Qual matéria está procurando ?

História

História

Período Neolítico

Período Neolítico é um dos períodos da Pré-História, profundamente marcado pela sedentarização do humano, uma consequência do desenvolvimento da agricultura.

O grande feito do período Neolítico foi a sedentarização do homem e o desenvolvimento da agricultura. O grande feito do período Neolítico foi a sedentarização do homem e o desenvolvimento da agricultura.

O período Neolítico, cronologicamente, estendeu-se de cerca de 10.000 a.C. até 3000 a.C. Foi um dos períodos da Pré-História, sendo essa periodização realizada no século XIX. O Neolítico ficou marcado por ser quando o ser humano se sedentarizou, passando a sobreviver da agricultura, e novas ferramentas passaram a ser produzidas de pedra polida.

Acesse também: Mesopotâmia – um dos berços da humanidade

Resumo sobre o período Neolítico

  • O período Neolítico se estendeu de 10.000 a.C. até cerca de 3.000 a.C. e foi um dos períodos da Pré-História.

  • No Neolítico, o ser humano passou a utilizar ferramentas produzidas de pedra polida.

  • Um dos grandes avanços desse período foi a Revolução Neolítica, que permitiu a sedentarização.

  • Com a sedentarização, as primeiras cidades começaram a surgir.

  • Outros avanços técnicos aconteceram em áreas como arquitetura, artes e cerâmica.

Videoaula sobre o período Neolítico

O que é o período Neolítico?

O Neolítico foi um dos períodos da Pré-História, e entende-se que ele durou de cerca de 10.000 a.C. até de 3000 a.C. A periodização dessa fase da história humana foi feita por acadêmicos do século XIX que dividiram o período pré-histórico em Paleolítico, Mesolítico e Neolítico.

Os dois grandes marcos que norteiam o Neolítico são a Revolução Neolítica, isto é, o processo de sedentarização do humano, e o desenvolvimento da escrita, feito realizado pelos sumérios, por volta de 3000 a.C., quando foi desenvolvida a escrita cuneiforme.

Importante pontuar que essa periodização é apenas uma referência e que precisamos sempre levar em consideração que os avanços da humanidade foram acontecendo em velocidades distintas em cada região do planeta. Sendo assim, os avanços da Revolução Neolítica, por exemplo, só vão acontecer em determinados locais de maneira muito tardia.

Características do período Neolítico

em que estava para adaptá-la à habitação humana.modificar a paisagem que o auxiliavam no dia a dia, e conseguiu produzir melhores ferramentasO período Neolítico ficou marcado por diversos avanços que aconteceram na capacidade de sobrevivência e de adaptação aos meios dos seres humanos. Nesse período, o ser humano conseguiu

  • Revolução Neolítica

A primeira grande mudança que aconteceu nesse período diz respeito à sedentarização dos seres humanos. No Paleolítico, os grupos humanos eram nômades e viviam da caça, pesca e coleta de alimentos na natureza. A partir do Neolítico, isso mudou, e os historiadores chamaram essa mudança de Revolução Neolítica.

Basicamente, os seres humanos se sedentarizaram, isto é, fixaram-se em um local e passaram a agir para adaptá-lo às necessidades que tinham. Sendo assim, os grupos humanos passaram a intervir nos locais onde moravam, e o primeiro passo para isso tem relação com a produção de alimentos.

Se antes o ser humano era um caçador-coletor, a partir do Neolítico ele, gradualmente, converteu-se em um agricultor. Assim, passou a produzir, por meio do plantio, tudo que era necessário para a sua sobrevivência. Esse foi o surgimento da agricultura, pois o ser humano descobriu que era possível obter o alimento necessário por meio do plantio.

Outro acontecimento marcante desse processo foi a domesticação dos animais, sendo que alguns se tornaram úteis como animais de carga, e outros se tornaram importantes como complemento da alimentação. Importante mencionar que a sedentarização não representou o fim da caça e da coleta, que ainda permaneceram como formas de sustento dos grupos humanos.

Em geral, argumenta-se que a sedentarização da humanidade foi resultado das mudanças climáticas que aconteceram na Terra. O aquecimento do planeta permitiu que esses grupos pudessem se fixar em um local.

Entretanto, tal processo não foi um acontecimento uniforme que mobilizou os grupos humanos em geral para realizar essa mudança de estilo de vida de maneira repentina. Como bem definiu o historiador Paul Kriwaczek, a sedentarização humana representou uma grande mudança cultural e “nenhuma grande mudança cultural jamais se deu sem disputa”|1|.

