Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Tundra

Conheça a Tundra e veja as características desse bioma marcado pelo frio extremo e pela presença de vegetações de pequeno porte.

Paisagem típica da Tundra. Paisagem típica da Tundra.

A Tundra é conhecida por ser o bioma mais frio da Terra! Lá, as temperaturas frequentemente se encontram abaixo de zero, o que torna o seu ambiente com características muito diferentes daquelas que vemos, por exemplo, nos biomas brasileiros, onde é comum a presença de animais adaptados ao calor e grandes árvores. Na Tundra, predominam as vegetações de pequeno porte e a fauna adaptada ao frio congelante.

Mas por que tanto frio? Sabemos que há uma relação entre a latitude e o clima. Dessa forma, quanto mais próximos estivermos dos polos da Terra, menores serão as temperaturas. A Tundra localiza-se justamente nessas áreas, mais precisamente na região do Ártico, perto do polo norte, por isso as suas espécies são adaptadas a esse tipo de ambiente.

Podemos dizer que a localização da Tundra, mais precisamente, é na porção norte da América do Norte, da Europa e da Rússia. Essas áreas são conhecidas como as regiões com as temperaturas mais baixas possíveis para oferecer condições para a existência de vida. O tipo climático é o polar, que é muito frio, seco e com poucas chuvas.

Como o clima é muito frio, além dos solos rasos e da ausência de claridade, que ocorre de forma mais proeminente durante os solstícios de verão, as árvores não poderiam ser maiores do que pequenos arbustos, ervas, líquens e musgos, todos muito espaçados entre si. Durante o verão, quando as temperaturas máximas alcançam os 10ºC, essa vegetação desenvolve-se, tornando-se menos densa. Mas quando o inverno e os seus -20ºC de temperatura chegam, o solo volta a congelar e o número de plantas diminui.

Não é de se espantar que, com essas condições desfavoráveis, a Tundra não apresente uma grande diversidade natural. Os animais existentes alimentam-se da vegetação rala e servem de alimentos para alguns carnívoros. A maioria deles migra para outras áreas durante o inverno, a exemplo da maioria das aves e os grandes mamíferos. Outros, no entanto, permanecem na região, tais como o urso-polar, as raposas, as lebres-do-ártico, os caribus e a maioria dos insetos.


Caribus, animais típicos da Tundra

Além da Tundra localizada na região do Ártico – e, por isso, chamada de Tundra Ártica –, temos também a Tundra Alpina, que se forma nas regiões montanhosas, onde também é frio, com destaque para os Alpes, uma cordilheira de montanhas na Europa. Por causa dessa distribuição, a Tundra chega a ocupar um quinto da superfície terrestre, o que torna a sua preservação necessária tanto para a conservação de seu ambiente quanto para a existência de suas espécies de fauna e flora.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Geografia

Bioma

Geografia

Clima

Geografia

Polo Norte e Polo Sul

Geografia

Taiga

Últimos artigos

Folclore brasileiro

O folclore brasileiro é o rico conjunto de manifestações de nossa cultura. Mitos, lendas, danças, músicas, brincadeiras e festas populares fazem parte dele.

El Niño

O El Niño é um fenômeno descrito pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico, provocando chuvas volumosas no Sul do Brasil e secas severas no Norte e no Nordeste.

Bicho-papão

Bicho-papão é uma lenda presente no folclore brasileiro que fala de um monstro que sequestra e devora crianças desobedientes. Foi influência portuguesa em nossa cultura.

Queda da Bastilha

A queda da Bastilha foi um acontecimento marcante que se passou em 14 de julho de 1789, marcando o início da Revolução Francesa.