Qual matéria está procurando ?

Datas Comemorativas

Datas Comemorativas

Carnaval

O Carnaval é uma festa popular que acontece, todo ano, em data móvel e é conhecida como a principal festividade do Brasil. O Carnaval surgiu na Europa, antecedendo a Quaresma, e espalhou-se por diversas partes do mundo. Essa festa foi trazida aqui pelos portugueses durante o período da colonização.

Historiadores afirmam que o Carnaval começou a ser comemorado na Idade Média, mas possui relação com algumas festividades de povos da Antiguidade. No Brasil, uma das grandes marcas do Carnaval são os blocos de rua, que acontecem em todo o país, e os desfiles das escolas de samba, muito presentes em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Acesse também: Páscoa – festa cristã realizada dias depois do Carnaval

Quando apareceu o Carnaval?

O Carnaval surgiu na Europa na Idade Média e era uma das festas populares mais importantes desse período.

Historiadores afirmam que o Carnaval surgiu na Idade Média e era entendido como um momento de liberdade que antecedia todas as privações impostas durante a Quaresma. Apesar disso, muitos desses especialistas pontuam que ele herdou uma série de características oriundas de festas de povos antigos, tais como os mesopotâmicos, os romanos e até mesmo povos de origem germânica.

Algumas dessas festas valorizavam a inversão da ordem das coisas, assim, as pessoas fantasiavam-se de personagens diversos, tais como sacerdotes. O rei servia às pessoas, e súditos colocavam-se no papel de rei, além de fartarem-se de alimentos e bebidas, como as alcoólicas. Assim, as privações de uma vida deixavam de existir no Carnaval.

Muitas dessas festas podiam acontecer em diferentes momentos do ano, mas, com o surgimento do cristianismo, os membros da Igreja procuraram enquadrar todas elas em um período do ano. Assim, o Carnaval surgiu como um esforço da Igreja de controlar e concentrar os impulsos festivos da população em uma época do ano.

Na Idade Média, as festas podiam estender-se do Natal até o início da Quaresma, o período de 40 dias formado por jejum e orações. Portanto, o Carnaval era a época quando as pessoas liberavam todas as suas vontades pelas festas, comidas e bebidas, antes de iniciarem o período de privação imposto pela Igreja Católica.

Durante o Carnaval medieval, era comum a realização de apresentações teatrais na rua, desfiles com carros alegóricos, festas com máscaras. As brincadeiras também aconteciam, e muitas eram atos de zombaria pública, em que uma pessoa era publicamente humilhada perante sua comunidade.

Carnaval no Brasil

O Carnaval é a festa mais tradicional do Brasil e atrai milhões de pessoas para celebrá-lo nas ruas todos os anos.

Atualmente, o Carnaval é a festa mais popular do Brasil e é comemorado em data móvel, que é influenciada pela data que determina a Páscoa. A Terça-feira de Carnaval é comemorada exatamente 47 dias antes do Domingo de Páscoa. As próximas datas para a Terça-feira de Carnaval no Brasil serão:

  • 2020: 25 de fevereiro

  • 2021: 16 de fevereiro

  • 2022: 1º de março

Para percebermos a dimensão do Carnaval em nosso país, podemos usar o exemplo de algumas cidades. No Rio de Janeiro, em 2019, o Carnaval levou cerca de 7 milhões de pessoas às ruas e mobilizou uma receita de 3,7 bilhões de reais|1|. Já em São Paulo, a quantidade de pessoas nas ruas foi de cerca de 5 milhões no mesmo ano|2|.

O Carnaval consolidou-se como a principal festa popular do Brasil na década de 1930, durante o governo de Getúlio Vargas. As principais festas de Carnaval do Brasil ocorrem nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Os blocos de rua e os desfiles das escolas de samba são seus principais meios de realização.

Saiba mais: Aspectos culturais na Era Vargas

  • Carnaval no Sudeste

O samba consolidou-se como um dos grandes ritmos do Carnaval (e da música brasileira) durante a década de 1930, e, no Carnaval de São Paulo e Rio de Janeiro, é um elemento fundamental. Os desfiles das escolas de samba são aspectos culturais importantes das duas cidades e são conhecidos em todo o mundo.

