Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Epiglote

Epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula. Essa válvula se fecha durante o ato de engolir, impedindo que o alimento entre na via respiratória.

Ilustração da localização da epiglote no corpo humano A epiglote se estende da laringe em direção à faringe.

A epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma válvula, impedindo que alimentos e outros corpos estranhos sigam para o sistema respiratório no momento da deglutição. Quando o alimento ou outro corpo estranho entra no sistema respiratório, engasgamos. Esse processo garante que esse corpo estranho seja expelido e que o indivíduo possa respirar adequadamente.

O engasgo é considerado uma emergência, uma vez que pode fazer com que a pessoa tenha a passagem de ar bloqueada, causando asfixia e, em alguns casos, a morte.

Leia mais: Corpo humano — é capaz de realizar diversas funções graças às complexas estruturas que possui

O que é epiglote?

A epiglote é uma estrutura cartilaginosa que se estende da laringe à faringe. Ela tem a forma de uma folha e está ligada à borda superior da cartilagem tireoide. É importante não confundir epiglote com glote. A glote é o nome dado ao espaço entre as duas pregas vocais.

Qual a função da epiglote?

Observe que, durante a deglutição, a epiglote impede que o alimento siga para o sistema respiratório. Quando isso ocorre, engasgamos.

A epiglote é uma estrutura cartilaginosa que atua como uma espécie de válvula. Durante o ato de engolir o alimento (deglutição), essa válvula se fecha e impede que o alimento siga em direção à via respiratória. Quando estamos respirando, no entanto, a válvula se abre, permitindo o fluxo adequado de ar.

Leia mais: Nariz — estrutura cartilaginosa também muito importante para nossa respiração

O que é engasgo?

O engasgo nada mais é que uma manifestação do nosso organismo para expelir um corpo estranho das vias respiratórias. Quando nos alimentamos, por exemplo, e o alimento “segue para o caminho errado” durante o ato de engolir, engasgamos.

O engasgo pode ser bastante perigoso, uma vez que nem sempre consegue garantir que o corpo estranho seja expelido das vias respiratórias. Nessas situações, uma pessoa pode ter asfixia, ficar inconsciente e até mesmo morrer. É necessário, portanto, que a pessoa seja socorrida rapidamente.

Quando se fala em socorro em caso de engasgo, uma das técnicas para tanto é a manobra de Heimlich. Para realizá-la, é importante que a pessoa que fará o socorro se posicione atrás da vítima e passe os braços ao redor do abdome dela.

É importante manter uma das mãos fechadas sobre a região da boca do estômago, e a outra mão comprimirá a primeira. Ao mesmo tempo, a pessoa deve empurrar a boca do estômago no sentido para dentro e para cima. O movimento deve ser repetido até que o corpo estranho seja eliminado. Veja a figura abaixo.

Em casos de engasgo, uma das técnicas para socorrer a vítima é a manobra de Heimlich.

É importante destacar que dar palmadas nas costas da pessoa que está engasgada é um mito. A técnica não ajudará a pessoa a se desengasgar e pode fazer com que o socorro correto seja adiado, o que pode colocar a vida dela em risco.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Primeiros socorros

Ciências

Sistema digestório

Ciências

Sistema digestório

Ciências

Sistema respiratório

Últimos artigos

Alvéolos pulmonares

Alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas e são onde ocorrem as trocas gasosas. São os responsáveis pelo aspecto esponjoso do pulmão.

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.

Raposa

Raposa é um nome popular usado para se referir a alguns representantes da família Canidae, a mesma família dos cães e lobos. São animais onívoros e geralmente solitários.