A sedentarização foi entendida por Paul Kriwaczek como “o maior destruidor em massa de habilidades, culturas e línguas” porque representou uma mudança muito profunda no estilo de vida do humano|1|. Ele também afirma que esse processo, provavelmente, fomentou disputas profundas entre os grupos humanos, pois se tratou de uma mudança brusca demais para que tenha ocorrido sem questionamentos.

As dificuldades impostas pela adaptação à sedentarização eram enormes, e o pesquisador afirma que o humano do Neolítico que promoveu essas mudanças era fisicamente menos robusto que o nômade porque a dieta daqueles primeiros grupos a se sedentarizar ainda era bastante pobre. Apesar de difícil, esse processo de transição foi passageiro.

Alguns historiadores questionam a ideia de Revolução Neolítica, apontando que as mudanças promovidas pela sedentarização não aconteceram de maneira abrupta, mas foram resultado de um longo processo em que os seres humanos mesclaram os dois estilos de vida: sedentário e nômade.

Acesse também: Entenda a periodização da história

  • Urbanização no período Neolítico

No Neolítico, as primeiras cidades e primeiras construções de pedra começaram a surgir.

A sedentarização do humano proporcionou inúmeras mudanças a longo prazo, e uma delas foi o processo de urbanização. O Neolítico presenciou o surgimento das primeiras cidades. A partir daí, a civilização se estabeleceu e uma série de outras mudanças foram acontecendo, como o crescimento populacional, o surgimento de uma aristocracia, a posse do poder por um grupo muito pequeno, entre outros.

A sofisticação do humano e o desenvolvimento de ferramentas mais eficientes permitiram, por exemplo, o desenvolvimento da arquitetura. Assim, já no período Neolítico, a arquitetura permitiu o desenvolvimento de construções com finalidades religiosas, como Stonehenge, mas também permitiu a construção das primeiras casas de pedra.

  • Capacidades técnicas no Neolítico

A cerâmica foi outro campo que presenciou avanços durante o período Neolítico.

As capacidades técnicas humanas avançaram, permitindo com que os humanos melhorassem o seu estilo de vida, garantindo a sobrevivência, mesmo em situações adversas. Um dos grandes avanços desse período foi a transição da pedra lascada para a pedra polida. Assim, o ser humano passou a produzir suas ferramentas do dia a dia polindo a pedra.

Com isso, as ferramentas se tornaram melhores, o que permitiu o aprimoramento da caça, por exemplo. A cerâmica se desenvolveu, permitindo ao ser humano armazenar os alimentos que havia produzido. A tecelagem também se desenvolveu, e o humano tornou-se hábil para fabricar roupas melhores a fim de proteger-se do frio.

  • Outras características do período Neolítico

Importante mencionar que o Neolítico não se resume ao que foi mencionado no texto. A riqueza desse período vai além e passa pelas artes, sendo que as construções megalíticas são grandes exemplos da capacidade artística do ser humano. Além disso, ganharam destaque alguns dos desenhos produzidos nesse período.

O Neolítico também presenciou a manifestação de práticas religiosas. Uma série de construções passaram a abrigar rituais religiosos, e as crenças dos grupos humanos envolviam questões como a fertilidade do solo, o culto aos antepassados etc. Junto da religião, estabeleceram-se também muitas práticas funerárias.

Notas

|1| KRIWACZEK, Paul. Babilônia: a Mesopotâmia e o nascimento da civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 2018. p.36.

Por Daniel Neves Silva

Você pode se interessar também

Geografia

Agricultura

História

Período Paleolítico

História

Pré-História

História

Sumérios

Últimos artigos

Hipérbole

A hipérbole é uma figura de linguagem que usa, de propósito, o exagero nas expressões para dar ênfase ao discurso. Ela é classificada como figura de pensamento.

Período Neolítico

Período Neolítico é um dos períodos da Pré-História, profundamente marcado pela sedentarização do humano, uma consequência do desenvolvimento da agricultura.

Predatismo

Predatismo ou predação é uma relação ecológica estabelecida entre indivíduos de espécies diferentes, na qual um organismo serve de alimento para outro.

Amensalismo

Amensalismo é uma relação ecológica em que uma das espécies envolvidas inibe o crescimento ou a reprodução de outra. Um exemplo dessa interação é a maré vermelha.