Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Cavalo

Cavalo é uma espécie de herbívoro não ruminante muito utilizada pelo homem. Sua domesticação foi muito importante para a nossa história.

Os cavalos são mamíferos herbívoros não ruminantes. Os cavalos são mamíferos herbívoros não ruminantes.

Cavalos são mamíferos herbívoros incluídos no gênero Equus, mesmo gênero do qual fazem parte as zebras e os asnos. Esses animais são muito utilizados pelos seres humanos, sendo bastante difundida a sua utilização como animal de carga, no manejo de gado e até mesmo na produção de soros. Apesar de haver muita divergência sobre quando a domesticação desses animais ocorreu, acredita-se que as primeiras domesticações de cavalos aconteceram por volta do ano 3000 a.C., na Ásia Central.

Leia mais: A importância dos animais para o ser humano

Resumo sobre cavalos

  • São animais mamíferos pertencentes ao gênero Equus.

  • São animais herbívoros não ruminantes.

  • São animais que possuem casco, cabeça longa e grande e olhos voltados para os lados.

  • Sua domesticação foi bastante importante na nossa história.

  • São utilizados no transporte de pessoas e cargas, no manejo de gado, na produção de soros e até mesmo em terapias realizadas com pessoas com alguma deficiência.

  • Chegaram ao Brasil no ano de 1549.

Características gerais dos cavalos

Os cavalos são animais pertencentes ao gênero Equus, mesmo gênero do qual fazem parte as zebras e os asnos. Destacam-se por possuírem casco, cabeça longa e grande, olhos localizados mais lateralmente na cabeça e dentição compatível com a alimentação herbívora. Os cavalos possem cauda e crina.

Os cavalos podem apresentar de 1,50 m a 1,60 m de altura e pesar entre 330 kg e 550 kg. Essas medidas, no entanto, podem variar entre as diferentes raças de cavalos domésticos e também entre o cavalo doméstico (Equus ferus caballus) e o selvagem (Equus ferus przewalskii). Não podemos deixar de citar também os pôneis, que podem ser definidos como equinos de pequena estatura. Esses animais, quando adultos, apresentam no máximo 1,47 m.

Os pôneis são equinos de pequena estatura.

Os cavalos apresentam também muita variação no que diz respeito à coloração da pelagem. Alguns cavalos apresentam uma única cor em seu corpo, outros, no entanto, apresentam pelos de duas ou três cores diferentes.

Os cavalos, devido a sua domesticação, estão espalhados por todo o mundo. No Brasil existem diferentes raças de cavalo. Algumas delas são: crioulo, mangalarga, brasileiro-de-hipismo e pantaneiro.

A égua possui uma gestação que varia de acordo com o animal com que ela se acasalou. Caso ela esteja prenha de um jumento, a gestação dura de 360 a 375 dias. Quando a égua está prenha de um cavalo, o período é menor, de 335 a 345 dias. Quando ela está prenha de um jumento, poderá dar à luz um burro (macho) ou uma mula (fêmea). Quando um cavalo cruza com uma jumenta, o filhote formado é chamado de barroto.

Uma curiosidade a respeito dos cavalos está no fato de que são capazes de dormir em pé. Para isso, eles travam os seus joelhos. Dormir em pé é uma ação importante, pois permite que eles sejam capazes de fugir rapidamente ao sentirem o perigo.

Leia também: Cavalo-marinho — entenda por que esse peixe tem esse nome

Alimentação do cavalo

Os cavalos são animais herbívoros, ou seja, alimentam-se de vegetais. Possuem um sistema digestório adaptado a dietas ricas em fibra, sendo capazes de suprir grande parte da sua necessidade nutricional por meio da ingestão de gramíneas. Os cavalos pegam seu alimento utilizando a língua e os lábios e fazendo uso dos seus dentes incisivos para cortá-lo. Diferentemente do que muitas pessoas pensam, os cavalos não são animais ruminantes.

Cavalos selvagens

Atualmente, os cavalos selvagens existentes fazem parte da espécie Equus ferus przewalskii. Esses cavalos, também conhecidos como cavalo-de-przewalski, caracterizam-se por serem menores que os cavalos domésticos, sendo a fêmea menor que o macho. O macho apresenta entre 1,38 m e 1,46 m de altura, enquanto as fêmeas possuem de 1,33 m a 1,39 m. A crina do cavalo-de-przewalski é curta e ereta, enquanto o topete é quase inexistente. No inverno, a juba se apresenta mais espessa, sendo eliminada na primavera com o resto de sua pelagem de inverno.

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), o cavalo-de-przewalski pode ser encontrado na China e na Mongólia. Essa espécie habitava estepes e habitat semidesértico, entretanto, devido à perda de seu habitat, é encontrada apenas em áreas semidesérticas atualmente. Apesar da tendência atual da população ser de aumento, a espécie está classificada como “ameaçada” pela IUCN.

Leia também: Animais domésticos e silvestres

Chegada dos cavalos ao Brasil

Os cavalos chegaram ao Brasil no ano de 1549. Nessa ocasião, o primeiro governador-geral, Tomé de Souza, ordenou que alguns animais viessem de Cabo Verde para a Bahia. Eles foram trazidos na caravela Galga.

Utilização dos cavalos pelos seres humanos

Os cavalos são animais extremamente importantes para os homens, sendo considerados fundamentais na construção da nossa história. Esses animais se tornaram meios de locomoção essenciais no dia a dia das pessoas, ajudando-as a se deslocarem de uma região para outra. Além disso, eles ajudam a população no transporte de carga, uma vez que se trata de mamíferos muito fortes. No passado, os cavalos eram utilizados durante batalhas, garantindo o transporte rápido dos soldados, além do transporte de suprimentos e armas.

Cavalo transportando carga
Os cavalos são animais utilizados no transporte de carga em várias regiões. Infelizmente, muitas vezes, eles são submetidos a cargas exageradas e trabalho exaustivo.

Com os avanços tecnológicos, como o surgimento de carros, os cavalos deixaram de ser tão utilizados, entretanto, ainda fazem parte da nossa história, sendo, por exemplo, utilizados no transporte de carga em várias regiões. Vale salientar que o papel dos cavalos para a humanidade está longe de ser apenas de transporte e carregamento de cargas.

Nos dias atuais, os cavalos são usados, por exemplo, em terapias voltadas para o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência — trata-se da equoterapia. Não podemos deixar de citar também o hipismo, um esporte praticado com o cavalo que envolve diferentes modalidades. Atualmente, o hipismo constitui uma das modalidades olímpicas.

Os cavalos também são utilizados na produção de soros, como o soro antiofídico. O veneno da serpente é inoculado no cavalo e, após, algum tempo, retira-se parte do sangue do cavalo, e o plasma sanguíneo é processado. Nesse plasma, encontra-se anticorpos, que ajudarão no tratamento de pessoas picadas por serpentes.

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Animais domésticos e silvestres

Ciências

Animais herbívoros

Ciências

Cavalo-marinho

Ciências

Mamíferos

Últimos artigos

Cavalo

Cavalo é uma espécie de herbívoro não ruminante muito utilizada pelo homem. Sua domesticação foi muito importante para a nossa história.

Tucanos

Tucanos são animais que possuem bicos multicoloridos e bastante chamativos. Eles fazem parte da ordem Piciformes e família Ramphastidae.

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.