Qual matéria está procurando ?

Matemática

Matemática

Decomposição em fatores primos

  A decomposição em fatores primos é uma ferramenta muito importante no desenvolvimento matemático, pois, com ela, é possível simplificar expressões numéricas ou algébricas e calcular MDC ou MMC de números inteiros.

A decomposição em fatores primos é um dos resultados mais importantes dentro do campo da álgebra e é conhecida formalmente como Teorema Fundamental da Aritmética, que afirma que todo número inteiro positivo maior que 1 pode ser escrito (ou decomposto) na forma de multiplicação de números primos.

Leia também: Propriedades da multiplicação para cálculo mental

Como fazer a decomposição em fatores primos?

É primordial entender o conceito de número primo, uma vez que vamos utilizá-los para decompor os números inteiros. Vamos aqui fazer uma breve retomada da definição de números primos.

Os números primos são aqueles que apresentam em sua lista de divisores somente o número 1 e eles mesmos.

Para verificarmos se os números 11 e 21 são ou não primos, por exemplo, devemos listar os divisores de ambos os números:

D (11) = {1, 11}

D (21) = {1, 3, 7, 21}

Veja que, ao listar os divisores de 11, aparecem somente o número 1 e ele mesmo, assim o número 11 é primo, o que não se aplica ao número 21, que apresenta mais números além de 1 e 21, portanto o número 21 não é primo.

Os principais números primos que utilizamos para realizar a decomposição são os primeiros, assim, é muito importante que saibamos pelo menos os seguintes primos:

P = {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, …}

A decomposição em fatores primos é uma ferramenta muito poderosa dentro da matemática, uma vez que possibilita a simplificação de expressões algébricas e numéricas. Formalmente, a decomposição em fatores primos é conhecida como Teorema Fundamental da Aritmética, que afirma:

“Todo número inteiro maior que 1 pode ser escrito como sendo uma multiplicação de números primos.”

Além disso, essa decomposição é única para cada número, ou seja, ao decompor o número 12, por exemplo, ele será o único com tal fatoração. O número que admite uma decomposição é chamado de composto.

  • Como decompor um número composto?

Para decompor um número composto, devemos realizar divisões sucessivas por números primos – isso se a divisão for possível – até que o quociente seja igual a 1. No final, devemos escrever os números primos utilizados em forma de multiplicação (forma fatorada). Veja os exemplos a seguir:

  • Exemplo 1

Escreva o número 24 na forma fatorada.

Para escrever o número 24 na forma fatorada, devemos dividi-lo pelo primeiro número primo que seja possível, ou seja, dividir o número 24 por um número primo no qual a divisão seja exata.

Utilizando o algoritmo da divisão, vamos dividir o 24 por 2.

O quociente encontrado agora foi o número 12, então devemos dividi-lo novamente pelo primeiro número primo cuja divisão seja exata, ou seja, por 2.

Devemos continuar esse processo até que o quociente seja igual a 1. Observe que agora o quociente é igual a 6, logo podemos dividi-lo por 2, pois o número 2 é o primeiro número primo no qual a divisão ainda é possível.

Note que o quociente agora é igual a 3, portanto não é possível dividi-lo por 2. Nesses casos, vamos dividi-lo pelo próximo número primo cuja divisão seja exata, ou seja, por 3.

Como o quociente é igual a 1, a decomposição chegou ao fim, basta agora escrever os números primos (que estão dentro da chave) em forma de produto. Veja:

24 = 2 · 2 · 2 · 3

24 = 23 · 3

Veja que escrevemos o número 24 em forma de produto. Isso significa que fatoramos o número 24 utilizando números primos.

  • Exemplo 2

Escreva o número 25 em sua forma fatorada.

Nesse exemplo, vamos utilizar novamente o algoritmo da divisão, mas vamos escrevê-lo de maneira diferente, veja:

25 = 5 · 5 + 0

5 = 5 · 1 + 0

O número 25, na forma fatorada, é:

25 = 5 ·5

25 = 52

Leia também: Critérios de divisibilidade – processos que facilitam a operação de divisão

Método prático para realizar a decomposição em fatores primos

Observando o método anterior, se o número a ser fatorado for muito grande, como o número 1024, teremos algo bastante trabalhoso, pois serão necessárias sucessivas divisões por números primos até que o quociente seja igual a 1.

O método que veremos a seguir nada mais é do que uma simplificação da divisão. Em vez de escrever todos os elementos da divisão (divisor, dividendo, quociente e resto), vamos colocar somente o número primo pelo qual vamos dividir o número a ser fatorado e o quociente da divisão. Veja os exemplos:

  • Fatorando o número 60

Para fatorar o número 60, vamos seguir o mesmo passo a passo, mas vamos escrever somente o quociente da divisão (ou seja, o resultado) e o número primo pelo qual vamos dividir o número 60.

Veja que, ao dividir o 60 por 2, o resultado é 30 e, ao dividir o número 30 por 2, o resultado é 15, e assim sucessivamente até que o resultado da divisão seja igual a 1. O processo continua o mesmo, a única diferença está na simplificação de informações.

O número 60, em sua forma fatorada, é:

60 = 2 · 2 · 3 ·5

60 = 22 · 3 · 5

Todo número pode ser escrito na forma fatorada.

Exercícios resolvidos

Questão 1 – Decomponha em fatores primos o número 192.

Resolução

O número 192, em sua forma decomposta, é:

192 = 2 · 2 · 2 · 2 · 2 · 2 · 3

192 = 26 · 3

Questão 2 – Considere os números p e q tais que p = 25 · 5 e q = 32. Determine a razão entre q e p.

Resolução

A razão entre dois números é a divisão entre eles. Sempre devemos obedecer à ordem em que eles foram dados para fazer a divisão de q por p. Antes de realizar a divisão de fato, vamos fatorar o número q, buscando uma forma de simplificar o cálculo.

Temos que q = 32, logo podemos escrevê-lo desta forma:

q = 2 · 2 · 2 · 2 · 2

q = 25

Agora como fatoramos o número q, podemos montar a razão entre q e p e substituir os valores.

Por Robson Luiz

Você pode se interessar também

Matemática

Mínimo múltiplo comum (MMC)

Matemática

Propriedade distributiva da multiplicação (chuveirinho)

Matemática

Números Primos

Matemática

Máximo Divisor Comum

Últimos artigos

O que é patrimônio cultural?

Patrimônio cultural é qualquer objeto da cultura material e imaterial que é importante para a cultura de nossa sociedade e que, por isso, é preservado.

Embaixo ou em baixo: junto ou separado?

“Embaixo” é um advérbio de lugar e indica a localização de algo, enquanto “em baixo” é, na verdade, a junção de uma preposição com um adjetivo.

22 de abril – Dia da Terra

O Dia da Terra é comemorado em 22 de abril e é um momento para refletirmos sobre o modo como nos relacionamos com o nosso planeta e que atitudes devemos adotar.

Combustíveis fósseis

Combustíveis fósseis são fontes de energia originadas da decomposição de plantas e animais soterrados ao longo de milhares de anos. São úteis para a produção energética.