Gráfico de setores

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Gráfico de setores O gráfico de setores lembra o formato de uma pizza e é uma das formas mais simples de representar dados
Por Luiz Paulo Moreira Silva
PUBLICIDADE

O gráfico de setores é uma importante ferramenta usada para a análise de dados obtidos, por exemplo, em uma pesquisa. Esse gráfico consiste em representar informações na forma de setor circular. Para tanto, basta considerar que 100% dos dados equivalem a um setor circular de 360°. Dessa forma, metade desses dados equivale a um setor circular de 180°, e assim por diante.

O ângulo do setor circular corresponde a uma porcentagem dos dados. A totalidade do gráfico sempre será uma circunferência, pois o total dos dados representados sempre é igual a 100%, ou pode ser escrito dessa forma.

Assim, digamos que o candidato A, em uma pesquisa eleitoral, possui 50% das intenções de votos dos eleitores, e o candidato B possui 25%. Em um gráfico de setores, as intenções de voto do candidato A seriam representadas por um setor circular de 180°; as intenções de voto do candidato B seriam representadas por um setor circular de 90° e o último setor circular, usado para completar os 100%, seria relativo à soma dos votos brancos, nulos e de outros candidatos.

A preferência dos eleitores pode ser representada pelo gráfico de setores
A preferência dos eleitores pode ser representada pelo gráfico de setores

Esse gráfico também é conhecido como gráfico de pizza.

Tabela de frequência relativa e absoluta

Há diversas maneiras de representar dados, e uma delas é o gráfico. Existem muitos tipos de gráficos, e cada um deles é mais indicado para situações específicas. Entre os mais simples, está o gráfico de setores ou de pizza.

Outra maneira de representar dados é por meio de uma lista que os contenha. Essa maneira é a pior para a análise, por isso, não é muito usada.

Informações ou dados também podem ser dispostos e representados em uma tabela. Recomendamos a construção de uma tabela sempre que for necessário construir um gráfico. No caso do gráfico de setores, será necessário que essa tabela possua a frequência relativa de cada uma das variáveis nela.

Frequência relativa é a porcentagem relacionada a cada variável, ou a razão relativa a essa porcentagem. Uma pesquisa de satisfação com o produto A, por exemplo, foi feita com 2000 pessoas. Dessas, 200 disseram estar muito satisfeitas; 1500 disseram estar satisfeitas e 300 pessoas disseram estar insatisfeitas.

Essa situação pode ser representada pela seguinte tabela:

Para obter essas porcentagens, basta dividir a frequência de cada uma das respostas dadas pelo total de pessoas entrevistadas e multiplicar o resultado por 100. Outra técnica que pode ser usada é a regra de três.

Construção do gráfico de setores

Para construir o gráfico de setores, basta fazer a tabela com as frequências relativas em porcentagem e, depois, utilizar essas porcentagens para descobrir o ângulo de cada um dos setores circulares do gráfico. Para isso, usa-se a regra de três.

Em seguida, por meio de alguma ferramenta para medir ângulos, pode-se construir cada um dos setores circulares. Por fim, colocam-se as porcentagens de dados em cada um dos setores circulares, a legenda e o título do gráfico.

Usando como exemplo a tabela anterior, teremos os seguintes ângulos para os setores circulares:

Muito satisfeitos: 200 pessoas

100% = 360°
10%        x 

100x = 360·10

100x = 3600

x = 3600
    100

x = 36°

Satisfeitos: 1500 pessoas

100% = 360°
75%       x 

100x = 360·75

100x = 27000

x = 27000
     100

x = 270°

Insatisfeitos: 300 pessoas

100% = 360°
15%       x 

100x = 360·15

100x = 5400

x = 5400
     100

x = 54°

O gráfico de setores relacionado a essa situação será:

Avaliação

-

    Escola Kids