Qual matéria está procurando ?

Português

Português

O que é literatura?

O reino mágico das palavras encantadas: Clique e descubra o que é literatura!

Você gosta de ler? Gosta de ouvir e de contar histórias? Se a sua resposta for sim, certamente você vai gostar de saber o que é literatura.

A literatura é uma das mais belas manifestações artísticas. Enquanto alguns artistas pintam quadros ou fazem belas canções, outros escrevem. Mas não basta saber escrever, o verdadeiro escritor sabe utilizar as palavras de uma maneira especial, diferente, que nos faz viajar para outros mundos e imaginar situações inusitadas. Viu só como fazer literatura pode ser mais difícil do que você imaginava? Nem todos temos o dom de ajeitar pensamentos em palavras e criar um mundo mágico para o desfrute do leitor.

A literatura tem como matéria-prima a palavra. É a partir dela que o artista transforma a linguagem, deixando-a mais expressiva e poética. Nos textos aos quais estamos expostos no nosso dia a dia, nos jornais, revistas e livros didáticos, a linguagem tem como característica ser objetiva e clara, contudo, na literatura, não existe compromisso com a transparência. As palavras podem ser empregadas em seu sentido conotativo, ou seja, fora de seus reais significados. Os textos literários são recheados de elementos responsáveis por torná-los um objeto de arte. Para compreendê-los, é preciso treinar a leitura e apurar o senso estético. Isso acontece porque a literatura preocupa-se em contemplar não apenas o objeto linguístico, mas também a plasticidade e a beleza que são encontradas somente na arte.

O que transforma um texto em um texto literário é a função da linguagem escolhida. No caso da literatura, encontramos a função poética da linguagem, que acontece quando o emissor, ou seja, quem escreve, tem suas intenções voltadas para a elaboração da mensagem. Existe um cuidado com a construção de sentidos das palavras, expressões e conteúdo. As palavras não são escolhidas aleatoriamente, cada elemento é minuciosamente escolhido para que o resultado seja considerado arte.

A Literatura é a arte das palavras. Através dela o leitor pode ser transportado para mundos diferentes!
A Literatura é a arte das palavras. Através dela o leitor pode ser transportado para mundos diferentes!

Agora que você já começou a entender sobre a arte das palavras, que tal saber um pouco mais sobre a origem da literatura? Quando nos perguntamos “o que é literatura?”, estamos fazendo uma pergunta histórica. Precisar sua origem não é tarefa fácil, mas a representação gráfico-visual dos sons de nossa própria fala, a escrita, tem seus primeiros registros no alfabeto fenício do século XII (A.C.). Portanto, a partir do momento em que o homem aprendeu a usar a palavra escrita, ele passou a registrar histórias que antes existiam apenas na tradição oral, o que fez surgir os primeiros textos literários. Aristóteles, filósofo grego que viveu entre 384 e 322 (A.C.), foi um dos primeiros a pensar e a sistematizar o tema. Suas ideias sobre a literatura foram importantíssimas para o estudo da arte, contudo, assim como a comunicação, a literatura evoluiu e acabou tomando novas formas, e determinados gêneros que antes não eram considerados literatura por Aristóteles, como cartas, biografias e diários, hoje podem ser vistos como arte literária.

No Brasil, a literatura é um pouco mais recente, isso porque somos uma nação relativamente jovem, com pouco mais de quinhentos anos de história para contar. Nosso primeiro texto literário, escrito em terras brasileiras, é a Carta de Pero Vaz de Caminha, uma espécie de diário de viagem feito pelo escrivão do então rei de Portugal. Apesar de ter como principal intenção informar para o rei as peculiaridades da terra descoberta, existem elementos na carta que a tornam um texto literário, visto a habilidade de Pero Vaz de Caminha com as palavras. A Carta é muito famosa por ser o primeiro registro histórico do Brasil, sendo considerada também como peça integrante da literatura portuguesa.

A literatura tem como função comunicar de maneira artística, utilizando seu inesgotável poder de evocação e sugestão para permitir que o leitor recrie a própria realidade na qual está inserido. Graças ao talento de nossos escritores, que fazem da literatura uma experiência de vida, podemos, mesmo que por algumas horas ou minutos, trocar a experiência da vida real para uma experiência mágica com o abstrato e com a linguagem simbólica. Para você gostar de ler e conhecer um pouco mais sobre literatura, um belo poema de Carlos Drummond de Andrade, um desses incríveis artistas que através da função poética nos transportam para o maravilhoso reino das palavras. Boa leitura!

(...) Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos.
Estão paralisados, mas não há desespero,
há calma e frescura na superfície intata.
Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário.
Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.
Tem paciência se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consume
com seu poder de palavra
e seu poder de silêncio.
Não forces o poema a desprender-se do limbo.
Não colhas no chão o poema que se perdeu.
Não adules o poema. Aceita-o
como ele aceitará sua forma definitiva e concentrada
no espaço.

Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma
tem mil faces secretas sob a face neutra
e te pergunta, sem interesse pela resposta,
pobre ou terrível, que lhe deres:
Trouxeste a chave? (...)”.

(Fragmento do poema “Procura da poesia”, de Carlos Drummond de Andrade)


Por Luana Castro
Graduada em Letras

A literatura tem como matéria-prima a palavra, que recebe novos sentidos através da função poética da linguagem A literatura tem como matéria-prima a palavra, que recebe novos sentidos através da função poética da linguagem
Por Luana Castro Alves Perez

Você pode se interessar também

Português

Texto literário e não literário

Português

Três obras da literatura infantojuvenil que você precisa ler

Português

Função poética

Português

Carlos Drummond de Andrade

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.