Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Gametogênese

Gametogênese é o processo de produção de gametas. A espermatogênese é o nome dado ao processo de gametogênese em que são produzidos gametas masculinos, os espermatozoides. Ovogênese é o nome dado ao processo de gametogênese em que são produzidos os gametas femininos, os ovócitos.

Como e onde ocorre a gametogênese?

A gametogênese ocorre, basicamente, por meio de processos de divisão e maturação dos gametas. A partir de células diploides, os processos de mitose e meiose produzem os gametas haploides.

A gametogênese feminina acontece nos ovários. Já a gametogênese masculina, nos testículos. É importante destacar que os processos de divisão e maturação celular ocorrem dentro dos túbulos seminíferos.

Leia também: Diferença entre mitose e meiose

Espermatogênese

O processo de gametogênese no homem, ou seja, o processo de formação e desenvolvimento dos espermatozoides, é denominado de espermatogênese. Por volta da oitava semana de gestação, o embrião masculino apresenta células germinativas que futuramente geram os espermatozoides.

No entanto, apenas próximo à puberdade, essas células passam por transformações estimuladas por hormônios sexuais e formam as espermatogônias. As espermatogônias são produzidas a partir das células germinativas por meio de mitose. As espermatogônias podem ser classificadas em tipo A e B.

As espermatogônias do tipo A produzem, durante toda a vida do indivíduo, novas espermatogônias, pelo processo de mitose. Essa fase é denominada de fase de multiplicação. Já as espermatogônias do tipo B produzem os espermatócitos pelo processo de meiose. Cada espermatogônia produz um espermatófito.

A espermatogônia do tipo B, durante a fase de intérfase da meiose, origina os espermatófitos primários. Essa é a fase de crescimento. Nesse processo, a espermatogônia do tipo B aumenta de tamanho, ocorrendo a multiplicação do material genético.

Em seguida, esses espermatófitos geram os espermatófitos secundários, após passarem pela primeira divisão que ocorre no processo de meiose. Já os espermatócitos II, após passarem pela segunda divisão que ocorre no processo de meiose, dão origem às espermátides. A fase correspondente aos dois períodos de divisão celular que dão origem às espermátides é denominada de fase de maturação.

As espermátides são células haploides (n = 23 cromossomos) e apresentam a metade dos cromossomos apresentados na célula original, que era uma célula diploide (2n = 46 cromossomos). Quatro espermátides são produzidas a partir de cada espermatócito. Em seguida, as espermátides passam por algumas transformações e dão origem aos espermatozoides. Essa última etapa é denominada de espermiogênese.

Na espermiogênese, as espermátides passam por um processo de diferenciação morfológica, dando origem a uma célula flagelada e móvel, o espermatozoide. Ela também apresenta uma cabeça, onde está seu núcleo, e uma região, denominada de acrossomo, contendo enzimas que auxiliam no processo de fecundação. Logo atrás da cabeça, encontram-se as mitocôndrias, que fornecem a energia necessária para essa célula movimentar-se. Quando a espermiogênese completa-se, os espermatozoides são liberados na luz dos túbulos seminíferos. Esse processo é denominado espermiação.


Espermatogênese é o processo de produção de gametas no homem. Já a ovogênese é o processo de produção de gametas na mulher.

Leia também: O que é fecundação?

Ovogênese

Ovogênese é processo de produção de gametas femininos. Esse é um processo que se inicia ainda na vida embrionária, diferentemente da espermatogênese – que se inicia já próximo à puberdade. O processo de divisão celular por mitose ocorre nas células germinativas por volta da sétima semana de gestação, produzindo as ovogônias.

Em seguida, no segundo trimestre de gestação, as ovogônias iniciam o processo de meiose, passando a ser denominadas de ovócitos primários. No entanto, esse processo cessa antes do nascimento, durante a prófase I, e só continua a partir da ovulação. A primeira ovulação ocorre no início da puberdade.

