Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Vegetação

Vegetação é o conjunto de formações de plantas presentes na superfície terrestre. Alguns de seus tipos são a Tundra, a Taiga, a Floresta Temperada e a Floresta Tropical.

Imagem mostrando os principais tipos de vegetação do mundo e do Brasil. Vegetação é o conceito que reúne a diversidade de espécies de plantas que são registradas ao redor do mundo.

Vegetação é o conjunto de espécies de flora que habitam a superfície terrestre. Os tipos de vegetação variam conforme as características do clima, relevo e solo. Há diversos tipos de vegetação em nível mundial, como formações rasteiras e florestais. Os principais tipos de vegetações mundiais são Tundra, Taiga, Floresta Temperada, Floresta Tropical, Estepes, Pradarias, Vegetações Mediterrâneas e Vegetações Desérticas. No Brasil, destacam-se as vegetações dos seis grandes biomas do país: Floresta Amazônica, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa.

A vegetação é muito importante para a proteção dos recursos naturais. Ela está intimamente ligada às atividades econômicas, como a agropecuária, e ainda influencia de forma direta os agentes naturais, como a temperatura e a precipitação.

Leia também: Fauna e flora — o que são?

Resumo sobre vegetação

  • A vegetação é o conjunto de espécies de flora que habitam a superfície terrestre, como, por exemplo, as formações de florestas e de campos.

  • A vegetação mundial é bastante heterogênea, especialmente em razão da influência de diferentes condicionantes geográficos, como o clima, o relevo e o solo.

  • São exemplos de vegetações mundiais: Tundra, Taiga, Floresta Temperada, Floresta Tropical, Estepes, Pradarias, Vegetações Mediterrâneas e Vegetações Desérticas.

  • Os principais agrupamentos de vegetações brasileiras são: Floresta Amazônica, Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa.

  • A vegetação é de grande importância para os ambientes terrestres, uma vez que ela cumpre função ecológica e ambiental.

  • A vegetação está fortemente relacionada com a agricultura, pois muitas plantas são cultivadas por meio dela.

  • A vegetação, o clima e o solo são a base dos sistemas ambientais.

O que é vegetação?

A vegetação é o conjunto de espécies de flora que habitam a superfície terrestre. Portanto, esse conceito reúne a diversidade de espécies de plantas que são registradas ao redor do mundo, conforme suas características geográficas e biológicas. A diversidade vegetacional mundial depende de fatores geográficos importantes, como o clima, o relevo e o solo.

Tipos de vegetação

A vegetação mundial é bastante heterogênea, especialmente em razão da influência de diferentes condicionantes geográficos. Os pontos a seguir enumeram as principais características das grandes vegetações mundiais.

Tundra

A Tundra é a vegetação típica das zonas de maior latitude do mundo.

A Tundra é a vegetação que ocorre nas porções de maior latitude do globo, logo cobre principalmente áreas de clima polar. Ela é caracterizada por grandes campos de vegetações rasteiras que permanecem congeladas boa parte do ano. A Tundra sofre forte influência da altitude e da latitude terrestre. Para saber mais sobre a Tundra, clique aqui.

Taiga

A Taiga é a vegetação que cobre regiões de clima frio do planeta.

A Taiga é o tipo vegetacional que cobre regiões de clima frio do planeta. Ela é caracterizada pela presença de árvores homogêneas, de grande porte e em formato de cone, que são muito resistentes à ocorrência de neve. A Taiga também é conhecida como Floresta Boreal ou ainda Floresta das Coníferas. Para saber mais sobre a Taiga, clique aqui.

Floresta Temperada

A Floresta Temperada é a vegetação que cobre regiões geográficas de média latitude.

A Floresta Temperada cobre principalmente as faixas de clima temperado do planeta, ou seja, regiões geográficas de média latitude. Essa vegetação é fortemente influenciada pelas estações do ano, além de ser formada por árvores heterogêneas que registram queda das folhas durante o inverno.

Floresta Tropical

A Floresta Tropical é a vegetação típica das faixas tropicais do globo.

A Floresta Tropical é o tipo florestal típico das faixas tropicais do globo. Ela ocorre em zonas de clima quente e úmido nas faixas de latitude mais baixa do planeta. A Floresta Tropical apresenta uma vegetação densa, com grande número de espécies por hectare, além de ampla biodiversidade.

Estepes

As Estepes são vegetações que ocorrem em zonas de clima mais seco.

