Qual matéria está procurando ?

História

História

Causas da Segunda Guerra Mundial (1930-1939)

Conheça as causas e consequências da Segunda Guerra Mundial.

por Tales dos Santos Pinto
Bonecos representando dois líderes nazistas, Adolf Hitler e Herman Goering. Bonecos representando dois líderes nazistas, Adolf Hitler e Herman Goering.

A Segunda Guerra Mundial foi o maior conflito armado da história, causando grande destruição e deixando mais de 50 milhões de mortos. Mas você sabe por que esse conflito foi iniciado?

Para entendermos a II Guerra Mundial é necessário voltarmos um pouco no tempo.  Com o fim da I Guerra Mundial, a Alemanha foi obrigada a pagar pesadas indenizações às nações vencedoras desse conflito, principalmente para França e Inglaterra, através do Tratado de Versalhes de 1919. Além disso, parte de seu território foi dividido, sendo que alguns eram fontes de matérias-primas importantes para a indústria alemã.

As reparações de guerra, nome dado às obrigações impostas à Alemanha, geraram inúmeras dificuldades à nação alemã durante a década de 1920 e 1930. Inflação alta e desemprego foram os principais problemas enfrentados pelos alemães no período. Nessa situação de penúria e miséria, os conflitos políticos se intensificaram. Diversas vezes ocorreram pelas ruas de cidades alemãs brigas entre grupos de comunistas e nazistas. Essas brigas de rua representavam também as disputas pelo poder político. Em 1933, os nazistas venceram as eleições parlamentares, tornando o partido nazista o principal do Reichstag, o parlamento alemão. Nesse mesmo ano, Adolf Hitler foi nomeado chanceler da Alemanha. A partir daí o líder nazista pôde colocar em práticas suas propostas políticas.

Uma delas era a conquista do “espaço vital”, que para Hitler era a dimensão necessária que deveria ter o território alemão. Parte do espaço vital tinha sido retirada da Alemanha através do Tratado de Versalhes. Para reconquistar esses territórios, Hitler deveria ocupá-los através de ações militares, no Centro e Leste europeu, além da França. Porém, para a conquista do espaço vital, Hitler tinha que reorganizar o exército alemão, o que havia sido proibido pelo Tratado de Versalhes. Com essas ações o chanceler passou a romper o tratado, que ele considerava uma humilhação aos alemães. A ruptura do tratado era também uma forma de causar uma revanche pela derrota sofrida na guerra passada.

Ao mesmo tempo Hitler instaurou uma ditadura, perseguindo seus opositores, principalmente os comunistas. Com o controle político interno, o Führer (líder, em alemão) pôde iniciar a expansão sobre os demais países europeus, sendo que muitos dos povos que habitavam esses países eram considerados como raças inferiores à dos alemães.

A partir de 1938, a Alemanha invadiu a Renânia e anexou a Áustria. No mesmo ano, os alemães conseguiram anexar também a região dos Sudetos, na Tchecoslováquia, e no ano seguinte todo o restante do país. França e Inglaterra não se opuseram a essas anexações graças à debilidade militar em que se encontravam no período, à preocupação do avanço do comunismo, pelo medo de uma nova guerra, e à crença de que a Alemanha teria sido duramente castigada com o Tratado de Versalhes.

Um pouco mais ao sul da Europa, na Itália, o governo fascista de Benito Mussolini também se expandia. O objetivo era conquistar terras da Albânia e da Etiópia, no Norte da África, o que ocorreu em 1936 e 1939, respectivamente.

O Japão empreendia um intenso processo de expansão na parte asiática do Oceano Pacífico. Em 1931, os japoneses invadiram a região da Manchúria, no oriente chinês, rica em recursos naturais. A cidade de Xangai também foi tomada. Essa ofensiva levou o Japão a iniciar uma guerra com a China em 1937.

As ações expansionistas desses três países, o aumento do poder militar e o caráter ultranacionalista que tinham seus governos levaram à formação do Eixo Roma-Berlim-Tóquio, em 1940. Criava-se, assim, uma das alianças que combateram durante a II Guerra Mundial.

O Pacto de Não Agressão assinado entre Alemanha e URSS, em 1939, estabelecia que os dois países se comprometeriam a não entrarem em conflito no caso de uma invasão na Polônia.

A invasão ocorreu em setembro de 1939, gerando uma reação da Inglaterra e da França dois dias depois. Com esses acontecimentos, iniciava-se a II Guerra Mundial.





Aproveite para conferir as nossas videoaulas relacionadas ao assunto:

Carregando...

Carregando...

Você pode se interessar também

História

Declaração Universal dos Direitos Humanos

História

As bombas atômicas lançadas sobre o Japão

História

Guerra Civil Espanhola

História

Primeira Guerra Mundial (1914-1918)

Não encontrou o
conteúdo ou matéria
que queria?

Mande seu questionamento, dúvidas ou sugestões para a equipe do Escola Kids que está pronta pra te ajudar.

Saiba mais

Últimos artigos

Acentuação gráfica

As regras de acentuação gráfica são fundamentais não apenas para a escrita correta das palavras, mas também para sua pronúncia.

Diferenças entre mitose e meiose

As diferenças entre mitose e meiose são muitas, mas podemos destacar o número de células-filhas e a quantidade de material genético nas células.

Tragédia em Brumadinho

A tragédia em Brumadinho ocorreu em decorrência do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração pertencente à Vale. Casas foram destruídas e muitas pessoas morreram.

Francisco Franco

Francisco Franco foi um general espanhol que liderou um golpe contra o governo republicano da Espanha. Implantou uma ditadura que se estendeu por quase quatro décadas.