Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Coronavírus

Coronavírus é o nome dado a uma família de vírus que desencadeia doenças respiratórias em humanos e em outras espécies animais. Apesar de serem muito conhecidos por gerar doenças graves, tais como a síndrome respiratória aguda grave e a síndrome respiratória do Oriente Médio, os coronavírus também são responsáveis por resfriados comuns. A seguir, exploraremos mais a respeito dos coronavírus e dos problemas de saúde que eles causam.

Leia também: Diferenças entre covid-19, gripe e resfriado

Características dos coronavírus

Os coronavírus são uma família de vírus relacionada com o desenvolvimento de resfriados e outras síndromes respiratórias mais graves. Recebem esse nome por se assemelharem a uma coroa quando observados no microscópio eletrônico.

São vírus denominados zoonóticos, pois podem ser transmitidos de outros animais para os seres humanos. Vale salientar que a transmissão de coronavírus pode ocorrer também de uma pessoa para outra, como por meio de contato próximo com o paciente e de contato com superfícies contaminadas e posterior contato das mãos com mucosas.

O coronavírus pode ser transmitido de uma pessoa para outra.

Doenças causadas por coronavírus

Os coronavírus causam infecções respiratórias. Entre os problemas mais conhecidos estão o resfriado comum, a síndrome respiratória aguda grave (também chamada Sars), e a síndrome respiratória do Oriente Médio (também chamada Mers).

Além disso, no final do ano de 2019, um novo tipo de coronavírus foi descoberto na China, sendo responsável por uma série de mortes.

Veja, a seguir, algumas das principais características das doenças causadas por esse vírus.

  • Resfriado comum: afeta as vias aéreas superiores e pode ser causado por diferentes vírus, incluindo o coronavírus. Geralmente leva a sintomas como obstrução nasal, coriza, espirro e tosse. Normalmente, as pessoas com resfriado não apresentam febre ou apenas febre baixa.
  • Síndrome respiratória aguda grave (Sars): é muito grave e foi identificada pela primeira vez na China, no ano de 2002. A infecção teve início após contato com gatos selvagens doentes. Essa doença evoluía de maneira muito rápida para insuficiência respiratória e foi responsável por causar a morte de cerca de 800 pessoas. A epidemia foi interrompida em 2003 e, desde 2004, nenhum caso da doença foi registrado.

  • Síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers): foi identificada pela primeira vez no ano de 2012, na Arábia Saudita. A Mers pode ter sido transmitida aos humanos por dromedários, os quais são importantes reservatórios dos vírus. Até 22 de maio de 2014, 204 mortes já haviam sido confirmadas em decorrência doença.
  • Covid-19 (SARS-CoV-2): o vírus foi isolado no dia 7 de janeiro de 2020 e descoberto após uma série de infecções respiratórias sem explicação ocorrerem na China. A covid-19 provoca sintomas como febre, cansaço e tosse seca e pode evoluir para uma síndrome respiratória grave, a qual se destaca pela dificuldade para respirar. A grande maioria das pessoas com covid-19 se recupera bem; outras, no entanto, podem necessitar de internação e até mesmo ventilação mecânica, podendo ir a óbito.
O novo coronavírus foi identificado inicialmente na China.

Sintomas de doenças causadas por coronavírus

As doenças causadas por coronavírus afetam, principalmente, o sistema respiratório. Desse modo, a manifestação delas inclui, geralmente, tosse, dificuldade respiratória, falta de ar e febre. Nas síndromes respiratórias mais graves, o indivíduo pode desenvolver insuficiência renal e até mesmo morrer. Vale destacar que as doenças causadas por coronavírus não apresentam tratamento específico, sendo tratados apenas os seus sintomas.

Leia também: O que é uma pandemia?

Prevenção de doenças causadas por coronavírus

A transmissão de coronavírus pode ocorrer pelo contato com o indivíduo doente ou ainda com animais contaminados. Sendo assim, podemos citar como formas de prevenção:

  • evitar contato com o doente;
  • lembrar-se sempre de lavar as mãos, principalmente se estiver em contato com pessoas doentes;
  • não fazer compartilhamento de objetos de uso pessoal;
  • evitar contato das mãos com as mucosas sem que estejam devidamente higienizadas;
  • evitar locais com aglomerações;
  • manter ambientes bem ventilados;
  • evitar contato com animais doentes;
  • cozinhar bem alimentos, como carnes e ovos;
  • manter distância de cerca de 2 metros de outras pessoas;
  • utilizar máscaras sempre que sair de casa.
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado

Ciências

Diferenças entre gripe e resfriado

Ciências

Febre

Ciências

Gripe H1N1

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.