Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Desertos

Você sabe o que são os desertos? Conhece as suas principais características? Clique e saiba mais sobre essa interessante paisagem geográfica!

O deserto é uma área com pouca existência de vida O deserto é uma área com pouca existência de vida

Os desertos são regiões do nosso planeta onde não costuma chover muito. Para você ter uma ideia, a média de pluviosidade (chuva) do deserto é de 250 mm anuais, enquanto na Amazônia, por exemplo, chove uma quantidade próxima dos 2500 mm por ano. É muita diferença!

Estamos acostumados a pensar nos desertos sempre como lugares muito quentes e áridos, não é mesmo? Mas isso nem sempre é verdade, pois os desertos podem apresentar temperaturas medianas, como o Deserto do Gobi, na China, e outros podem ser verdadeiras coberturas de gelo, a exemplo da Antárdida, que é considerada o maior deserto do mundo. São os chamados desertos frios.

No caso dos desertos quentes, o maior e mais conhecido em todo o mundo é o Saara, localizado no continente africano. O Saara possui aproximadamente nove milhões de quilômetros quadrados, uma área maior que a do território brasileiro. Além disso, ele está ficando maior, pois as atividades de exploração da natureza nas áreas ao seu redor estão fazendo com que o solo fique desprotegido e com que o espaço do deserto aumente.

Os desertos quentes (aqueles mais secos e onde faz mais calor) não são quentes o tempo inteiro. É que a falta de umidade do ar dificulta a conservação do calor emitido durante o dia, por isso as noites ficam mais frias. Para piorar, a areia é um elemento que perde e ganha calor muito rápido (já reparou que durante o dia a areia das praias fica quente e queima nossos pés?). Por essa razão, durante o dia, as temperaturas alcançam os 50ºC, mas, à noite, os termômetros registram, em alguns casos, até -10ºC!

As condições extremas dos desertos, sobretudo os quentes, fazem com que eles não sejam muito habitados. Mas mesmo assim existem algumas espécies, principalmente de vegetais, que resistem bravamente a essas situações ruins. Os cactos, por exemplo, por serem plantas xerófilas (que se adaptam à seca e à umidade), possuem a incrível habilidade de conservar água dentro de si, além de não terem folhas, reduzindo a transpiração. Alguns animais, como pequenos répteis, também conseguem sobreviver em alguns desertos.

Existe um deserto conhecido por ser muito “traiçoeiro”, é o deserto do Kalahari, no sul da África. Nele, durante cerca de três meses, chove um pouco e a paisagem rapidamente se modifica, formando pequenos lagos e algumas árvores e matas. Por esse motivo, pessoas e animais desavisados podem achar que lá há muitos recursos. No entanto, de repente, a seca apresenta-se e toda aquela bela paisagem transforma-se, ganhando os contornos típicos dos desertos quentes, com pouca comida e água. Mesmo assim, existem povos nativos que conseguem viver nesse lugar, pois estão acostumados a ele.

Os desertos, apesar de gerarem medo nas pessoas, são áreas naturais e muito bonitas. No entanto, as regiões em seu entorno precisam ser mais bem conservadas, pois eles estão se expandindo em alguns lugares do mundo, prejudicando os solos e as práticas econômicas e sociais das pessoas que vivem nessas localidades.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Por Rodolfo F. Alves Pena

Você pode se interessar também

Geografia

A Vegetação

Ciências

Biosfera

Ciências

Camelos

Geografia

Desertificação

Últimos artigos

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.