Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Aranha-armadeira

Aranha-armadeira pode ser encontrada em todo território brasileiro. Recebe essa denominação devido à posição que assume quando se sente ameaçada.

Aranha-armadeira em folha Existem diferentes espécies de aranhas-armadeiras, todas pertencentes ao gênero Phoneutria.

Aranha-armadeira é o nome dado a diferentes espécies de aranhas que pertencem ao gênero Phoneutria. Elas são assim chamadas por sua capacidade de se “armar” quando se sentem ameaçadas, levantando suas pernas anteriores e se apoiando nas pernas traseiras. São encontradas na América Central e América do Sul, sendo observadas em todo território brasileiro.

São animais noturnos e frequentemente avistados escondidos em bromélias, palmeiras e bananeiras. Podem também se esconder em entulhos, no interior de sapatos e em móveis. As aranhas-armadeiras são venenosas, e seu veneno pode ser fatal em alguns casos. O Instituto Butantan produz o soro que pode ser usado no tratamento do envenenamento por esses animais.

Leia mais: Aranhas peçonhentas — entre as principais estão a aranha-marrom, a viúva-negra e a aranha-armadeira

Resumo sobre aranha-armadeira

  • Aranha-armadeira é o nome dado a oito aranhas pertencentes ao gênero Phoneutria.

  • Recebem esse nome popular por se apoiar nas pernas traseiras e levantar as da frente ao se sentirem ameaçadas.

  • Podem ser observadas em plantas como bromélias e bananeiras. Frequentemente se escondem em sapatos, entulhos, troncos e materiais de construção.

  • Seu veneno é muito potente e pode até mesmo levar à morte.

  • O Instituto Butantan produz o soro antiaracnídeo utilizado no tratamento de pessoas picadas por elas.

O que é aranha-armadeira?

Aranha-armadeira é o nome dado a oito aranhas pertencentes ao gênero Phoneutria. Elas são encontradas na América Central e na América do Sul e apresentam coloração variável, sendo algumas marrons com uma série de pontos mais claros em seu abdome. Atingem até 17 centímetros de comprimento quando adultas, contando com suas pernas.

As aranhas-armadeiras são espécies ágeis e noturnas que podem ser encontradas escondidas em bromélias, palmeiras e bananeiras. Podem ser encontradas ainda escondidas no interior de sapatos, em móveis, troncos, materiais de construção e entulhos. Por se esconder nesses locais, são frequentes os relatos de picadas em mãos e pés.

Por que a aranha-armadeira tem esse nome?

A aranha-armadeira é assim chamada, pois, quando se sente ameaçada, apoia-se sobre as pernas traseiras, levanta as pernas dianteiras e mostra suas quelíceras, deixando visíveis os ferrões, usados para injetar seu poderoso veneno. Devido a essa postura ameaçadora, as aranhas do gênero Phoneutria ficaram conhecidas como armadeiras.

Quando se sente ameaçada, a aranha-armadeira levanta suas pernas dianteiras e se apoia sobre as traseiras.

O que a aranha-armadeira come?

Diferentes espécies de animais fazem parte da dieta das aranhas-armadeiras, em especial, pequenos invertebrados, como insetos e até mesmo outras aranhas.

Leia mais: Alimentação dos animais — cada grupo possui uma dieta

O veneno da aranha-armadeira

A aranha-armadeira tem um veneno bastante perigoso, o qual pode ser até mesmo fatal em algumas pessoas. Em geral, a picada dela pode provocar no local:

  • dor (de leve a intensa);

  • inchaço;

  • vermelhidão na pele;

  • queimação;

  • dormência;

  • coceira;

  • sudorese.

Além disso:

  • visão turva;

  • palidez;

  • contração muscular involuntária;

  • arritmia cardíaca;

  • vômitos;

  • aumento da pressão arterial.

O tratamento indicado para picadas de aranhas-armadeiras é a aplicação local de anestésicos. Nos casos mais graves, o uso de soro antiaracnídico pode ser recomendado. No Brasil, o único produtor desse soro é o Instituto Butantan. De acordo com o Instituto, ele é indicado no tratamento do envenenamento por escorpião do gênero Tityus (escorpião-amarelo, marrom ou preto), ou por aranhas do gênero Phoneutria (aranha-armadeira) ou Loxosceles (aranha-marrom).

Como prevenir acidentes com aranhas-armadeiras?

Primeiramente é importante destacar que a identificação de uma aranha-armadeira nem sempre é uma tarefa fácil, sendo as espécies do gênero Phoneutria muito semelhantes a espécies de outros gêneros. Assim sendo, o melhor é evitar o contato com qualquer espécie de aracnídeo, sendo fundamental nunca tocá-los.

Para prevenir acidentes, é recomendado: manter jardins e quintais sempre limpos; usar calçados e luvas durante a jardinagem; vedar soleiras de portas e janelas; sacudir roupas e sapatos antes de usá-los; não colocar a mão em troncos, embaixo de pedras e em entulhos sem antes analisar o local.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Aracnídeos

Ciências

Aranhas

Ciências

Aranhas peçonhentas

Ciências

Artrópodes

Últimos artigos

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.

Raposa

Raposa é um nome popular usado para se referir a alguns representantes da família Canidae, a mesma família dos cães e lobos. São animais onívoros e geralmente solitários.