Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Sistema Solar

O Sistema Solar constitui o conjunto de corpos celestes localizado no braço externo da Via Láctea, tendo como seu astro principal o Sol. Esses corpos celestes não são apenas os planetas mas também seus satélites, corpos congelados como cometas, asteroides, meteoroides, planetas anões, entre outros. Os planetas que formam o Sistema Solar orbitam ao redor da estrela central, o Sol, sendo então classificados segundo a ordem de afastamento dessa estrela e suas respectivas composições.

 

Leia também: Atmosfera terrestre — composição, função, camadas

Planetas do Sistema Solar

O Sistema Solar é formado não só por planetas e o Sol mas também por corpos celestes, como cometas e asteroides.

Atualmente o Sistema Solar é formado por oito planetas que são, segundo a União Astronômica Internacional, corpos celestes que se encontram orbitando o Sol. Esses corpos possuem massa suficiente para garantir que a sua gravidade possibilite que tenham uma forma arredondada, conhecida como forma de equilíbrio estático.

→ Ordem dos planetas em relação ao Sol

Os planetas estão em ordem segundo a sua proximidade em relação ao Sol:

Sol

Mercúrio

Vênus

Terra

Marte

Júpiter

Saturno

Urano

Netuno

→ Características dos planetas do Sistema Solar 

O Sistema Solar é composto por oito planetas ordenados segundo o Sol.

As características dos planetas do Sistema Solar variam conforme seu processo de formação e seu distanciamento do Sol. Portanto, distinguem-se em sua composição, tamanho, localização, temperatura, e presença ou não de satélites. Confira a seguir as principais características de cada planeta:

  • Mercúrio

- Planeta rochoso mais próximo ao Sol, estando a 57.910.000 km de distância.

- É o menor dos planetas do Sistema Solar.

- A temperatura pode atingir 550 °C em sua superfície.

- Composto por basaltos e silicatos.

- Não possui satélites.

- Atmosfera composta por hélio e hidrogênio em menor quantidade.

  • Vênus

- Planeta rochoso conhecido como Estrela Dalva, bastante visível a olho nu.

- Encontra-se a 108.200.000 km do Sol.

- Temperatura pode alcançar 460°C.

- Constituído por silicatos e basaltos.

- Não possui satélites naturais.

- Atmosfera composta por nitrogênio, gás carbônico e vapor d'água.

- É o planeta em que vivemos e o único que apresenta condições favoráveis para a existência de vida.

- Encontra-se a 149.600.000 km do Sol.

- A temperatura média no planeta é de 14°C.

- Constituído por silicatos e basaltos.

- Possui um satélite natural, a Lua.

- Atmosfera composta por nitrogênio, oxigênio, vapor d'água e outros gases.

Leia mais: Nuvens — conheça os aspectos mais importantes desses aglomerados

  • Marte

- Planeta rochoso conhecido como Planeta Vermelho, devido a sua coloração avermelhada advinda de seu solo rico em silício e ferro.

- Encontra-se a 227.940.000 km do Sol.

- A temperatura em Marte varia entre -76°C e -10°C.

- Constituído por silicatos e basaltos.

- Possui dois satélites naturais.

- Atmosfera composta por gás carbônico, nitrogênio, monóxido de carbono e vestígios de oxigênio.

  • Júpiter

- Planeta gasoso considerado o maior do Sistema Solar.

- Encontra-se a 778.330.000 km do Sol.

- A temperatura no planeta pode chegar a -100°C.

- Constituído por gases, como hidrogênio, hélio e metano.

- Possui seis satélites naturais.

  • Saturno

- Planeta gasoso conhecido por seus anéis compostos por gelo.

- Encontra-se a 1.429.400.000 km do Sol.

- A temperatura no planeta pode chegar a -140°C.

- Constituído por gases como hidrogênio, hélio e metano.

- Possui 18 satélites naturais.

  • Urano

- Planeta gasoso, considerado o terceiro maior do Sistema Solar.

- Encontra-se a 2.880.990.000 km do Sol.

- Temperatura no planeta pode chegar a -200°C.

- Constituído por gases como hidrogênio, hélio e metano.

- Possui cerca de 27 satélites naturais.

  • Netuno

- Planeta gasoso de cor azulada devido à presença de metano, é o último do Sistema Solar.

- Encontra-se a 4.504.300.000 km do Sol.

- Temperatura no planeta pode atingir -218°C.

- Constituído por gases, como hidrogênio, hélio e metano.

- Possui cerca de 13 satélites naturais.

  • Plutão

Plutão deixou de ser considerado um planeta e foi “rebaixado” à categoria de planeta anão.

Até o ano de 2006, Plutão compunha o conjunto de planetas do Sistema Solar. A partir desse ano, a União Astronômica Internacional, que regula as definições, nomenclaturas e classificações na astronomia, anunciou uma nova definição para a palavra planeta. Essa mudança decorreu das novas descobertas astronômicas a respeito da existência de corpos celestes que se assemelhavam a Plutão.

Sendo assim seria necessário aumentar o número de planetas do Sistema Solar ou criar uma nova classificação para esses corpos. A UAI então apresentou, juntamente à definição de planeta, a definição de planeta anão, como agora é classificado Plutão e os demais corpos celestes com características semelhantes. Atualmente o Sistema Solar é, portanto, composto por oito planetas e cinco planetas anões:

  • Ceres
  • Plutão
  • Éris
  • Haumea
  • Makemake

Veja mais: Como é o centro da Terra?