Acredita-se que as mulheres já nasçam com todos os seus ovócitos primários, cerca de dois milhões. Porém, alguns estudos sugerem que, na verdade, a partir de células-tronco, novos gametas podem ser formados na mulher adulta. Os ovócitos primários permanecem em repouso dentro de estruturas denominadas de folículos até a ovulação, momento em que ela completa a primeira divisão meiótica.

A ovulação ocorre em cada ciclo menstrual da mulher, durante toda a sua vida reprodutiva, que segue até por volta dos 50 anos de idade, fase denominada de menopausa. Em cada ciclo, cerca de 50 folículos são estimulados a continuarem seu desenvolvimento, entretanto, apenas um ovócito primário completa a primeira divisão meiótica, os demais sofrem apoptose (morte celular).

O ovócito secundário e um corpúsculo polar surgem ao fim da primeira divisão meiótica. A segunda divisão meiótica tem então início, mas há uma nova fase de repouso, que se inicia na fase de metáfase II e permanece até que ocorra a fecundação do ovócito secundário por um espermatozoide.

O ovócito, após a sua liberação do ovário, permanece viável por cerca de 24 horas. Ocorrendo a fecundação, o ovócito dá origem ao óvulo e um segundo corpúsculo polar. Vale destacar que os corpúsculos formados são degenerados. Se não houver fecundação, o ovócito sofre autólise (processo pelo qual uma célula se autodestrói espontaneamente).

Ocorrendo a fecundação, o folículo que se rompeu liberando o ovócito forma o corpo lúteo, que produz os chamados hormônios da gravidez, ou seja, hormônios responsáveis pela manutenção da gravidez no período inicial: estrógenos e progesterona. Esse papel é executado pela placenta após o segundo mês de gestação. Caso não ocorra a fecundação, o corpo lúteo degenera-se.

Leia também: Menstruação, o que é e como ocorre?

Diferenças entre espermatogênese e ovogênese

Os processos de espermatogênese e ovogênese apresentam as seguintes diferenças:

  • Na ovogênese, o processo de divisão celular não ocorre de maneira igual, assim, forma-se uma grande célula, um único gameta (ovócito), e as outras células formadas, de menor tamanho e denominadas de corpúsculos polares, degeneram-se. Já no processo de espermatogênese, ao final são formados quatro gametas.

  • O processo da ovogênese, até chegar na produção do gameta maduro, não é contínuo, apresentando grandes períodos de interrupção. Já isso não ocorre na espermatogênese, sendo esse um processo contínuo.

  • O processo de ovogênese encerra-se por volta dos 50 anos do indivíduo, em uma fase conhecida como menopausa. A espermatogênese ocorre, praticamente, por toda a vida do indivíduo, produzindo gametas maduros.

Exercícios resolvidos sobre gametogênese

Questão 1 - (PUC-Campinas) As figuras a seguir representam os processos de gametogênese em animais.

Supondo que se trate da gametogênese humana, é correto concluir que:

a) células com 46 cromossomos existem somente no período 1.

b) as divisões meióticas ocorrem nos períodos 2 e 3.

c) a partir de uma espermatogônia, formam-se dois espermatócitos primários.

d) cada ovócito primário dá origem a um ovócito secundário.

e) a fertilização ocorre durante o período 4.

Resolução: letra d. Ao final da primeira divisão meiótica, o ovócito primário dá origem a um ovócito secundário e um corpúsculo polar. O corpúsculo polar, posteriormente, degenera-se.

Questão 2 - (PUC-Campinas) O esquema a seguir representa fases da gametogênese.

I e II correspondem, respectivamente, a

a) duas mitoses sucessivas.

b) duas meioses sucessivas.

c) uma mitose e uma meiose.

d) meiose I e meiose II.

e) uma meiose e uma mitose.

Resolução: letra d. Os processos apresentados na figura representam a meiose I, em que ocorre a primeira divisão celular, e a meiose II, na qual ocorre a segunda divisão celular. A partir de uma única célula, quatro novas surgem.

    

Por Helivania Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Cromossomos

Ciências

Fecundação

Ciências

Meiose

Ciências

Menstruação

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.