No caso do Rio de Janeiro, os desfiles das escolas de samba acontecem no Sambódromo, construído em 1984. Os desfiles, tanto em São Paulo quanto no Rio, fazem parte de uma competição que possuí inúmeros itens de avaliação. As últimas três escolas de samba campeãs, em São Paulo e no Rio de Janeiro, foram:

Ano

Rio de Janeiro

São Paulo

2017

Portela e Mocidade Independente*

Acadêmicos do Tatuapé

2018

Beija-Flor

Acadêmicos do Tatuapé

2019

Mangueira

Mancha Verde


* Um problema na contabilização das notas levou à declaração das duas escolas como campeãs.

O desfile das escolas de samba é caracterizado por gigantescos carros alegóricos, enredos de samba inéditos e uma produção de máscaras e fantasias impressionante. Os enredos de samba costumam ressaltar, por exemplo, valores da cultura africana e indígena, e podem também fazer críticas políticas, como foi o caso da escola Paraíso da Tuiuti, em 2018.

Leia mais: Influência africana na cultura brasileira

  • Carnaval no Nordeste

O Galo da Madrugada é um dos blocos de rua de Recife e é conhecido como o maior bloco de Carnaval do mundo. [1]

As celebrações carnavalescas do Nordeste, sobretudo as de Recife e Salvador, são bastante populares do país. Em Salvador, milhões de pessoas vão às ruas para celebrar o Carnaval, principalmente, pelo som de axé. Blocos de rua são compostos por trios elétricos, acompanhados por milhares de pessoas.

Em Recife, por sua vez, o som que rege o Carnaval é o frevo. A capital pernambucana também é conhecida por realizar o maior bloco de Carnaval do mundo: o Galo da Madrugada, que se estende por mais de nove horas de festa. Em 2019, o Galo da Madrugada atraiu mais de dois milhões de pessoas.

  • História do Carnaval no Brasil

O Carnaval chegou ao Brasil, entre os séculos XVI e XVII, pelos portugueses. Uma das principais práticas do Carnaval português reproduzidas no Brasil foi uma brincadeira conhecida como entrudo. O entrudo foi proibido pelo seu caráter agressivo, no século XIX, mas foi realizado até o século XX.

O entrudo era uma brincadeira popular em que as pessoas, sobretudo as mais humildes, saíam às ruas para sujar umas às outras. Para isso, utilizava-se diversos itens para molhar ou sujar alguém: água perfumada, água suja, lama etc. O entrudo também podia ser executado por outro tipo de troça.

Havia uma distinção dessa brincadeira entre o povo e a elite, pois a massa popular realizava-a nas ruas do Rio de Janeiro, e membros da elite local, no interior de suas famílias. As ações do governo contra essa prática contribuíram para que ela desaparecesse no século XX. Com o tempo, diversos outros elementos foram sendo adicionados ao Carnaval brasileiro, fazendo com que cada região do país tenha uma peculiaridade nessa celebração.

Notas

|1| Carnaval no Rio chega ao fim com 7 milhões de foliões nas ruas e receita de R$3,7 bi, diz prefeitura. Para acessar, clique aqui.

|2| Carnaval de rua: festas do Rio e de São Paulo atraem centenas de blocos e milhões de pessoas; veja números. Para acessar, clique aqui.

Créditos da imagem

[1] Karla Vidal e Shutterstock

Por Daniel Neves Silva

Você pode se interessar também

Datas Comemorativas

Dia da Aviação

Geografia

Formas de Diversão

Datas Comemorativas

Festas Juninas

Datas Comemorativas

Páscoa

Últimos artigos

Período Helenístico

Período Helenístico foi iniciado com a conquista da Grécia pelos macedônicos e ficou marcado pela difusão da cultura grega a partir do reinado de Alexandre, o Grande.

Império Carolíngio

Império Carolíngio foi a continuidade do Reino dos Francos sob o controle da Dinastia Carolíngia, iniciada por Pepino, o Breve em meados do século VII.

Civilização Micênica

Civilização Micênica foi uma das grandes civilizações do período de formação do povo grego, conhecida por suas grandes cidades fortificadas e pelo seu bom comércio.

Peste de Atenas

Peste de Atenas foi uma epidemia que atingiu essa cidade grega em 430-427 a.C., bem no início da Guerra do Peloponeso, causando milhares de mortes.