Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Substantivos

O substantivo é a classe de palavras que dá nome a seres, coisas, sentimentos, processos, estados, fenômenos, substâncias, entre outros. Por isso, é uma classe com muitas palavras e é subdividida de acordo com as características daquilo que nomeia. Os substantivos são variáveis em gênero (masculino ou feminino), número (singular ou plural) e grau (aumentativo e diminutivo).

Leia também: Embaixo ou em baixo: junto ou separado?

Classificação dos substantivos

Os substantivos são classificados em: comum ou próprio; concreto ou abstrato; primitivo ou derivado; simples ou composto. Podem, ainda, ser substantivos coletivos. Vamos entender essas classificações.

  • Substantivos comuns e substantivos próprios

  • Substantivo comum: é o nome comum e generalizado que se dá a uma espécie ou categoria de ser ou coisa, podendo ser aplicado ao grupo inteiro da mesma espécie ou categoria. Costuma estar em letra minúscula.
  • Substantivo próprio: é o nome específico que se dá a um (ou alguns) indivíduo(s), lugar(es), marca(s), entre outros. O nome próprio serve para identificar um substantivo em relação aos demais, tornando-o inconfundível. Costuma estar em letra maiúscula.

substantivo

comum

próprio

cachorro

Doug

país

Brasil

escritor

Carolina de Jesus

deus

Afrodite

refrigerante

Coca-Cola

planeta

Terra

 

  • O meu cachorro é engraçado.
  • O Doug é engraçado.

Nas duas sentenças, “cachorro” é um substantivo comum, pois é o nome que se refere a todo e qualquer cachorro. “Doug” é um substantivo próprio, pois refere-se a um cachorro especificamente.

  • Substantivos concretos e substantivos abstratos

  • Substantivo concreto: sua existência é própria e independente, podendo ser fisicamente (como no caso de seres vivos, objetos inanimados, fenômenos concretos e palpáveis na realidade) ou mentalmente. Assim, mesmo seres imaginários podem ser concretos, a partir do momento em que ganham forma no pensamento e são imaginados como dotados de existência própria.
  • Substantivo abstrato: é aquele que depende de um ser concreto para existir, isto é, para ser produzido. A existência do substantivo abstrato está atrelada a outro substantivo concreto e totalmente dependente dele, como no caso de sentimentos, anseios ou fenômenos não palpáveis.

substantivo

concreto

abstrato

cimento

imaginação

saci-pererê

mitologia

dragão

medo

água

sede

professor

ensino

ser humano

vida

 

  • Imaginou um anjo no céu.
  • A dela era inabalável.

Nas sentenças, “anjo” é um substantivo concreto por representar um ser que, independentemente de ser real ou imaginado, apresenta-se como dotado de existência própria. Por outro lado, “fé” é um substantivo abstrato, pois não é um ser independente, mas depende de outro ser concreto (“ela”, ou seja, uma pessoa) para existir.

  • Substantivos primitivos e substantivos derivados

  • Substantivo primitivo: é aquele cujo nome não se origina de outro nome. Por isso, é um nome que pode originar outros nomes.
  • Substantivo derivado: é aquele cujo nome origina-se de outro. Essa origem dá-se comumente por meio do radical de um substantivo primitivo.

substantivo

primitivo

derivado

pedra

pedreiro

flor

floricultura

lenha

lenhador

rato

ratoeira

terra

terreno

fogo

fogueira

  • Substantivos simples e substantivos compostos

  • Substantivo simples: é aquele que apresenta apenas um radical em sua forma.
  • Substantivo composto: é aquele que apresenta mais de um radical em sua forma. Pode ser formado pela junção de duas ou mais palavras, que se transformam em uma só por justaposição (nesse caso, ligadas por hífen) ou por aglutinação.

substantivo

simples

composto

roupa

guarda-roupa

queda

paraquedas

sol

girassol

flor

beija-flor

retrato

autorretrato

plano

planalto

segundo

segunda-feira

  • Substantivos coletivos

São nomes usados para representar um grande conjunto de seres ou de objetos de uma mesma espécie ou classificação. O coletivo fica no singular por já representar a ideia de um grupo, ou seja, de múltiplos seres.

substantivo

individual

coletivo

pessoa

povo, sociedade

animais de uma mesma região

fauna

plantas de uma mesma região

flora

árvore

floresta

ilha

arquipélago

músico

banda

pássaro

bando

  • Vimos vários pássaros voando para lá.
  • Vimos um bando voando para lá.