As Estepes ocorrem em zonas de clima mais seco, comumente regiões áridas, com registro de amplitude térmica elevada e escassez de chuvas volumosas. As Estepes são vegetações formadas por vastos campos de gramíneas e arbustos que possuem certa homogeneidade vegetal e pequeno volume de espécies.

Pradarias

As Pradarias são vegetações que estão associadas ao clima subtropical.

As Pradarias são vegetações associadas ao clima subtropical, portanto ocorrem em zonas mais úmidas e frias, com estações do ano muito bem definidas. As Pradarias são formadas por um conjunto de gramíneas e arbustos que cobrem grandes extensões de relevo levemente ondulado formando campos.

Vegetação Mediterrânea

A Vegetação Mediterrânea é a vegetação que ocorre ao longo do mar Mediterrâneo.

A Vegetação Mediterrânea ocorre ao longo do mar Mediterrâneo, que banha parte do litoral europeu, africano e asiático. A vegetação local é bastante seca, formada por espécies de maquis e garrigues, que são espécies de plantas arbustivas que são muito suscetíveis às queimadas.

Vegetação Desértica

A Vegetação Desértica é a vegetação que ocorre nos desertos que existem ao longo do planeta.

A Vegetação Desértica ocorre de modo associado aos desertos do planeta, portanto em regiões de clima predominantemente mais seco e com registro de elevadas amplitudes térmicas. Esse tipo de vegetação é composto por poucas espécies de gramíneas e arbustos que são bastante resistentes à escassez de água.

Tipos de vegetação do Brasil

As características da vegetação do Brasil ocorrem em razão do quadro geográfico do território do país, marcado pela grande diversidade de espécies e pela existência de vários tipos de clima, além de características distintas de rochas, solos e relevos. Desse modo, a vegetação do Brasil é comumente classificada em seis grandes tipos.

Floresta Amazônica

A Floresta Amazônica é um tipo de vegetação que ocorre especialmente na porção norte do Brasil.

Essa cobertura vegetacional ocorre especialmente na porção norte do Brasil, então trata-se de uma Floresta Equatorial. A Floresta Amazônica é caracterizada pela presença de uma vegetação densa, formada por espécies altas e lenhosas, com grande diversidade vegetal. Ela está situada em uma zona de clima equatorial, com registro de elevadas temperaturas e volumosas chuvas. A Floresta Amazônica possui grandes reservas de recursos naturais, hídricos e minerais. Para saber mais sobre a Floresta Amazônica, clique aqui.

Caatinga

A Caatinga é um tipo de vegetação que está localizado especialmente nos estados da região Nordeste do Brasil.

Esse tipo de vegetação está localizado especialmente nos estados da região Nordeste do Brasil. Ela é caracterizada pela presença de uma vegetação do tipo xerófila, ou seja, bastante resistente à seca. A vegetação da Caatinga é formada por árvores e arbustos de pequeno porte, com troncos e galhos tortuosos, além de raízes profundas. O clima local é tipicamente semiárido, assim registra altas temperaturas e poucas chuvas. A Caatinga é muito rica em espécies vegetais e possui um solo muito fértil. Para saber mais sobre a Caatinga, clique aqui.

Cerrado

O Cerrado é um tipo de vegetação que ocorre especialmente na porção central do Brasil.

Essa cobertura de vegetação ocorre especialmente a porção central do Brasil, com destaque para a região Centro-Oeste. A vegetação do Cerrado é espaçada, formada por arbustos e árvores de médio porte, além de conter muitas espécies endêmicas. O clima do Cerrado é tipicamente tropical, com duas estações bem definidas, portanto as espécies de plantas locais são resistentes ao período de seca na região. A vegetação de Cerrado do Brasil é comumente associada às savanas presentes na África. Para saber mais sobre o Cerrado, clique aqui.

Mata Atlântica

A Mata Atlântica é um tipo de vegetação que ocorre principalmente ao longo da faixa litorânea brasileira.

Esse tipo vegetacional ocorre principalmente ao longo da faixa litorânea brasileira, com destaque para os estados da porção centro-sul do país. A Mata Atlântica é uma floresta bastante densa e úmida. Ela registra elevados níveis pluviométricos ao longo do ano e possui ampla umidade relativa do ar. O solo e o relevo dessa vegetação são uma importante reserva de água. A Mata Atlântica ocorre em regiões de morros e serras, sendo fortemente influenciada pela altitude dessas regiões geográficas. Para saber mais sobre a Mata Atlântica, clique aqui.

Pantanal

O Pantanal é um tipo de vegetação que ocorre na porção Centro-Oeste do Brasil.

