Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Aranha-armadeira

Aranha-armadeira pode ser encontrada em todo território brasileiro. Recebe essa denominação devido à posição que assume quando se sente ameaçada.

Aranha-armadeira em folha Existem diferentes espécies de aranhas-armadeiras, todas pertencentes ao gênero Phoneutria.

Aranha-armadeira é o nome dado a diferentes espécies de aranhas que pertencem ao gênero Phoneutria. Elas são assim chamadas por sua capacidade de se “armar” quando se sentem ameaçadas, levantando suas pernas anteriores e se apoiando nas pernas traseiras. São encontradas na América Central e América do Sul, sendo observadas em todo território brasileiro.

São animais noturnos e frequentemente avistados escondidos em bromélias, palmeiras e bananeiras. Podem também se esconder em entulhos, no interior de sapatos e em móveis. As aranhas-armadeiras são venenosas, e seu veneno pode ser fatal em alguns casos. O Instituto Butantan produz o soro que pode ser usado no tratamento do envenenamento por esses animais.

Leia mais: Aranhas peçonhentas — entre as principais estão a aranha-marrom, a viúva-negra e a aranha-armadeira

Resumo sobre aranha-armadeira

  • Aranha-armadeira é o nome dado a oito aranhas pertencentes ao gênero Phoneutria.

  • Recebem esse nome popular por se apoiar nas pernas traseiras e levantar as da frente ao se sentirem ameaçadas.

  • Podem ser observadas em plantas como bromélias e bananeiras. Frequentemente se escondem em sapatos, entulhos, troncos e materiais de construção.

  • Seu veneno é muito potente e pode até mesmo levar à morte.

  • O Instituto Butantan produz o soro antiaracnídeo utilizado no tratamento de pessoas picadas por elas.

O que é aranha-armadeira?

Aranha-armadeira é o nome dado a oito aranhas pertencentes ao gênero Phoneutria. Elas são encontradas na América Central e na América do Sul e apresentam coloração variável, sendo algumas marrons com uma série de pontos mais claros em seu abdome. Atingem até 17 centímetros de comprimento quando adultas, contando com suas pernas.

As aranhas-armadeiras são espécies ágeis e noturnas que podem ser encontradas escondidas em bromélias, palmeiras e bananeiras. Podem ser encontradas ainda escondidas no interior de sapatos, em móveis, troncos, materiais de construção e entulhos. Por se esconder nesses locais, são frequentes os relatos de picadas em mãos e pés.

Por que a aranha-armadeira tem esse nome?

A aranha-armadeira é assim chamada, pois, quando se sente ameaçada, apoia-se sobre as pernas traseiras, levanta as pernas dianteiras e mostra suas quelíceras, deixando visíveis os ferrões, usados para injetar seu poderoso veneno. Devido a essa postura ameaçadora, as aranhas do gênero Phoneutria ficaram conhecidas como armadeiras.

Quando se sente ameaçada, a aranha-armadeira levanta suas pernas dianteiras e se apoia sobre as traseiras.

O que a aranha-armadeira come?

Diferentes espécies de animais fazem parte da dieta das aranhas-armadeiras, em especial, pequenos invertebrados, como insetos e até mesmo outras aranhas.

Leia mais: Alimentação dos animais — cada grupo possui uma dieta

O veneno da aranha-armadeira

A aranha-armadeira tem um veneno bastante perigoso, o qual pode ser até mesmo fatal em algumas pessoas. Em geral, a picada dela pode provocar no local:

  • dor (de leve a intensa);

  • inchaço;

  • vermelhidão na pele;

  • queimação;

  • dormência;

  • coceira;

  • sudorese.

Além disso:

  • visão turva;

  • palidez;

  • contração muscular involuntária;

  • arritmia cardíaca;

  • vômitos;

  • aumento da pressão arterial.

O tratamento indicado para picadas de aranhas-armadeiras é a aplicação local de anestésicos. Nos casos mais graves, o uso de soro antiaracnídico pode ser recomendado. No Brasil, o único produtor desse soro é o Instituto Butantan. De acordo com o Instituto, ele é indicado no tratamento do envenenamento por escorpião do gênero Tityus (escorpião-amarelo, marrom ou preto), ou por aranhas do gênero Phoneutria (aranha-armadeira) ou Loxosceles (aranha-marrom).

Como prevenir acidentes com aranhas-armadeiras?

Primeiramente é importante destacar que a identificação de uma aranha-armadeira nem sempre é uma tarefa fácil, sendo as espécies do gênero Phoneutria muito semelhantes a espécies de outros gêneros. Assim sendo, o melhor é evitar o contato com qualquer espécie de aracnídeo, sendo fundamental nunca tocá-los.

Para prevenir acidentes, é recomendado: manter jardins e quintais sempre limpos; usar calçados e luvas durante a jardinagem; vedar soleiras de portas e janelas; sacudir roupas e sapatos antes de usá-los; não colocar a mão em troncos, embaixo de pedras e em entulhos sem antes analisar o local.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Aracnídeos

Ciências

Aranha-caranguejeira

Ciências

Aranha-marrom

Ciências

Aranhas

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.