Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Infecção

Uma infecção é caracterizada como a entrada e desenvolvimento de um agente infeccioso, ou a multiplicação de um agente infeccioso que já esteja presente no organismo, como bactérias e vírus. As infecções podem apresentar os mais diferentes sintomas, sendo estes dependentes de seu agente causador. São exemplos de infecções: a infecção do trato urinário (ITU) e as infecções hospitalares, sendo essas últimas um dos grandes problemas de saúde pública mundial.

Saiba mais: Superbactérias — resistentes a vários antibióticos, dificultam o tratamento de infecções

Sintomas de infecção

As infecções podem ser causadas por diferentes agentes infecciosos, assim, faz-se necessário um diagnóstico correto para que o tratamento seja eficaz.
As infecções podem ser causadas por diferentes agentes infecciosos, assim, faz-se necessário um diagnóstico correto para que o tratamento seja eficaz.

As infecções podem ser causadas por agentes diversos. Assim, os sintomas de uma infecção dependem do agente causador, como do local onde ela ocorre, entre outros fatores. Alguns deles, entretanto, podem ser indicativos de processos infecciosos. Dentre os quais podemos destacar:

  • febre;
  • dor;
  • secreção purulenta;
  • diarreia, entre outros.

Infecção viral versus infecção bacteriana

Como já mencionado, entre os principais agentes infecciosos estão os vírus e as bactérias. As infecções virais e as bacterianas assemelham-se em muitos pontos, principalmente em relação aos sintomas. Dentre os sintomas que podem ser comuns nos dois tipos de infecção, podemos destacar, por exemplo, o mal-estar e a febre.

Assim, é essencial que seja realizado um diagnóstico correto para evitar-se um tratamento inadequado. Veja, a seguir, as características do tratamento para cada caso:

 

Infecção viral

Infecção bacteriana

Agente causador

Vírus

Bactéria

Tratamento

Muitas infecções são combatidas pelo próprio organismo e curam-se em poucos dias. Em alguns casos, podem ser utilizados antivirais. Entretanto algumas infecções virais não têm cura (como a Aids).

Antibióticos


Leia também: Anticorpos — agentes que defendem o corpo de micro-organismos estranhos

Exemplos de infecções

A seguir, apresentamos alguns tipos de infecção, seus agentes causadores, sintomas e tratamentos.

1. Infecção do trato urinário (ITU) ou infecção urinária: acomete o trato urinário de homens e mulheres.

  • Agente causador: bactérias, principalmente Escherichia coli.

Sintomas: pode ser assintomática, e, quando sintomática, pode apresentar micção frequente e dolorida, dor lombar, urina turva com presença de sangue, e febre.

Tratamento: é realizado com a administração de antibióticos.

Dentre os sintomas das infecções do trato urinário, podemos destacar a dor lombar.
Dentre os sintomas das infecções do trato urinário, podemos destacar a dor lombar.

2. Infecção nos rins ou pielonefrite: pode apresentar diversas causas, sendo até mesmo consequência de alguma infecção do trato urinário, como cistite.

Sintomas: alguns sintomas são semelhantes aos da infecção urinária, entretanto, apresenta também náusea, vômitos, calafrios e febre alta.

Tratamento: é realizado de acordo com o agente causador e de forma rápida, pois essa é uma infecção grave, que pode levar a óbito.

Caso tenha maior interesse no tema, leia nosso texto: Infecção urinária.

3. Infecção intestinal ou gastrointestinal: acomete o trato gastrointestinal e é a principal causa de mortes por origem infecciosa, além de ser uma das principais causas de mortalidade em crianças com menos de cinco anos de idade.

Agente causador: bactérias, vírus e protozoários.

Sintomas: o principal é a diarreia aquosa, podendo apresentar também vômitos, dores abdominais, entre outros.

Tratamento: é feito de acordo com o agente causador, necessitando de atenção especial a idosos e crianças para evitar a desidratação.

As infecções gastrointestinais afetam toda a população e são uma das principais causas de mortalidade em crianças com menos de cinco anos de idade.
As infecções gastrointestinais afetam toda a população e são uma das principais causas de mortalidade em crianças com menos de cinco anos de idade.

4. Infecção hospitalar: é o nome dado a alguma infecção que tenha alguma relação com a hospitalização. Esse tipo está vinculado, principalmente, à falta de medidas de controle para as infecções, ao sistema imunológico comprometido dos pacientes e ao uso excessivo de antibióticos nos hospitais.

Agente causador: principalmente bactérias.

Sintomas: dependem do agente causador.

Tratamento: depende do agente causador.

5. Sepse ou infecção no sangue: é definida como uma síndrome clínica, na qual a síndrome de resposta inflamatória sistêmica (Sirs) está associada a uma infecção. Para combater essa infecção, o sistema de defesa libera mediadores químicos no organismo, o que pode causar um processo inflamatório em diversas partes do organismo, comprometendo o funcionamento de diversos órgãos. A sepse é um dos grandes problemas de saúde da atualidade, com tratamento de alto custo e alta taxa de mortalidade.

Agente causador: diversos agentes causadores.

Sintomas: são diversos, podendo ser observado febre, taquicardia, confusão mental, desconforto abdominal, icterícia, entre outros.

Tratamento: depende do agente causador.

Leia também: Descoberta da penicilina, o primeiro antibiótico

Diferenças entre infecção e inflamação

A inflamação é uma resposta local do organismo diante da ação de um agente infeccioso.
A inflamação é uma resposta local do organismo diante da ação de um agente infeccioso.

A infecção e a inflamação são dois processos distintos, entretanto, podem estar relacionados, como veremos a seguir:

  • Infecção: é causada por algum agente infeccioso que se instala e desenvolve-se ou, já estando presente, multiplica-se no organismo. Seus sintomas são dependentes dos agentes causadores, no entanto, podem ser comuns sintomas febre, dor e mal-estar.

Inflamação: é uma resposta local do organismo mediante a ação de um agente infeccioso. Esse agente pode ser físico, químico ou biológico. Nesse último caso, a inflamação pode estar relacionada à infecção, pois apresenta-se como uma resposta a esse processo infeccioso. Por exemplo, uma inflamação na garganta pode ser uma resposta a uma infecção viral ou bacteriana. Diferentemente da infecção, os sintomas da inflamação são mais específicos, como vermelhidão, aquecimento, inchaço e dor local.

O tratamento dos dois processos também é distinto. Como dito, o tratamento da infecção é realizado segundo o agente causador. Por exemplo, infecções causadas apenas por bactérias devem ser tratadas com o uso de antibióticos, infecções causadas por fungos são tratadas com administração de antifúngicos. Os processos inflamatórios devem ser tratados com medicamentos anti-inflamatórios, que reduzem o desconforto dos sintomas da inflamação.

É importante destacar que apenas o médico pode realizar o diagnóstico correto desses processos e indicar o melhor tratamento. Jamais se automedique!

Acesse também: Doenças causadas por protozoários   

Por Helivania Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Anticorpos

Ciências

Características e funções dos rins

Ciências

Antibióticos

Ciências

Descoberta da penicilina

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.