Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Urso panda

Ursos pandas são animais encontrados na China e que encantam a todos pela beleza característica da sua pele branca e preta. Esses animais são bastante populares em todo o mundo e, devido a ações de conservação, estão apresentando um quadro atual de aumento de sua população. Descubra conosco mais sobre os ursos pandas, animais que no passado já foram ameaçados de extinção.

Características do urso panda

Os ursos pandas, também chamados de pandas gigantes, são animais mamíferos, ou seja, apresentam pelos em seu corpo e são capazes de produzir leite para alimentar seus filhotes no inicio do desenvolvimento. Sua típica pelagem possui um padrão de cor preto e branco, sendo esses animais brancos, com membros, ombros, orelhas e região ao redor dos olhos pretos.

Os ursos pandas são animais que apresentam um padrão típico de coloração.
Os ursos pandas são animais que apresentam um padrão típico de coloração.

Esses animais vivem em florestas de bambu, sendo esse seu principal alimento. Inicialmente os pandas ocorriam em todo sul e leste da China, entretanto, a destruição do seu habitat fez com que eles reduzissem seu local de ocorrência. Nos dias atuais, esses animais são encontrados em poucos locais de floresta remanescente.

Podem atingir mais de 1,20 m de altura, e seu peso pode chegar a 160 quilos. Apesar de seu grande tamanho, pandas não são grandes predadores, pois, como dito, eles se alimentam basicamente de bambu, o que é curioso, uma vez que pertencem à ordem Carnivora.

Os pandas gigantes, geralmente, vivem sozinhos. Entretanto, durante o período reprodutivo, é possível observar machos procurando por fêmeas. Além disso, após o nascimento, os filhotes ficam por um tempo com a mãe. Os ursos pandas podem viver entre 15 e 20 anos no seu habitat natural.

Leia também: Animais domésticos e silvestres – diferenças e exemplos

Reprodução do urso panda

A reprodução do urso panda é bastante peculiar devido, principalmente, à curta estação reprodutiva desse animal. As fêmeas entram no cio apenas na primavera, entretanto, o interesse pelo macho restringe-se de um a três dias. Isso significa que os machos devem procurar as fêmeas para a cópula exatamente nesse período para que a chance de acasalar não se perca. Nesse período o macho poderá procurar diferentes fêmeas que estejam no cio.

O tempo de gestação do panda gigante é de 95 a 160 dias, ou seja, a gestação pode durar um pouco mais de cinco meses, sendo, portanto, relativamente longa. Em uma gestação, a fêmea, normalmente, dá à luz apenas um filhote, o qual fica com a mãe nos primeiros meses. Ela para de amamentá-lo por volta dos 8-9 meses de vida, e o filhote permanece com ela até, aproximadamente, seus 18 meses.

Os filhotes permanecem com suas mães até, aproximadamente, 18 meses de vida.
Os filhotes permanecem com suas mães até, aproximadamente, 18 meses de vida.

Urso panda está em extinção?

O panda gigante é um animal que não está extinto. Atualmente essa espécie está classificada, na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN, como vulnerável. Vale salientar, no entanto, que sua classificação atual é resultado de uma série de esforços para garantir a sobrevivência da espécie, com grande destaque para a manutenção do seu habitat natural.

Acesse também: Animais ameaçados de extinção - conheça-os e entenda melhor essa classificação

10 curiosidades sobre o urso panda

Pandas alimentam-se diariamente de uma grande quantidade de bambu, sendo esse seu principal alimento.
Pandas alimentam-se diariamente de uma grande quantidade de bambu, sendo esse seu principal alimento.
  1. O nome científico do urso panda é Ailuropoda melanoleuca. Ele faz parte da família Ursidae e da ordem Carnivora.

  2. Você já se perguntou quais as vantagens da pelagem branca e preta para os ursos pandas? De acordo com um estudo intitulado “Why is the giant panda black and white?” (Por que o panda gigante é preto e branco?), o motivo dessa coloração é a camuflagem. A parte branca é importante para ajudá-los a esconderem-se em locais onde há neve. A parte preta, por sua vez, é importante para a sua camuflagem em locais sombreados. Além disso, as manchas ao redor dos olhos e as orelhas podem ajudar no reconhecimento dos indivíduos e mostrar agressividade para possíveis predadores.

  3. Pandas alimentam-se basicamente de bambu e, para conseguirem suprir suas necessidades diárias, necessitam ingerir grande quantidade desse alimento. Alguns podem comer incríveis 40 kg de bambu por dia. Para isso, eles necessitam de um grande tempo de alimentação que pode chegar a 14 horas diárias.

  4. Pandas apresentam mordida forte, uma vez que comer bambu não é tarefa fácil.

  5. Pandas comem uma quantidade realmente grande de bambu, por isso é comum que eles defequem mais de 100 vezes por dia.

  6. Ao nascerem, pandas apresentam cerca de 200 gramas. Eles nascem sem pelo, sem dentes e cegos.

  7. Pandas são animais que crescem muito rápido. Eles podem ganhar cerca de dois quilos no seu primeiro mês de vida.

  8. Mudanças climáticas podem afetar negativamente as florestas de bambu e, consequentemente, os pandas.

  9. Pandas podem viver um longo período de tempo no cativeiro, com uma expectativa de vida de 25 a 35 anos. Vale destacar que animais que vivem em cativeiro, quando colocados em seu habitat natural, muitas vezes não sobrevivem, podendo, por exemplo, sofrer agressões de outros animais presentes no ambiente selvagem.

  10. Pandas utilizam sua urina para marcar território. Eles preferem urinar em árvores com cascas enrugadas, pois ajudam na fixação do cheiro.

Saiba mais: Urso-polar - mamífero da região do Ártico e o maior dos ursos existentes no mundo

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Urso-polar

Ciências

Mamíferos

Geografia

China

Ciências

Animais ameaçados de extinção

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.