Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Sistema endócrino

O sistema endócrino é formado por glândulas e tecidos responsáveis por liberar substâncias conhecidas como hormônios. Estes são lançados diretamente na corrente sanguínea e atuam em partes específicas do corpo. Nesses locais, eles interagem com o tecido ou órgão, desencadeando uma resposta específica.

Os hormônios produzidos pelo sistema endócrino são extremamente importantes para o organismo, estando relacionados, por exemplo, com o crescimento do corpo, desenvolvimento sexual, controle de glicose no sangue, entre outras funções.

Leia também: Sistema digestório — o sistema responsável pela absorção de nutrientes

O que são glândulas?

As glândulas são estruturas responsáveis por secretar substâncias em nosso corpo. Podemos classificá-las em três tipos:

  • exócrinas;

  • endócrinas; e

  • mistas.

As glândulas exócrinas são aquelas que apresentam ductos e produzem secreções que são lançadas na superfície do corpo ou no interior de cavidades. Essas glândulas, como a sudorípara e a sebácea, não fazem parte do sistema endócrino. As glândulas endócrinas não apresentam ductos e lançam suas secreções no sangue, o qual é responsável por transportar essas secreções até o local de ação. As substâncias secretadas pela glândula endócrina são denominadas de hormônios. As glândulas mistas, por sua vez, são aquelas que apresentam uma porção endócrina e uma porção exócrina.

Observe a representação das glândulas endócrinas e exócrinas.

O que são hormônios?

Os hormônios são substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas. Eles podem ser considerados reguladores corporais que atuam a longas distâncias, uma vez que circulam pelo sangue até o local onde exercem seu papel. Cada hormônio se liga a receptores específicos no nosso corpo, o que faz com que, mesmo que essa substância circule por todo o organismo, ela atue apenas em seu local de ação. Geralmente os hormônios são liberados em concentrações muito baixas. Para saber mais sobre essas importantes substâncias, leia: Hormônios.

Principais glândulas do sistema endócrino

A seguir listamos algumas das glândulas endócrinas presentes no nosso corpo e as principais substâncias por elas produzidas.

Observe onde estão localizadas as diferentes glândulas que compõem o sistema endócrino.
  • Glândula pineal: responsável pela síntese de melatonina, hormônio que atua na regulação do sono.

  • Hipotálamo: produz diferentes hormônios que atuam estimulando ou inibindo a secreção de hormônios pela hipófise. Além disso, sintetiza dois importantes hormônios que são posteriormente estocados na hipófise: a ocitocina e o hormônio antidiurético (ADH). A ocitocina relaciona-se com a contração do útero no momento do parto e liberação do leite pelas glândulas mamárias, e o ADH está relacionado com a reabsorção de água nos rins.

  • Hipófise: produz diferentes hormônios, como o hormônio do crescimento, a prolactina, o hormônio folículo-estimulante e o hormônio luteinizante. O hormônio do crescimento é responsável pelo crescimento do corpo e algumas funções metabólicas. A prolactina está relacionada com a produção de leite pelas glândulas mamárias. Os hormônios folículo-estimulante e luteinizante atuam nas gônadas (ovários e testículos).

  • Tireoide: produz a tiroxina (T4) e a tri-iodotironina (T3), dois hormônios relacionados com o metabolismo. A tireoide também produz calcitonina, que promove a deposição de cálcio nos ossos, diminuindo a concentração de cálcio no sangue.

  • Paratireoide: produz o paratormônio, um hormônio que faz com que os níveis de cálcio elevem-se no sangue.

  • Suprarrenais: um dos principais hormônios produzidos pela suprarrenal é a adrenalina, que está relacionada com situações de estresse. Uma das ações desse hormônio é o aceleramento dos batimentos cardíacos, uma forma de preparar o corpo para situações de perigo, promovendo uma maior circulação do sangue.

  • Pâncreas: é uma glândula mista que produz dois hormônios importantes (a insulina e o glucagon) e também o suco pancreático, o qual não contém hormônios. A insulina e o glucagon controlam a quantidade de açúcar no sangue e possuem ações opostas. A insulina atua diminuindo o nível de glicose no sangue, enquanto o glucagon atua aumentando esses níveis.

  • Testículo: produz testosterona, hormônio que está ligado ao surgimento dos caracteres sexuais secundários masculinos e atua na produção dos espermatozoides.

  • Ovário: produz estrógeno e progesterona, hormônios que atuam no ciclo menstrual. O estrógeno também está relacionado com o desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários femininos.

Leia também: Noradrenalina — hormônio ligado ao controle da ansiedade e aprendizado

A importância do sistema endócrino

O sistema endócrino é o sistema responsável por garantir a liberação dos hormônios em nosso corpo, os quais apresentam a função de regular os diversos processos que ocorrem no organismo. Essas substâncias são essenciais para o funcionamento do corpo e desenvolvimento do indivíduo, atuando desde o metabolismo até o nosso crescimento e reprodução. Juntamente com o sistema nervoso, o sistema endócrino, atua, portanto, na regulação e controle das funções do organismo.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Corpo humano

Ciências

Corpo humano

Ciências

Glândulas

Ciências

Hormônios

Últimos artigos

Tratado de Tordesilhas

Tratado de Tordesilhas foi assinado entre Portugal e Castela (Espanha) e determinava a divisão das terras que poderiam ser encontradas durante as Grandes Navegações.

Fruta

Fruta é um termo sem valor científico usado para se referir a frutos e frutos acessórios que possuem suco, apresentam sabor adocicado e aroma característico.

Coelho

O coelho é um animal pertencente à família Leporidae, a mesma das lebres. Coelhos destacam-se por possuírem orelhas e pernas grandes, além do corpo recoberto por pelos.

Medusa

Medusa era uma górgona, isto é, um monstro que possuía serpentes no lugar dos cabelos, e era conhecida por transformar em pedra todos que olhavam para o seu rosto.