Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Rosa dos Ventos

Confira a origem da rosa dos ventos, bem como suas características e importância.

Rosa dos ventos, instrumento de localização Rosa dos ventos, instrumento de localização

A Rosa dos Ventos é um instrumento antigo utilizado para auxiliar na localização relativa, isto é, como um ponto posiciona-se em relação a outro. Ela também serve de referência para localização absoluta em mapas e cartas. Ela é composta pelo que chamamos de pontos cardeais, que são as diferentes orientações para onde apontam as diferentes direções.

Os rumos dos ventos, termo que originou a rosa dos ventos, são conhecidos desde a Grécia Antiga. Eles tinham dois rumos, que aumentaram para oito tempos depois. Durante a Idade Média, esses rumos ganharam nomes relacionados com as localidades próximas ao Mediterrâneo: Tramontana (norte), Greco (nordeste), Levante (leste), Siroco (sudeste), Ostro (sul), Libeccio (sudoeste), Ponente (oeste) e Maestro (nordeste).

As rosas dos ventos mais completas, com 32 pontos, já se faziam presentes em mapas portulanos no século XIV, que eram mapas utilizados pelos grandes navegadores europeus. Inicialmente, ela tinha outros formatos, sendo que a sua composição atual em forma de rosa é creditada aos portugueses colonizadores.


A rosa dos ventos e as suas direções

A Rosa dos Ventos é composta pelos pontos cardeais, colaterais e subcolaterais.

Pontos cardeais: Norte (N), Sul (S), Leste (E) e Oeste (W)

Pontos Colaterais: Nordeste (NE), Sudeste (SE), Noroeste (NW) e Sudoeste (SW).

Pontos Subcolaterais: nor-nordeste (NNE), nor-noroeste (NNW), sul-sudeste (SSE), sul-sudoeste (SSW), lés-nordeste (ENE), lés-sudeste (ESE), oés-sudeste (WSE) e oés-sudoeste (WSW).


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Geografia

Coordenadas Geográficas

Geografia

Instrumentos de Localização

Matemática

Localização de Pontos

Geografia

Paralelos e Meridianos

Últimos artigos

Tratado de Tordesilhas

Tratado de Tordesilhas foi assinado entre Portugal e Castela (Espanha) e determinava a divisão das terras que poderiam ser encontradas durante as Grandes Navegações.

Fruta

Fruta é um termo sem valor científico usado para se referir a frutos e frutos acessórios que possuem suco, apresentam sabor adocicado e aroma característico.

Coelho

O coelho é um animal pertencente à família Leporidae, a mesma das lebres. Coelhos destacam-se por possuírem orelhas e pernas grandes, além do corpo recoberto por pelos.

Medusa

Medusa era uma górgona, isto é, um monstro que possuía serpentes no lugar dos cabelos, e era conhecida por transformar em pedra todos que olhavam para o seu rosto.