Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Hipérbole

A hipérbole é uma figura de linguagem que usa, de propósito, o exagero nas expressões para dar ênfase ao discurso. Ela é classificada como figura de pensamento.

A hipérbole se caracteriza pelo uso proposital do exagero no enunciado. A hipérbole se caracteriza pelo uso proposital do exagero no enunciado.

A hipérbole é uma figura de linguagem presente quando, ao contar alguma coisa, usamos expressões de exagero de propósito, para dar mais ênfase ao nosso discurso. Será que você já usou a hipérbole ao contar uma história?

Leia também: Eufemismo — figura de pensamento que abranda o sentido do enunciado

Resumo

  • A hipérbole é uma figura de linguagem, sendo mais especificamente uma figura de pensamento.

  • É usada quando há exagero em alguma expressão para dar ênfase a alguma característica.

  • O exagero da hipérbole é perceptível. Por isso, a hipérbole não usa o sentido literal das palavras, e sim o sentido figurado.

O que é hipérbole?

A hipérbole é uma figura de linguagem, ou seja, é uma construção que usamos para dar efeitos ao discurso. Dentro das figuras de linguagem, a hipérbole é classificada como figura de pensamento, que são aquelas que dão maior ênfase às ideias por meio do sentido das palavras e expressões. Muitas vezes, não usamos o sentido literal (isto é, o sentido real) das palavras, e sim o seu sentido figurado. Mas como a hipérbole afeta o nosso discurso?

Uso da hipérbole

A hipérbole ocorre quando usamos palavras ou expressões exageradas para passar uma ideia com mais ênfase. Quando você conta uma história e precisa deixar explícita a intensidade de alguma característica, você pode usar a hipérbole.

Lembre-se de que o exagero da hipérbole é perceptível, ou seja, é possível perceber que está sendo usado um exagero e que ele não corresponde à realidade. Vamos ver alguns exemplos muito comuns de hipérbole?

Leia também: Metáfora — figura de linguagem usada para fazer comparações de maneira implícita

Exemplos de hipérbole

“A comida demorou tanto que eu até morri de fome!”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que a fome tirou a vida da pessoa.

“Eu corro mais rápido do que um carro!”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que a velocidade da pessoa é maior do que a de um carro.

“Faz um ano que ele está se arrumando e não fica pronto...”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que a pessoa passou um ano apenas se arrumando.

“Aquela casa era maior do que um prédio!”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que uma casa poderia ser maior do que um prédio inteiro.

“Pare de gritar! Estão ouvindo você até do outro lado do país!”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que a pessoa pode ser ouvida em um lugar tão distante quanto a outra extremidade do país.

“Não consegue passar nem um minuto longe da mãe.”

Há hipérbole no exagero ao se afirmar que a pessoa não consegue passar nem um minuto longe da mãe.

Videoaula sobre figuras de pensamento

Exercícios resolvidos sobre hipérbole

Questão 1

Assinale a alternativa que contém uma hipérbole.

a) Eles riram tanto que ficaram com a barriga doendo!

b) Por que você é tão exagerada?

c) Fiquei imaginando mil coisas naquele dia...

d) Vai chover bastante nesta semana.

Resolução

Alternativa C. A expressão “imaginando mil coisas” é uma hipérbole: há um exagero quando se afirma que mil coisas foram imaginadas. Na verdade, a pessoa quis dizer que imaginou muitas coisas, mas usou uma hipérbole para dar ênfase a essa ideia.

Questão 2

Assinale a alternativa que não contém uma hipérbole.

a) Todo mundo ama essa série!

b) Não nos vemos há muitos meses!

c) Dá para ouvir você a quilômetros daqui!

d) Temos um milhão de coisas para contar!

Resolução

A alternativa B é a única em que não há indícios de hipérbole, já que duas pessoas realmente podem ficar muitos meses sem se ver; portanto, nesse caso, foi usado o sentido literal.

Por Guilherme Viana

Você pode se interessar também

Português

Catacrese

Português

Eufemismo

Português

Figuras de linguagem

Português

Figuras de pensamento

Últimos artigos

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.