Qual matéria está procurando ?

Geografia

Geografia

Placas tectônicas

Placas tectônicas são grandes blocos sólidos que constituem a litosfera terrestre. Encontram-se em constante movimento, impulsionadas pelas forças do interior da Terra.

Placas tectônicas são blocos sólidos que se encontram sobre o magma e formam a litosfera, camada rochosa mais externa da Terra. A descoberta dessas placas, por meio da Teoria de Tectônica das Placas, possibilitou afirmar que a Terra está dividida nesses grandes blocos semirrígidos que se movimentam impulsionados pelas forças internas do planeta.

Leia também: Como é o centro da Terra?

Tipos de placas tectônicas

As placas tectônicas podem ser de três tipos:

  • Placas oceânicas: tipos encontrados no assoalho oceânico.

  • Placas continentais: tipos encontrados sob os continentes.

  • Placas oceânicas e continentais: tipos encontrados tanto sob os continentes como também no assoalho oceânico.

Movimento das placas tectônicas

As placas tectônicas estão em constante movimento umas em relação às outras. Essa movimentação ocorre devido às forças provenientes do interior da Terra, especialmente em altas temperaturas. Esses movimentos são lentos e contínuos e realizam-se no que chamamos de limites entre as placas, podendo ser de afastamento, de colisão ou laterais. O resultado são as transformações na crosta terrestre, como a formação de montanhas, fossas oceânicas, atividades vulcânicas e abalos sísmicos como terremotos e tsunamis.

Saiba mais: Qual a diferença entre maremoto e tsunami?

Como as placas tectônicas se movimentam?

As placas tectônicas encontram-se sobre o manto, uma das camadas da Terra compostas por magma. O calor proveniente do interior do planeta provoca a movimentação desse magma por meio das correntes de convecção. Ao longo desse movimento, o calor do núcleo é transferido para as camadas mais externas, fazendo com que elas se movam, sejam umas contras as outras sejam separando-se.

Principais placas tectônicas

A Terra é dividida em 14 principais placas tectônicas e 38 menores, um total de 52 placas. As mais conhecidas são:

- Placa Sul-Americana: Essa placa encontra-se sob a América do Sul e estende-se até Dorsal Mesoatlântica. Move-se em direção às placas de Nazca e Pacífico. Faz limite ao sul com a Placa Antártica, a oeste com a Placa de Nazca, ao norte com a Placa Caribenha.

- Placa de Nazca: Essa placa encontra-se no assoalho oceânico à esquerda da Placa Sul-Americana. Limita-se ao norte com a Placa de Cocos e ao sul com a Placa Antártica. O choque entre a Placa de Nazca e a Sul-Americana formou a Cordilheira dos Andes.

- Placa do Pacífico: Essa placa encontra-se sobre o Oceano Pacífico, limitando-se ao norte com a Placa Juan de Fuca e com a Placa Norte-Americana, cujo choque teve como consequência a Falha de San Andres.

- Placa Australiana: Essa placa encontra-se sob a Austrália e algumas porções da Nova Zelândia e Nova Guiné. Também abrange o assoalho oceânico do Oceano Pacífico, limitando-se a noroeste com a Placa Indiana.

- Placa Africana: Essa placa encontra-se sob todo o continente africano, limitando-se com as Placa Sul-Americana, Placa Caribenha, Placa Euroasiática, Placa Antártica e Placa Australiana. Está sob o Oceano Atlântico também, afastando-se lentamente da Placa Sul-Americana.

Mapa das placas tectônicas

Placas tectônicas no Brasil

O Brasil localiza-se sobre a Placa Sul-Americana.
O Brasil localiza-se sobre a Placa Sul-Americana.

O Brasil encontra-se sobre a Placa Sul-Americana, bem como todo o subcontinente América do Sul. Essa placa possui mais de 43 milhões de km2 e cerca de 200 quilômetros de largura. A localização central do país sobre a placa faz com que aqui não haja tantas incidências de abalos sísmicos.

Mas vale dizer que não é verdade que no Brasil não existam terremotos. Casos de abalos sísmicos já foram registrados, porém não apresentam grande magnitude. Esses abalos são normalmente recorrentes do desgaste da placa.

Leia mais: Ocorrem terremotos no Brasil?

Quais são os tipos de limites entre as placas tectônicas?

Os limites entre as placas tectônicas referem-se aos locais de encontro entre esses blocos rochosos, correspondendo, então, às fronteiras das placas, onde há intensa movimentação provocada pelas forças internas da Terra.

Os três tipos de limites são:

1. Limite Convergente: Nesse tipo de limite as placas convergem-se, ou seja, chocam-se umas contra as outras provocando aproximação delas. A placa de maior densidade afunda com direção ao manto da Terra, fundindo-se devido às altas temperaturas provocadas pelo movimento convectivo. A placa menos densa direciona-se ao sentido oposto devido à pressão gerada, resultando em dobramentos na superfície terrestre. Observe:


No limite convergente, há movimentação de choque entre as placas tectônicas.

2. Limite divergente: Nesse tipo de limite as placas divergem-se, ou seja, afastam-se uma das outras resultando em fendas e rachaduras na superfície terrestre. As placas, então, separam-se dando origem às dorsais mesoceânicas (cadeias de montanhas submersas no oceano). Esse movimento ocorre quando as correntes convectivas ascendentes fazem com que o magma percorra as fendas chegando até a superfície. Ao resfriar-se, acabada fundindo-se às bordas das placas, fazendo com que elas se tornem maiores. As dorsais mesoceânicas provocam a expansão do assoalho oceânico, ocasionando terremotos e atividades vulcânicas. Observe:


No limite divergente, há movimentação de separação entre as placas tectônicas.

3. Limite transformante: Nesse tipo de limite de placas, há a movimentação deslizante entre os blocos, um em relação aos outros. Essa movimentação resulta em rachaduras de contato, não havendo a destruição, tampouco o aumento ou criação de placas. Falhas podem ser formadas, como a Falha de San Andreas, na Califórnia, nos Estados Unidos, resultado do movimento transformante entre a Placa do Pacífico e a Placa Norte-Americana. Observe:


No limite transformante, há movimentação de deslizamento lateral entre as placas tectônicas.

Placas tectônicas são grandes blocos rochosos semirrígidos que se encontram sobre o magma do manto. Placas tectônicas são grandes blocos rochosos semirrígidos que se encontram sobre o magma do manto.
Por Rafaela Sousa

Você pode se interessar também

Geografia

Planeta Terra

Geografia

Terremotos no Brasil

Geografia

Relevo

Geografia

Vulcão

Últimos artigos

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.

Animais onívoros

Animais onívoros são aqueles que podem alimentar-se de algas ou plantas e também de outros animais. Porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

Réveillon e Ano-Novo

O Réveillon e o Ano-Novo são datas comemorativas de final e início de ano e remetem a comemorações diferentes.

Revolução Praieira

A Revolução Praieira foi a última revolução provincial que aconteceu no Brasil durante o período monárquico e abalou Pernambuco, de 1848 a 1850.