Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Fibras

Saiba mais sobre as propriedades das fibras e entenda a importância de incluir esses carboidratos nas refeições.

É comum ouvirmos nossos pais falando sobre a importância de comermos vegetais. Mas você já se perguntou quais benefícios esses alimentos podem trazer à saúde? Hoje falaremos das fibras, um produto das células vegetais que ajuda no funcionamento do nosso intestino.

As fibras são resíduos das células vegetais que, com exceção da lignina, podem ser classificadas como carboidratos. Os principais tipos de fibras fazem parte do grupo dos polissacarídeos — carboidratos constituídos por uma grande quantidade de moléculas

O sistema digestório humano é incapaz de digerir as fibras, em razão da ausência de enzimas capazes de realizar esse processo. Entretanto, apesar de não serem digeridas, isso não quer dizer que não devamos consumi-las, uma vez que as fibras apresentam fundamental importância para o organismo. Elas estão relacionadas, entre outras funções, com a melhora no trânsito intestinal, prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes e diminuição dos níveis de colesterol. Além disso, por não sofrerem o processo de digestão, podem ajudar no emagrecimento.

As fibras podem ser classificadas em dois grupos principais: as solúveis e as insolúveis. As fibras alimentares solúveis sofrem o processo de fermentação no intestino e formam um gel no estômago. Elas melhoram o funcionamento intestinal, diminuem o colesterol e ajudam na prevenção contra o câncer de intestino. Além disso, aumentam o tempo em que o alimento fica no estômago, ação que promove uma melhora na digestão. Elas podem ser encontradas em frutas, verduras, leguminosas e na aveia.

As fibras alimentares insolúveis, por sua vez, não são fermentadas completamente e realizam esse processo de forma lenta. Uma das principais características dessas fibras é sua capacidade de reter água, o que ajuda na eliminação das fezes e previne a constipação intestinal. Além disso, essas fibras ajudam no aumento do bolo fecal e estimulam o funcionamento adequado do intestino. Elas podem ser encontradas em verduras, farelo de trigo e cereais.

Diante de tantos benefícios, é fundamental que as pessoas, cada vez mais, façam uso de produtos de origem vegetal, optando sempre por comê-los crus. Atualmente, a recomendação é que sejam ingeridos em média 14 gramas de fibras para cada 1000 kcal ingeridas. Todavia, esses valores podem variar de acordo com a idade, sexo e gravidez, por exemplo.

É importante destacar que alimentos ricos em fibra, se ingeridos em excesso, podem causar alguns transtornos. Sendo assim, é importante consumi-los sem exageros e sempre se hidratar adequadamente para evitar problemas. Entre os inconvenientes gerados pela ingestão excessiva de fibras, podemos citar o aumento dos gases e a sensação de inchaço.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Os cereais são ricos em fibras, principalmente as insolúveis Os cereais são ricos em fibras, principalmente as insolúveis
Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Classificação dos Alimentos

Ciências

Intestino grosso

Ciências

Alimentação

Ciências

Alimentação saudável

Últimos artigos

Dízima periódica

Uma dízima periódica é um número que possui sua parte decimal infinita e periódica

Período Helenístico

Período Helenístico foi iniciado com a conquista da Grécia pelos macedônicos e ficou marcado pela difusão da cultura grega a partir do reinado de Alexandre, o Grande.

Império Carolíngio

Império Carolíngio foi a continuidade do Reino dos Francos sob o controle da Dinastia Carolíngia, iniciada por Pepino, o Breve em meados do século VII.

Civilização Micênica

Civilização Micênica foi uma das grandes civilizações do período de formação do povo grego, conhecida por suas grandes cidades fortificadas e pelo seu bom comércio.