Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Ciclo do carbono

O ciclo do carbono é um ciclo biogeoquímico bastante importante, uma vez que o carbono forma a estrutura de moléculas orgânicas fundamentais para todos os seres vivos.

Ilustração de paisagem com vegetais, animais e fábricas, em alusão ao ciclo do carbono. O ciclo do carbono promove a circulação do carbono entre seres vivos e meio ambiente.

O ciclo do carbono é um ciclo biogeoquímico, ou seja, garante que um elemento, no caso o carbono, circule pelo meio biótico (seres vivos) e meio abiótico (sem vida). Ele é extremamente importante e fundamental para a sobrevivência dos seres vivos, uma vez que o carbono faz parte das moléculas orgânicas que constituem todos os organismos.

Dentre os processos que fazem parte do ciclo do carbono, destacam-se a fotossíntese, a respiração e a decomposição dos seres vivos. A fotossíntese garante que o carbono presente na atmosfera seja utilizado na produção de moléculas orgânicas. Já a respiração e a decomposição garantem que o carbono seja devolvido à atmosfera. 

Leia também: Ciclo da água — outro ciclo biogeoquímico

Resumo sobre o ciclo do carbono

  • O ciclo do carbono garante que o carbono circule entre os seres vivos e o meio ambiente.

  • É um ciclo biogeoquímico.

  • O carbono participa da composição química de todos os seres vivos.

  • A fotossíntese, a respiração e a decomposição são importantes processos que fazem parte do ciclo do carbono.

  • A queima de combustíveis fósseis promove um aumento significativo na quantidade de gás carbônico na atmosfera.

  • O aquecimento global é uma intensificação do efeito estufa e está associado à ação humana.

Videoaula sobre o ciclo do carbono

O que é o carbono?

O carbono é um elemento químico extremamente importante. Ele é encontrado na atmosfera, nas rochas, nos solos e até mesmo nos oceanos. Além disso, é o elemento que forma todas as moléculas orgânicas, constituindo, portanto, todos os seres vivos.

O que é o ciclo do carbono?

O carbono é extremamente importante e distribuído amplamente no planeta, circulando entre os seres vivos e o meio ambiente. Denominamos ciclo do carbono o processo em que o carbono sai do meio ambiente para os seres vivos e retorna posteriormente para o ambiente. Por garantir que o carbono circule pelo meio abiótico (sem vida) e pelo meio biótico (seres vivos), dizemos que esse ciclo é um ciclo biogeoquímico.

Veja também: Por que a decomposição é tão importante para a vida no planeta?

Quais são as etapas do ciclo do carbono?

Veja os principais processos que estão envolvidos no ciclo do carbono.

Fotossíntese

Na atmosfera, o carbono é encontrado na forma de gás carbônico. Os organismos fotossintetizantes, como algas e plantas, retiram o gás carbônico da atmosfera e utilizam o carbono para a formação, na presença de luz, de substâncias orgânicas (glicose), garantindo, dessa forma, a produção do alimento de que necessitam para sobreviver.

As moléculas orgânicas produzidas pelos organismos fotossintetizantes fornecerão carbono àqueles que se alimentarem deles, e, por meio da cadeia alimentar, o carbono será fornecido para outros seres vivos.

Respiração

A respiração é outro processo relacionado ao ciclo do carbono, entretanto, diferentemente da fotossíntese, a respiração não retira o carbono da atmosfera e sim o devolve. Durante o processo chamado de respiração celular, as células dos seres vivos conseguem converter o carbono das moléculas orgânicas de volta em gás carbônico.

Decomposição dos seres vivos

Outra forma como o carbono retorna ao ambiente é a decomposição da matéria orgânica, realizada por organismos decompositores.

Vale destacar ainda que algumas atividades humanas contribuem para o aumento de gás carbônico atmosférico, sendo esse o caso da queima dos combustíveis fósseis. A queima da madeira também devolve quantidades significativas de gás carbônico para a atmosfera.

O ciclo do carbono e a ação do homem

Os seres humanos, com suas atividades, provocam com frequência impactos negativos no meio ambiente. No caso do ciclo do carbono não é diferente, uma vez que a liberação excessiva de gás carbônico provoca alterações no equilíbrio desse ciclo.

A queima de combustíveis fósseis está relacionada com as mudanças climáticas.

Quando queimamos combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão mineral, aumentamos consideravelmente a quantidade de gás carbônico atmosférico. Esse aumento é também verificado quando desmatamos e realizamos queimadas. Parte desse gás carbônico liberado pode, por exemplo, ser usado por vegetais para a realização da fotossíntese. Entretanto, os níveis elevados levam a um desequilíbrio no ciclo.

Saiba mais: Créditos de carbono — uma alternativa para diminuir o efeito estufa

Efeito estufa e ciclo do carbono

Não podemos deixar de apontar que o aumento dos níveis de gás carbônico atmosférico contribui para a intensificação do chamado efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural e essencial para que o planeta permaneça em sua temperatura adequada, entretanto, sua intensificação (aquecimento global) desencadeia uma série de mudanças climáticas que afetam a vida de todos os seres vivos.

Algumas das consequências do aquecimento global são:

  • extinção de espécies;

  • derretimento das geleiras;

  • aumento do nível do mar;

  • aumento das secas;

  • alteração nos regimes de chuvas;

  • desertificação.

Fontes

ADUAN, Roberto Engel; VILELA, Marina de Fátima; DOS REIS JÚNIOR, Fábio Bueno. Os grandes ciclos biogeoquímicos do planeta. Embrapa, jun. 2004. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Planaltina: Distrito Federal, 2004.

MARTINS, Claudia Rocha et. al. Ciclos globais de carbono, nitrogênio e enxofre. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola (UFMG). v.5, p. 28-41, 2003. Disponível em: http://zeus.qui.ufmg.br/~qgeral/downloads/material/quimica_da_atmosfera.pdf

RODRIGUES, João Domingos. Identidade dos seres vivos: como a planta consegue produzir seu próprio alimento? Museu Escola do IB: Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2023. Disponível em: https://www2.ibb.unesp.br/Museu_Escola/3_identidade/3-identidade_funcoes_fotossintese2.htm.

O CICLO DO CARBONO. Veja como o carbono se move através dos ecossistemas terrestres e como as atividades humanas estão alterando o ciclo do carbono. Khan Academy, 2023. Disponível em: https://pt.khanacademy.org/science/biology/ecology/biogeochemical-cycles/a/the-carbon-cycle.   

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Aquecimento global

Ciências

Carbono

Ciências

Ciclo da água

Ciências

Ciclo do nitrogênio

Últimos artigos

Sedentarização

A sedentarização foi o processo por meio do qual os humanos abandonaram o nomadismo, fixando-se em uma localidade.

Comidas de Festa Junina

Algumas comidas de Festa Junina são: a pamonha, o milho cozido, o milho assado, a canjica, o curau, o arroz-doce, a paçoca, o mané pelado, o pé de moleque e o bolo de milho.

Lixiviação

Lixiviação é um processo de degradação do solo que consiste na retirada de seus nutrientes pela percolação da água, o que reduz sua fertilidade e pode levar à desertificação.

Ciclo do Café

O ciclo do café foi o ciclo econômico em que o café predominou na economia brasileira. Iniciou em meados do século XIX, estendendo-se até metade do século XX.