Qual matéria está procurando ?

Datas Comemorativas

Datas Comemorativas

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Mesa com diferentes comidas de Festa Junina. As Festas Juninas são marcadas pela fartura de alimentos.

As comidas de Festa Junina são um dos principais destaques dessa festividade brasileira que ocorre tradicionalmente no mês de junho. Algumas das principais são:

  • pamonha;

  • milho cozido;

  • milho assado;

  • canjica;

  • curau;

  • arroz-doce;

  • paçoca;

  • mané pelado;

  • pé de moleque;

  • bolo de milho.

É importante nos lembrarmos de que há variação nas comidas de Festa Junina nas diferentes regiões do nosso país.

Leia também: Festa Junina — detalhes sobre uma das principais festividades populares do Brasil

Quais são as principais comidas de Festa Junina?

A fartura de alimentos é um dos grandes símbolos da Festa Junina em nosso país, e muitas dessas comidas são à base de milho ou amendoim. Evidentemente, outros alimentos que não têm milho e amendoim também são encontrados, uma vez que as diferenças culturais de cada região fazem com que haja diversas influências nas edições da festa. Vejamos, então, as comidas juninas de cada região:

  • Região Centro-Oeste: pamonha, canjica, arroz-doce, milho assado, curau, caldos, sendo também bastante popular o consumo de alimentos como pastel, espetinho e cachorro-quente.

A pamonha é uma das comidas de Festa Junina tradicionais da região Centro-Oeste.

  • Região Nordeste: milho cozido, mungunzá (canjica em outras regiões do país), pé de moleque, paçoca, pamonha, bolo de milho, baião de dois, cuscuz, caruru, entre outros.

O bolo de milho é uma das comidas de Festa Junina tradicionais da região Nordeste.
  • Região Norte: maniçoba, tacacá, tapioca, vatapá do Norte.
O tacacá é uma das comidas de Festa Junina tradicionais da região Norte.
  • Região Sudeste: bolo de fubá, milho assado, pipoca, cuscuz paulista, curau, pamonha, canjica, arroz-doce e paçoca são comidas tradicionais, mas comidas como o pastel e o cachorro-quente também são encontradas.
A paçoca é uma das comidas de Festa Junina tradicionais da região Sudeste.
  • Região Sul: arroz carreteiro, churrasco, pinhão e quentão.
O pinhão é uma das comidas de Festa Junina tradicionais da região Sul.

Por que o milho é importante nas Festas Juninas?

O milho é um dos itens mais importantes da Festa Junina, e isso é facilmente verificável pela quantidade de alimentos consumidos com base nele na festa. Acredita-se que a importância do milho nesse contexto tenha relação com o seu período de colheitas. Isso porque as celebrações de solstício de verão, antes de serem cristianizadas, eram realizadas no mês de junho, período da colheita do trigo.

No Brasil, no entanto, nunca houve uma grande produção de trigo. Quando a Festa Junina é celebrada, os sertanejos costumavam estar na época de colher o milho, cultivado aqui em abundância. Isso fez com que esse item fosse fortemente relacionado com a festividade junina.

8 receitas de comida de Festa Junina

1. Receita de pamonha

  • Ingredientes:

- 10 milhos

- 10 pedaços de queijo coalho

- 200 ml de óleo

- 1 colher de sopa de sal

- 1 pitada de açúcar

- Algumas palhas de milho para embalar a pamonha

  • Modo de preparo:

Ralar as espigas de milho, bater o milho em liquidificador e colocar a massa de milho em uma panela, adicionando óleo, sal e açúcar. Misturar e depois colocar a massa dentro das palhas de milho junto de uma tira de queijo coalho. Fechar a palha e amarrá-la.

2. Receita de pinhão

  • Ingredientes:

- 1 kg de pinhão

- 1 colher de sopa de sal

- 1,5 litro de água para cozinhar

  • Modo de preparo:

Colocar o pinhão em 1,5 litro de água para que ele possa cozinhar por 20 a 30 minutos. Adicionar o sal na água em que o pinhão estiver cozinhando. Depois desse período, o pinhão deve ser retirado da água, cortado e retirado de dentro do seu invólucro.

3. Receita de pipoca

  • Ingredientes:

- 100 gramas de pipoca

- 1 colher de sopa de óleo

- 1 colher de chá de sal

  • Modo de preparo:

Coloque o óleo na panela e deixe a panela aquecer. Em seguida, coloque a pipoca na panela e tampe-a quando os grãos de milho começarem a estourar. Retire a panela do fogo quando os milhos pararem de estourar e coloque o sal na pipoca.

4. Receita de curau de milho

  • Ingredientes:

- 500 ml de leite

- 6 espigas de milho

- 1 colher de sopa de margarina (ou manteiga)

- 10 colheres de sopa de açúcar

- Canela em pó a gosto

  • Modo de preparo:

Rale o milho e, em seguida, coloque o milho juntamente do leite no liquidificador por aproximadamente dois minutos. Coe a mistura e depois adicione açúcar e margarina, misturando os ingredientes até que eles se dissolvam. Coloque essa mistura em uma panela, que deve ir a fogo baixo por 10 a 15 minutos ou até que a mistura engrosse. Coloque a mistura em uma vasilha para esfriar e adicione canela em pó de acordo com a sua preferência.