Essa cobertura vegetal é registrada na porção Centro-Oeste do Brasil, com destaque para os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A vegetação do Pantanal é formada por vastos campos e florestas com presença de muitas espécies endêmicas. As plantas locais são influenciadas pelo regime de cheias que ocorre nesse bioma durante o período mais chuvoso do ano. A presença de um clima quente e a elevada disponibilidade de água resultam em uma grande biodiversidade de espécies. Para saber mais sobre o Pantanal, clique aqui.

Pampa

O Pampa é um tipo de vegetação que ocorre especificamente no estado do Rio Grande do Sul.

Essa cobertura vegetacional ocorre especificamente no estado do Rio Grande do Sul, portanto na região Sul do Brasil. O Pampa é formado especialmente por espécies de gramíneas e arbustos que cobrem vastas regiões de relevo suave conhecidas como os campos de pradarias brasileiros. O clima do Pampa é tipicamente subtropical, portanto há uma boa distribuição das chuvas ao longo do ano e um registro de médias termais bastante amenas. O Pampa possui grande diversidade de espécies de animais e de plantas. Para saber mais sobre o Pampa, clique aqui.

Importância da vegetação

A vegetação é de grande importância para os ambientes terrestres, visto que ela cumpre uma grande função ecológica e ambiental dentro da lógica da biosfera do planeta. Nesse contexto, a vegetação fornece alimentos e recursos para as populações, protege os recursos pedológicos e hídricos, contribui para o fornecimento de nutrientes para o solo, cobre parte significativa das formas de relevo, regula os aspectos físicos do clima, influencia na geração de oxigênio para os seres vivos e serve como habitat para diferentes espécies de animais.

Relação entre a vegetação e a agricultura

A vegetação possui uma íntima relação com a agricultura, uma vez que muitas plantas são utilizadas para o fornecimento de recursos para as populações, assim são cultivadas por meio da agricultura. As práticas agropecuárias, no geral, fornecem produtos alimentícios e matérias-primas para as sociedades, sendo importantes para o desenvolvimento das atividades produtivas. Ademais, a vegetação contribui ainda para a manutenção de recursos naturais, como água e solo. Sendo assim, é de suma importância para manter a produtividade no campo e possibilitar a prática da agricultura.

Relação entre a vegetação, o clima e o solo

A vegetação, o clima e o solo são importantes pilares dentro da lógica dos sistemas ambientais. A vegetação tem o potencial de regular as temperaturas e contribuir para as chuvas, portanto é um fator climático importante, que possui potencial de influenciar em questões climáticas diversas. Além de proteger o solo, a vegetação também auxilia na infiltração da água para o subsolo, portanto tem grande atuação em termos dos processos pedológicos que ocorrem na crosta terrestre. A vegetação também influencia diretamente agentes naturais como a temperatura e a precipitação, além de processos como a erosão e o intemperismo.

Fontes

COSTA, A. G. Galeria: conheça os seis biomas brasileiros e saiba em que região se apresentam. CNN Brasil, 2021. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/biomas-brasileiros/.

GOVERNO DO BRASIL. Biomas. Ministério do Meio Ambiente, [s.d.]. Disponível em: https://antigo.mma.gov.br/biomas.html.

IBGE. Vegetação. IBGE, [s.d.]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/geociencias/informacoes-ambientais/vegetacao.html.

IBGE. Vegetação. IBGE, [s.d.]. Disponível em: https://atlasescolar.ibge.gov.br/images/atlas/mapas_mundo/mundo_vegetacao.pdf.

IBGE. Biomas brasileiros. IBGE Educa Jovens, c2023. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/territorio/18307-biomas-brasileiros.html.

Por Mateus Campos

Você pode se interessar também

Datas Comemorativas

21 de março - Dia Internacional das Florestas

Geografia

Amazônia

Geografia

Bioma

Geografia

Bioma Pampa

Últimos artigos

Folclore brasileiro

O folclore brasileiro é o rico conjunto de manifestações de nossa cultura. Mitos, lendas, danças, músicas, brincadeiras e festas populares fazem parte dele.

El Niño

O El Niño é um fenômeno descrito pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico, provocando chuvas volumosas no Sul do Brasil e secas severas no Norte e no Nordeste.

Bicho-papão

Bicho-papão é uma lenda presente no folclore brasileiro que fala de um monstro que sequestra e devora crianças desobedientes. Foi influência portuguesa em nossa cultura.

Queda da Bastilha

A queda da Bastilha foi um acontecimento marcante que se passou em 14 de julho de 1789, marcando o início da Revolução Francesa.