Para saber mais detalhes dessa categoria de substantivos, acesse o nosso texto: Substantivos coletivos.

Os substantivos são palavras utilizadas para nomear.

Gênero dos substantivos

Na língua portuguesa, os substantivos são variáveis em dois gêneros: masculino ou feminino.

  • Substantivos masculinos são antepostos pelos artigos o, um, os, uns.
  • Substantivos femininos são antepostos pelos artigos a, uma, as, umas.

De acordo com certas regras em relação aos gêneros, os substantivos podem ser classificados em biformes ou uniformes. Os substantivos uniformes podem, ainda, ser sobrecomuns, comuns de dois gêneros ou epicenos. Vamos entender melhor.

  • Substantivos biformes

Como o nome indica, esses substantivos têm duas formas diferentes de acordo com o gênero do substantivo que nomeiam, normalmente tendo o final da palavra alterado.

substantivo

masculino

feminino

o mecânico

a mecânica

o professor

a professora

o leão

a leoa

o maestro

a maestrina

 

Vale lembrar que, em alguns casos especiais, o gênero pode indicar certas diferenças específicas:

o jarro – a jarra

A jarra é um tipo específico de jarro.

o barco – a barca

A barca é um tipo de barco muito maior do que os barcos comuns.

  • Substantivos uniformes

Apresentam apenas uma única forma. Há condições diferentes para classificar o gênero desse tipo de substantivo, conforme aprenderemos a seguir.

Alguns substantivos existem apenas em um gênero, como é o caso de muitos seres não vivos:

  • o amor
  • a ponte
  • um riacho
  • uma mesa
  • Substantivos sobrecomuns

São aqueles que têm um só gênero, mas são usados para pessoas. Por exemplo:

  • a criança
  • o gênio
  • a vítima 
  • o cônjuge

Veja mais informações sobre esse tipo de substantivos, acessando: O que são os substantivos sobrecomuns?

  • Substantivos comuns de dois gêneros

Existem nos dois gêneros, mas de forma invariável, permanecendo sempre os mesmos. A identificação é feita pelo uso de outras palavras que determinam o gênero, como o artigo, o adjetivo ou o pronome que os acompanham:

  • o/a estudante
  • o/a policial
  • o/a atleta
  • o/a gerente

Entenda melhor como ocorre essa forma de flexão de gênero lendo o texto: Substantivos comuns de dois gêneros.

  • Substantivos epicenos

São invariáveis e referem-se a animais. Podem ser acompanhados de termos como “macho” ou “fêmea” para fazer a diferenciação. Exemplos:

  • a cobra
  • o crocodilo
  • a andorinha
  • o guepardo (macho ou fêmea)

Número dos substantivos

Os substantivos também são variáveis em número, podendo ser singular ou plural. A regra mais comum na língua portuguesa para indicar o plural é o acréscimo da letra -s ao final das palavras. Observe:

substantivo

singular

plural

sapo

sapos

maçã

maçãs

garota

garotas

campo

campos

 

No entanto, o final de algumas palavras exige que certas adaptações sejam feitas, não bastando apenas acrescentar a letra -s. Assim, é mais comum que: palavras que terminam com -m no singular passem para -ns no plural; palavras terminadas em -s, -r ou -z no singular passem para -es no plural; palavras terminadas em -el no singular passem para -éis no plural; e palavras terminadas em -ão no singular passem para -ões, -ãos ou -ães no plural.