→ Classificação dos planetas

A classificação dos planetas é feita com base na sua composição e proximidade do Sol. Há os planetas de maior densidade e os planetas de baixa densidade, sendo, então, classificados da seguinte maneira:

  • Planetas rochosos, interiores, telúricos ou terrestres

Planetas rochosos são os planetas de maior densidade e os mais próximos do Sol. Basicamente constituem-se de rochas e metais pesados, como o ferro. São eles: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.

  • Planetas gasosos, exteriores, jovianos ou gigantes

Planetas gasosos são os planetas de menor densidade e os mais distantes do Sol. Constituem-se de gases, como hidrogênio, hélio gasoso, metano e dióxido de carbono. São eles: Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Sol

O Sol é a estrela central do Sistema Solar. Considerado uma estrela média, o Sol tem diâmetro de, aproximadamente, 1,39 bilhão de km (109 vezes maior que a da Terra), e sua massa é cerca de 332.900 vezes maior do que a do nosso planeta. Basicamente a estrela é formada por hidrogênio (aproximadamente 90%) e hélio (9%). O Sol é composto por:

  • Fotosfera: é a parte visível do Sol que emite luz propagada no espaço, podendo ser notado o fenômeno conhecido como mancha solar.
  • Núcleo: é a parte central do Sol que concentra, aproximadamente, metade da massa total da estrela. A temperatura nesse região atinge cerca de 15.000.000°C.
  • Cromosfera: é uma camada estreita, rarefeita e não visível do Sol. A temperatura dessa região varia conforme o afastamento do núcleo.
  • Coroa solar: é a parte mais externa do Sol, acima da fotosfera, podendo ser observada apenas em eclipses totais.

Origem do Sistema Solar

Muitas teorias apontam que o Sistema Solar formou-se a partir do colapso de uma nebulosa.
Muitas teorias apontam que o Sistema Solar formou-se a partir do colapso de uma nebulosa.

Há diversas teorias a respeito da origem do Sistema Solar, portanto não há um consenso a respeito desse assunto. Muitos estudiosos acreditam que esse se formou há, aproximadamente, 4,7 bilhões de anos. A teoria que mais satisfaz a comunidade astronômica é conhecida como a Teoria da Nebulosa Solar, formulada, em 1644, por René Descartes e reformulada, em 1775, por Immanuel Kant e, posteriormente, em 1796, por Pierre-Simon de Laplace.

A Teoria da Nebulosa Solar acredita que a formação do Sol deu-se por meio da rotação de uma nuvem que, ao sofrer contração, influenciada pela gravidade, entrou em colapso devido à elevada velocidade em que se encontrava. Esse colapso deu origem, por meio da concentração central da nebulosa, ao Sol. Já os planetas resultaram das partículas remanescentes da nuvem molecular em colapso.

A reformulação da teoria acrescenta que os planetas formaram-se nas regiões mais distantes do centro da nebulosa que deu origem ao Sol. Nessas regiões a temperatura era menor, as substâncias voláteis sofreram condensação, ao passo que, nas regiões de maior temperatura, essas substâncias  perderam-se, permitindo então a classificação dos planetas em rochosos e gasosos.

Astros do Sistema Solar

Além dos planetas e do Sol, o Sistema Solar é formado por outros corpos celestes. Estes, segundo a UAI, são conhecidos como Pequenos Corpos do Sistema Solar. São eles:

 

 

 

 

 

Cometas

Corpos celestes formados por uma parte sólida (núcleo), gelo e impurezas. Ao aproximar-se do Sol, esse gelo sofre evaporação e grãos de poeira ejetam-se, provocando reflexão da luz solar. Isso explica o aspecto brilhoso dos cometas. Na medida em que se deslocam, apresentam uma cauda, que nada mais é que um prolongamento da nuvem de gás e poeira refletindo a luz. Os cometas são irregulares e muitas vezes extensos.

 

 

 

Asteroides

Corpos celestes cujo brilho não é constante, dada a capacidade de reflexão da luz solar. Esses corpos possuem movimento próprio. Mais de 3000 asteroides foram catalogados, e a maioria desses apresenta órbitas elípticas, encontrando-se no cinturão de asteroides (entre Júpiter e Marte). Poucos são os asteroides que apresentam dimensões superiores a 240 km.

 

 

 

 

Meteoros / meteoroides / meteoritos

Meteoros, meteoroides e meteoritos não são definidos da mesma maneira. Meteoro, ao contrário do que muitos acreditam, é o fenômeno luminoso que pode ser observado  enquanto um meteoroide passa na atmosfera. Os meteoroides são os restos de cometas ou fragmentos provenientes de asteroides. Os meteoritos são meteoroides que não se perderam ao adentrar a atmosfera terrestre, conseguindo então atingir a superfície da Terra.

Desenho para colorir

Sistema Solar para colorir.
Sistema Solar para colorir.

*Para baixar a imagem em PDF, clique aqui!

Por Rafaela Sousa

Você pode se interessar também

História

Sputnik, o primeiro satélite artificial da Terra

Geografia

Os Planetas

Geografia

Sol

Geografia

Planetas gasosos

Últimos artigos

Comparação

A comparação é a figura de linguagem que estabelece uma analogia entre dois elementos por meio de conectivos e expressões que explicitam o paralelo feito.

Alexandre, o Grande

Alexandre, o Grande foi um dos grandes nomes da Antiguidade, sendo rei da Macedônia por 13 anos, período em que conseguiu expandir seu império até a Índia.

Verbos regulares

Verbos regulares não sofrem alterações no radical e seguem uma estrutura básica nas flexões. São classificados em três conjugações: terminados em –ar, –er e –ir.

O que é patrimônio cultural?

Patrimônio cultural é qualquer objeto da cultura material e imaterial que é importante para a cultura de nossa sociedade e que, por isso, é preservado.