Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Sistema urinário

O sistema urinário, também chamado de aparelho urinário, é o sistema do corpo humano responsável por retirar, do nosso organismo, as substâncias tóxicas e que estão em excesso. Ao garantir que essas substâncias sejam eliminadas, ele promove o que chamamos de homeostase — o equilíbrio do meio interno do nosso corpo.

O sistema urinário é formado por dois rins, dois ureteres, uma bexiga urinária e uma uretra. A urina é formada nos rins, mais precisamente nos néfrons, e segue então pelos ureteres até a bexiga, onde é armazenada temporariamente. No momento da micção, a urina é levada para o meio externo por meio da uretra.

Saiba mais: Insuficiência renal – o que é, causas e consequências

Órgãos do sistema urinário

O sistema urinário é composto por dois rins, dois ureteres, uma bexiga urinária e uma uretra. Vamos conhecer, a seguir, um pouco mais sobre cada um deles:

Observe os órgãos que fazem parte do sistema urinário.
  • Rim: o nosso sistema urinário apresenta um par de rins, estruturas que se assemelham a um feijão. Os rins possuem cerca de 10 cm e estão localizados cada um de um lado da coluna vertebral. Seu papel é garantir a produção da urina, formada em estruturas chamadas de néfrons. Cada rim humano pode ter cerca de um milhão de néfrons, que trabalham para garantir a filtração do sangue e a formação da urina. O néfron é formado por um emaranhado de capilares, chamado de glomérulo renal, que é envolvido pela cápsula glomerular. Da cápsula, parte um longo túbulo, chamado de túbulo do néfron e que pode ser dividido em três porções: túbulo proximal, alça de Henle e túbulo distal.

  • Ureteres: nosso corpo possui um par de ureteres, que partem dos rins e estendem-se até a bexiga urinária. Eles garantem que a urina, produzida no rim, chegue até a bexiga, onde é armazenada. Cada um desses tubos apresenta de 25 cm a 30 cm.

  • Bexiga urinária: serve de local para o armazenamento temporário da urina. Esse órgão musculoso armazena cerca de 700 ml de urina, que chega a ele pelos ureteres.

  • Uretra: é o tubo que garante que a urina chegue ao meio externo. Vale destacar que, no homem, ela também serve de local de passagem para o esperma durante a ejaculação. A uretra masculina é bem maior que a feminina. Enquanto esta apresenta de 4 cm a 5 cm de comprimento, aquela apresenta cerca de 20 cm.

Formação da urina

A formação da urina é um processo complexo que envolve três etapas básicas: a filtração, a reabsorção e a secreção — todas ocorrem no néfron.

Observe na figura o detalhe do néfron. É nele que ocorre o processo de formação de urina.
  • Filtração: o sangue chega ao néfron pela arteríola aferente. Esta se ramifica e forma o chamado glomérulo renal, que é um emaranhado de capilares. No glomérulo, a pressão sanguínea força o plasma a sair dos capilares para o interior da cápsula, formando o filtrado. Esse filtrado apresenta uma composição semelhante ao plasma, porém praticamente sem proteínas. O filtrado sai da cápsula em direção ao túbulo do néfron.

  • Reabsorção: nesse processo, que ocorre no túbulo do néfron, observa-se a reabsorção de água e de algumas substâncias importantes para o nosso organismo.

  • Secreção: durante a passagem pelo túbulo do néfron, outras substâncias, como medicamentos e alguns metabólitos, são adicionadas à urina pelo processo de secreção. Nesse processo, substâncias são secretadas do sangue para o interior do túbulo.

A urina formada, portanto, é resultado dos processos de filtração glomerular e reabsorção e de secreção que ocorrem nos túbulos. Após sair dos túbulos do néfron, a urina, agora completamente formada, chega ao ducto coletor e é conduzida aos ureteres.

Leia também: Por que a cor do xixi é amarela?

Problemas que afetam o sistema urinário

Cálculos renais e infecções urinárias são dois problemas importantes que afetam o sistema urinário. O cálculo renal, também chamado de pedras nos rins, é causado pela agregação de cristais presentes na urina. Essa doença pode provocar dores intensas na região lombar, as quais podem vir acompanhadas de náuseas e vômitos. Dieta rica em sais e proteínas e a baixa ingestão de água são fatores que podem favorecer o desenvolvimento de cálculos renais.

As infeções urinárias, por sua vez, são um problema grave de saúde causado, principalmente, por bactérias. Esses micro-organismos podem acometer a uretra e migrar para bexiga e rins. Quando a infecção permanece restrita a uretra, é chamada de uretrite. Quando atinge a bexiga, temos um quadro de cistite. Quando os rins são atingidos, a infecção é chamada de pielonefrite e destaca-se por ser mais grave que as outras. Febre, ardência ao urinar, vontade de urinar várias vezes e dor na região do “pé da barriga” são alguns dos sintomas observados no caso de infecções urinárias.

Leia mais: Infecções – sintomas, exemplos, diferença com inflamação

Vamos revisar o que aprendemos?

Responda as perguntas apresentadas na figura seguinte e complete a cruzadinha:

Responda a cruzadinha com base no que você aprendeu neste texto.

Conseguiu responder a todas as perguntas? Confira as respostas a seguir:

1. Qual o nome do órgão do sistema urinário responsável pelo armazenamento de urina? Bexiga urinária

2. Qual o nome dos tubos que partem dos rins em direção à bexiga urinária? Ureteres

3. Qual o nome do tubo pelo qual a urina é expelida para o meio externo? Uretra

4. Qual o nome da primeira etapa da formação da urina? Filtração

5. Qual o nome da unidade funcional do rim? Néfron

6. Qual o nome do órgão responsável pela produção da urina? Rim

7. Quantos ureteres o sistema urinário humano apresenta? Dois

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Características e funções dos rins

Ciências

Cálculos renais

Ciências

Formação da urina

Ciências

Infecção urinária

Últimos artigos

Pau-brasil

Pau-brasil foi o primeiro artigo que os portugueses exploraram durante a colonização. Era uma madeira conhecida por permitir a fabricação de um corante avermelhado.

Deuses gregos

Os deuses gregos formavam o chamado panteão da religião dos gregos. Na crença grega, eram imortais, mas tinham forma humana e sentimentos comuns aos dos humanos.

Macacos

Macacos são animais mamíferos da ordem dos primatas que, geralmente, são encontrados vivendo em grupos, os quais apresentam comportamento social.

Tutu

Tutu, no folclore brasileiro, é reconhecido como um monstro disforme que é muito associado com o bicho-papão, o monstro devorador de crianças.