Vejamos os exemplos:

substantivo terminado em -m

singular

plural

nuvem

nuvens

jardim

jardins

bombom

bombons

substantivo terminado em -s, -r -z

singular

plural

português

portugueses

amor

amores

rapaz

rapazes

substantivo terminado em -el

singular

plural

anel

anéis

quartel

quartéis

cascavel

cascavéis

substantivo terminado em -ão

singular

plural

sermão

sermões

irmão

irmãos

pão

pães

 

Alguns substantivos não mudam sua forma, sendo a mesma palavra para o singular e para o plural. Costuma ser o caso de substantivos terminados em -x ou de proparoxítonas e paroxítonas terminadas em -s. É necessário observar o contexto para saber se trata-se de singular ou plural, observando artigo, adjetivo e pronomes que acompanham o substantivo.

substantivo terminado em -x ou paroxítona e proparoxítona terminada em -s

singular

plural

a xérox

as xérox

o tênis

os tênis

o ônibus

os ônibus

 

Atenção: “os óculos” é um substantivo plural, popularizado dessa forma. O singular de óculos é “o óculo”.

Grau dos substantivos

Os substantivos também costumam ser variáveis em grau, o que significa que podem ser intensificados ou reduzidos. Isso normalmente ocorre com o uso do aumentativo e do diminutivo, que podem fazer referência ao tamanho do substantivo. O uso do diminutivo também pode passar a ideia de carinho ou de menosprezo, enquanto o uso do aumentativo pode passar a ideia de admiração ou de chacota.

O diminutivo costuma ser feito com o uso dos sufixos -inho (masculino) ou -inha (feminino). Para o aumentativo, é mais comum o uso dos sufixos -ão (masculino) ou -ona (feminino).

substantivo

 

diminutivo

aumentativo

amigo

amiguinho

amigão

gata

gatinha

gatona

bobo

bobinho

bobão

planta

plantinha

plantona

 

Veja mais: Pronomes – classe gramatical que substitui, determina ou acompanha os substantivos

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (Cesgranrio)

Há três substantivos em:

a) "... com sérias dificuldades financeiras." (L. 8)

b) "... não conseguiu prever nem a crise econômica atual." (L. 15-16)

c) "... vai tornar inúteis arquivos e bibliotecas)." (L. 24-25)

d) "... precisa da confirmação e do endosso do 'impresso'," (L. 34-35)

e) "Muitos dos blogs e sites mais influentes..." (L. 44-45)

Resolução

Alternativa D. Os substantivos são “confirmação”, “endosso” e “impresso”. Nos outros itens, há apenas um ou dois substantivos.

Questão 2 – (Cesgranrio)

Os vocábulos destacados apresentam, respectivamente, a mesma classe das palavras "saber" e "especialista", nas expressões "proteger seu saber" (l. 5) e "alguns especialistas" (l. 10), em:

a) Uma forma de poder e prestígio é conhecer as leis e saber aplicá-las.

b) Um advogado ocasional possui várias outras atividades, independentes do Direito.

c) Os jovens patrícios começaram a conhecer de cor as leis das XII Tábuas.

d) O código romano não era de modo algum conhecido pelos plebeus.

e) O crescimento da população romana não tardou a demandar mais advogados.

Resolução

Alternativa D. No contexto, “saber” e “especialista” são substantivos. A alternativa que tem apenas substantivos destacados é a D, com “código” e “plebeus”.

Por Guilherme Viana

Você pode se interessar também

Português

Morfossintaxe do substantivo

Português

Vogal temática

Português

Locução pronominal

Português

Artigos

Últimos artigos

Lei do Ventre Livre

A Lei de Ventre Livre foi uma lei aprovada em 1871 que tinha como proposta iniciar a transição lenta e gradual do Brasil para a abolição do trabalho escravo.

Sistema respiratório | Ensino Fundamental I

O sistema respiratório é responsável pela oxigenação das células. Para que isso aconteça, é necessário que o ar passe por diversos órgãos.

Sistema Urinário | Ensino Fundamental I

O sistema urinário é o responsável por eliminar as excretas do organismo, isto é, tudo aquilo de que nosso corpo não precisa mais.

8 de setembro — Dia Internacional da Alfabetização

O Dia Internacional da Alfabetização é uma data que busca conscientizar sobre os vários problemas que envolvem a alfabetização no Brasil e no mundo.