Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Tipos de mapa

Os mapas podem ser topográficos e temáticos. Os principais tipos de mapa temático são o mapa físico, o mapa político, o mapa econômico, o mapa demográfico e o mapa histórico.

Ilustração de crianças olhando um mapa-múndi, uma alusão aos tipos de mapa. Os diferentes tipos de mapa apresentam informações variadas sobre a superfície terrestre.

Os tipos de mapa são representações cartográficas de informações sobre uma área analisadas a partir do ponto de vista espacial, motivo pelo qual são tão importantes para o estudo da superfície terrestre. Os mapas podem ser classificados em topográficos, que representam o relevo de um terremo, ou temáticos, que são aqueles que expressam os aspectos diversos da geografia, da população, da economia, da política e da evolução histórica de determinado recorte espacial. Os principais tipos de mapa temático são:

  • mapa físico;
  • mapa político;
  • mapa econômico;
  • mapa demográfico;
  • mapa histórico.

Leia também: Como fazer a leitura dos mapas?

Resumo sobre os tipos de mapa

  • Os tipos de mapa são representações cartográficas de informações sobre uma área analisadas a partir do ponto de vista espacial.
  • Os mapas podem ser topográficos ou temáticos.
  • Mapas topográficos representam o relevo de um terreno por meio de curvas de nível.
  • Mapas temáticos representam diversas informações passíveis de serem espacializadas e que são pertinentes para o estudo e compreensão de determinado recorte espacial.
  • Os mapas temáticos podem ser: físicos, políticos, econômicos, demográficos e históricos.
  • Existem, também, os mapas estilizados que evidenciam determinados aspectos quantitativos a partir da técnica da anamorfose geográfica.

Classificação dos mapas

Mapas são a representação de uma parte ou de toda a superfície terrestre sobre outra superfície, plana e com área reduzida. Dada a enorme variedade de aspectos que a litosfera do planeta Terra apresenta, assim como a diversidade e complexidade de fenômenos socioeconômicos e espaciais que se desenrolam sobre ela, existem muitas informações que podem ser espacializadas e apresentadas na forma de um mapa para serem mais bem estudadas e compreendidas. Diante do exposto, classificamos os mapas em dois tipos:

  • Mapa topográfico: são aquelas cartas que representam o relevo de um terreno a partir de curvas de nível, que representam as cotas altimétricas (altitude). Esse recurso interliga áreas de mesma altitude, e facilitam transpor para uma superfície bidimensional as características analisadas em um terreno tridimensional.

  • Mapa temático: são aquelas cartas que apresentam informações específicas e que são passíveis de serem espacializadas. Tais mapas são muito variados e atendem a propósitos diversos, muitas vezes sendo produzidos para a realização de trabalhos particulares, projetos específicos ou para fins didáticos.

Quais são os principais tipos de mapas e suas características?

Os mapas temáticos são aqueles que apresentam maior variabilidade e flexibilidade no sentido de abrangência de assuntos e informações que podem ser representadas a partir da variável espacial. Os principais tipos de mapas temáticos encontrados são descritos a seguir.

  • Mapa físico: os mapas físicos apresentam as características geomorfológicas e edafoclimáticas de determinado recorte espacial. Dito de outra forma, tais mapas evidenciam os aspectos geográficos de uma área, como as formas de relevo, a distribuição da vegetação, a ocorrência climática, a presença de biomas, a rede hidrográfica, entre outros aspectos físicos.

    • Exemplo de mapa físico:

O mapa a seguir representa as formas de relevo em escala mundial:

Fonte: IBGE.

Há, também, o mapa de relevo do Brasil que indica a altitude média de cada área:

Fonte: IBGE.
  • Mapa político: os mapas políticos são aqueles que delimitam as fronteiras territoriais de um país, bem como a sua divisão político-administrativa em estados e em municípios, além de poder apresentar suas respectivas subdivisões. Os mapas políticos costumam indicar, ainda, a denominação de cada uma dessas unidades administrativas e pontuar as capitais e demais áreas de relevância para a análise territorial.

