econômico brasileiro foi um período da Ditadura Militar no qual a economia brasileira apresentou grande crescimento e importantes obras públicas foram realizadas.

Manto terrestre

O manto terrestre é uma camada, constituída pelo magma, muito dinâmica da Terra. Situado entre a crosta e o núcleo, ocupa aproximadamente 84% do volume total do planeta.

Altitude

A altitude é a distância vertical entre um ponto na superfície da Terra e o nível do mar, sendo uma medida importante para a caracterização do relevo de uma área.

Área do cubo

A área do cubo é a medida da superfície desse poliedro. A área da base, a área lateral e a área total do cubo estão relacionadas à área do quadrado.