5. Receita de pé de moleque

  • Ingredientes:

- 15 colheres de sopa de açúcar

- 10 colheres de sopa de glucose de milho

- ¼ de xícara de chá de água

- 250 gramas de amendoim sem pele torrado

- ½ colher de sopa de manteiga sem sal

- ½ colher de chá de bicarbonato de sódio

Modo de preparo:

Misture a água, o açúcar e a glicose de milho em uma panela no fogo baixo por 15 minutos ou até caramelizar. Depois que a mistura caramelizar, adicione a manteiga e o amendoim, misture bastante e, por fim, coloque o bicarbonato de sódio, misturando até que ele se dissolva. Depois, coloque a mistura em alguma vasilha ou forma, e corte-a em pequenos retângulos depois que esfriar.

6. Receita de bolo de milho

  • Ingredientes:

- 1 pacote de milho em conserva

- 3 ovos

- 2 colheres de sopa de margarina ou manteiga

- 15 colheres de açúcar

- 3 xícaras de chá de leite

- 10 colheres de chá de fubá de milho

- 6 colheres de sopa de farinha de trigo

- 1 colher de sopa de fermento em pó

- 1 pitada de sal

- ½ xícara de óleo

  • Modo de preparo:

Reúna o leite, os ovos, a margarina, o açúcar, o fubá de milho e a farinha de trigo em um liquidificador e bata até que a misture fique homogênea. Depois, adicione o fermento e bata a mistura novamente. Em seguida, coloque a mistura em uma forma untada e leve-a para assar em um forno preaquecido em 180 graus. Deixar no forno por 1 hora.

7. Receita de quentão

  • Ingredientes:

- 400 ml de cachaça

- 400 ml de água

- 10 colheres de sopa de açúcar

- 5 pedaços de gengibre

- Cascas de laranja

- Cascas de limão

- 2 pedaços de canela em pau

- 5 cravos da Índia

  • Modo de preparo:

Coloque o açúcar, o gengibre ralado, a canela e o cravo em uma panela sob fogo baixo, mexendo a mistura continuamente. Assim que a mistura caramelizar, adicione as cascas de laranja e limão e vá adicionando água. Mexa essa mistura até que o caramelho formado se dissolva. Depois, adicione a cachaça e mexa suavemente. Quando a mistura começar a ferver, aguarde por cinco minutos, e depois desligue o fogo.

8. Receita de milho cozido

  • Ingredientes:

- 4 espigas de milho

- Água suficiente para a quantidade de milho

- ½ colher de sopa de sal

- Manteiga, margarina ou requeijão a gosto

  • Modo de preparo:

Coloque água em uma panela juntamente dos milhos e leve-a para cozinhar no fogo alto por 10 a 20 minutos. Quando os grãos do milho amolecerem, desligue o fogo. Retire as espigas da água e passe nelas margarina, manteiga ou requeijão.

Acesse também: Páscoa — celebração do cristianismo que tem como uma de suas tradições o consumo de ovos de chocolate

Festa Junina

A Festa Junina é uma festividade muito tradicional da cultura brasileira, e nessa festa são celebrados três santos católicos: Santo Antônio, São João e São Pedro. A festividade chegou ao Brasil por influência dos portugueses, em algum momento do século XVI, e tornou-se uma das festas mais importantes de nosso país. O mês de junho e, eventualmente, o mês de julho são o momento em que inúmeras edições da festa trazem divertimento para as pessoas, ao passo que se trata de um tempo de devoção para muitos fiéis também.

Fontes

CHIANCA, Luciana. Devoção e diversão: expressões contemporâneas de festas e santos católicos. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaanthropologicas/article/download/23701/19357.

CARVALHO, Elen. Milho, o rei das festas juninas. Disponível em: https://www.brasildefatope.com.br/2016/07/01/milho-o-rei-das-festas-juninas.

HERMANN, Vanessa. 83 receitas de festa junina para um arraiá clássico. Disponível em: https://www.receiteria.com.br/receitas-de-festa-junina/.

REDAÇÃO. Qual a origem das festas juninas no Brasil? Disponível em: https://www.nationalgeographicbrasil.com/historia/2023/06/qual-a-origem-das-festas-juninas-no-brasil.

Por Daniel Neves Silva

Você pode se interessar também

Datas Comemorativas

Brincadeiras juninas

Datas Comemorativas

Carnaval

História

Corpus Christi

Datas Comemorativas

Festa Junina

Últimos artigos

Brincadeiras juninas

As brincadeiras juninas são uma das partes mais divertidas da Festa Junina. A seguir, você verá dicas de 15 dessas brincadeiras!

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.