    • Exemplo de mapa político:

O mapa dos estados brasileiros é um exemplo de mapa político. Nele vemos, também, a delimitação territorial do Brasil e as suas fronteiras internacionais terrestres, com os vizinhos sul-americanos, e marítimas:

Fonte: IBGE.
  • Mapa econômico: os mapas econômicos são aqueles que representam a espacialização de aspectos da produção econômica (por setores da economia ou por atividade propriamente dita) e dos principais indicadores da economia de determinado recorte espacial, como Produto Interno Bruto (PIB), PIB per capita, renda nacional, informações de exportação e importação, mercado de trabalho, entre outros.
    • Exemplo de mapa econômico:

O mapa a seguir é um mapa econômico, e apresenta o PIB per capita dos municípios brasileiros no ano de 2019:

Fonte: IBGE.
  • Mapa demográfico: os mapas demográficos, ou de população, são aqueles que representam informações referentes à população que vive naquele recorte espacial analisado. Inúmeros aspectos populacionais podem ser espacializados e transpostos em um mapa, como o tamanho da população, sua distribuição por idade, por gênero ou por etnia, a distribuição de comunidades tradicionais pelo território, a densidade demográfica, a evolução da população ao longo do tempo, entre outros.
    • Exemplo de mapa demográfico:

O mapa a seguir é um tipo de mapa demográfico, e mostra a distribuição da população brasileira no território nacional em 2022:

Fonte: IBGE.
  • Mapa histórico: são aqueles mapas que apresentam características físicas, socioeconômicas, populacionais ou políticas de um território em algum momento do seu passado histórico, sendo importante para documentar as transformações pelas quais a área foi submetida.
    • Exemplo de mapa histórico:

O mapa a seguir mostra a divisão do território brasileiro em capitanias hereditárias, logo no início da colonização.

Fonte: IBGE.
  • Mapas estilizados: os mapas estilizados são mapas que podem apresentar qualquer uma das informações quantitativas anteriormente descritas, como, por exemplo, tamanho da população e a renda per capita. O que os difere dos demais é o fato de a forma dos territórios apresentar distorções que evidenciam a grandeza do dado transmitido.

    Em um mapa-múndi, por exemplo, países com população maior vão aparecer representados por polígonos muito grandes, ao passo que países menos populosos aparecem muito pequenos comparativamente. Essa técnica de representação recebe o nome de anamorfose geográfica. Veja, na prática, como esse mapa se apresenta:

    Exemplo de mapa estilizado elaborado pelo IBGE.
    Fonte: IBGE.

     

Acesse também: Mapa do Brasil — as representações cartográficas do território brasileiro

Exercícios resolvidos sobre tipos de mapa

Questão 1

(Enem)

Os mapas representam distintos padrões de distribuição de processos socioespaciais. Nesse sentido, a menor incidência de disputas territoriais envolvendo povos indígenas se explica pela:

A) fertilização natural dos solos.

B) expansão da fronteira agrícola.

C) intensificação da migração de retorno.

D) homologação de reservas extrativistas.

E) concentração histórica da urbanização.

Resolução:

Alternativa E.

O comparativo entre os mapas temáticos permite identificar que os conflitos pela terra são menores em áreas de urbanização histórica, como na faixa litorânea leste, por exemplo.

Questão 2

(Ufam) Sobre o mapa temático, é CORRETO afirmar que:

A) é um mapa que representa um tema específico ou área de assunto, como variação de temperatura, distribuição de precipitação e densidade populacional.

B) é um mapa que destaca as áreas situadas na região equatorial e preserva as dimensões relativas entre os continentes e países.

C) é uma representação gráfica que corresponde à redução da realidade que está sendo tematizada no mapa.

D) resulta de um conjunto de operações que permite representar no plano, por meio de paralelos e meridianos, os fenômenos da superfície de uma esfera.

E) seja qual for a porção representada, o mapa conserva a mesma relação com a área.

Resolução:

Alternativa A.

O mapa temático, como o nome indica, representa um tema específico que pode ser analisado a partir do ponto de vista espacial, como clima, população, geomorfologia, entre outros aspectos do território.

Fontes

DUARTE, Paulo Araújo. Fundamentos de Cartografia. Florianópolis: EDUSC, 2006.

IBGE. Atlas Geográfico Escolar. IBGE, [2024]. Disponível em: https://atlasescolar.ibge.gov.br/atlas.html.

LUCCI, Elian Alabi. Território e sociedade no mundo globalizado 1, ensino médio. São Paulo: Saraiva, 2016.

MOREIRA, Igor. O Espaço Geográfico: Geografia Geral e do Brasil. São Paulo: Editora Ática, 2004, 47ª edição, 3ª reimpressão. 

Por Paloma Guitarrara

Você pode se interessar também

Geografia

Atlas geográfico

Geografia

Cartografia

Geografia

Instrumentos de Localização

Geografia

Leitura dos Mapas

Últimos artigos

Brincadeiras juninas

As brincadeiras juninas são uma das partes mais divertidas da Festa Junina. A seguir, você verá dicas de 15 dessas brincadeiras!

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.