Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Aumentativo

O grau aumentativo é uma das flexões de grau do substantivo. O aumentativo pode indicar literalmente um tamanho maior do que o comum ou, ainda, ter um sentido qualitativo.

O grau aumentativo nos substantivos indica um tamanho maior do que o comum. O grau aumentativo nos substantivos indica um tamanho maior do que o comum.

O grau aumentativo é usado em substantivos ou em adjetivos para indicar um tamanho muito acima do comum ou uma intensidade maior do que a comum. Dependendo do contexto, o aumentativo também pode servir para passar a ideia de admiração ou desprezo.

Resumo sobre o aumentativo

  • Os substantivos variam em gênero, número e grau. Neste último caso, tem-se o aumentativo e o diminutivo.

  • O grau aumentativo expressa grandezas maiores do que a média ou qualidades mais intensas do que o comum.

  • Em alguns contextos, o grau aumentativo também pode passar a ideia de admiração ou de desprezo.

  • O sufixo -ão é comumente associado ao grau aumentativo, mas há diversos outros sufixos para formar o aumentativo.

Leia também: Significação dos sufixos – sentidos que o sufixo pode acrescentar às palavras

O que é aumentativo?

O grau aumentativo é usado principalmente em substantivos para indicar um tamanho maior do que a média. O grau aumentativo também é usado para transmitir a ideia de intensidade (principalmente em adjetivos), de admiração ou de desprezo, dependendo do contexto. Observe:

Ela mora naquele casarão.

No exemplo, o substantivo “casa” aparece no aumentativo, indicando se tratar de uma casa muito grande.

Ele ficou bonitão com essa roupa!

Nesse outro exemplo, o adjetivo “bonito” aparece no aumentativo para transmitir intensidade à qualidade. Significa que a pessoa ficou “muito bonita”.

Nossa, que carrão!

O substantivo “carro” está no aumentativo para indicar que se trata de um carro grande ou, então, de um carro admirável.

Aquele sabidão não entende de nada!

No exemplo acima, o termo “sabido” funciona como substantivo e aparece no aumentativo para passar a ideia de desprezo.

Atenção!

Lembre-se de que se o substantivo flexiona de acordo com o grau (aumentativo e diminutivo), mas também de acordo com gênero e número (masculino ou feminino; singular ou plural).

O casarão

Os casarões

A florzona

As florzonas

Formação do aumentativo

Há duas maneiras de se formar o aumentativo: por meio do processo de formação sintética ou analítica.

  • Aumentativo sintético

O aumentativo é formado acrescentando-se um sufixo, ou seja, um pedaço de palavra no fim do termo que estará no aumentativo. Veja:

substantivo

aumentativo

sintético

boca

bocarra

casa

casarão

flor

florzona

homem

homenzarrão, homão

Veja que, muitas vezes, o sufixo -ão é usado para indicar o aumentativo, mas essa regra pode variar.

  • Aumentativo analítico

O aumentativo analítico é formado por um substantivo com um adjetivo. Nesse caso, o substantivo permanece inalterado. O adjetivo acompanha o substantivo para trazer a ideia de aumentativo.

substantivo + adjetivo

casa grande

Além do adjetivo “grande”, outros poderiam ser usados para passar a ideia de aumentativo: “imensa”, “enorme” etc.

Veja mais: Comparação – figura de linguagem que permite perceber as diferenças e semelhanças entre elementos

Lista de palavras no aumentativo

Como vimos, o sufixo -ão não é o único que pode indicar aumentativo. Vamos conhecer algumas palavras no aumentativo e ver como vários sufixos diferentes podem passar essa ideia.

substantivo

aumentativo

animal

animalão

asa

asona

barca

barcaça

barulho

barulheira, barulhão

boca

bocarra, bocaça, boqueirão

borboleta

borboletona

cabeça

cabeção, cabeçorra

casa

casarão

chapéu

chapelão, chapeirão

copo

copázio, copaço, coparrão

corda

cordão

corpo

corpanzil, corpaço

drama

dramalhão

faca

facão, facalhão, facalhaz

festa

festão, festança

flor

florzona

fogo

fogaréu

forno

fornalha, fornaça

forte

fortaleza

garrafa

garrafão

homem

homenzarrão, homão

livro

livrão, livrório

lobo

lobão, lobaz

mão

manopla, manzorra,

mãozorra

moça

mocetona

monte

montanha

panela

panelão

papel

papelão

pedra

pedregulho

peixe

peixão

prato

pratão, pratarraz, pratarrão,
pratalhaz, pratázio

rapaz

rapagão

rico

ricaço

rocha

rochedo

sala

salão

sapo

saparrão

vidro

vidraça

voz

vozeirão, vozeiro

Diferença entre aumentativo e diminutivo

Se o grau aumentativo indica um tamanho maior do que a média, o grau diminutivo indica um tamanho menor do que a média. Além disso, o grau diminutivo também é usado para passar ideias de afetividade ou de desprezo, dependendo do contexto. Veja um exemplo:

João é um novo amiguinho.

No exemplo acima, João pode ser um amigo pequeno, um amigo muito novo, um amigo muito querido ou, se houver ironia, o diminutivo pode ter sido usado em tom de deboche.

  • Videoaula sobre aumentativo e diminutivo

Exercícios resolvidos sobre aumentativo

Questão 1 - Assinale a alternativa que contém um substantivo no aumentativo.

A) Esse mamão estava uma delícia!

B) O lobo mau tinha uma bocarra!

C) Meu coração é gigante!

D) Eu quero quatro pães, por favor.

Resolução

Alternativa B. A palavra “bocarra” é o aumentativo da palavra “boca”.

Questão 2 - Assinale a alternativa que não contém um substantivo no aumentativo.

A) Você tinha razão sobre essa história.

B) Ela vivia num casarão.

C) Houve um fogaréu naquela região.

D) A ricaça não parava de se gabar.

Resolução

Alternativa A é a única na qual não há aumentativo. “Casarão” é aumentativo de “casa”; “fogaréu” é aumentativo de “fogo”; e “ricaça” é aumentativo de “rica”.

Por Guilherme Viana

Você pode se interessar também

Português

Adjetivos

Português

Diminutivo

Português

Gênero do substantivo

Português

Significação dos sufixos

Últimos artigos

Revolta da Armada

Revolta da Armada foi um levante armado organizado por membros da Marinha, em 1893. Esse movimento se deu pela forte oposição da Marinha a Floriano Peixoto.

Símbolos nacionais

Símbolos nacionais são quatro símbolos que, por determinação da nossa lei, representam a nação brasileira.

Guerra do Contestado

Guerra do Contestado foi um conflito que se estendeu de 1912 a 1916 e mesclou insatisfação social com messianismo religioso.

Encontro vocálico

O encontro vocálico ocorre quando uma vogal e uma semivogal aparecem uma depois da outra em uma palavra. Há três tipos de encontro vocálico: o ditongo, o tritongo e o hiato.