Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Concordância Verbal

A concordância verbal é a concordância que se dá entre o verbo e o sujeito, em número e pessoa. Ela é muito importante, por isso, que tal conhecê-la?

A concordância verbal representa mais um daqueles tantos assuntos que a gramática nos revela e sobre os quais precisamos ter conhecimento, de modo a expressá-los corretamente, sempre que necessário for. Dessa forma, para que você não pense que esse assunto é muito complicado, saiba que se trata apenas da concordância em pessoa (eu, tu, ele...) e número (singular ou plural) entre o verbo e seu respectivo sujeito.

É simples, observe:

Eu gosto de chocolate.

Nós adoramos passear.

Pedro é um excelente amigo.

Percebeu que o que antes dissemos se tornou uma verdade por meio desses exemplos? Ou seja, pessoa gramatical (eu...) no singular – verbo no singular (gosto) / pessoa gramatical no plural (nós...) – verbo também no plural (adoramos).

Mas, como você sabe, esses conhecimentos que adquirimos com a gramática e que fazem parte da língua que falamos são, às vezes, constituídos de algumas regrinhas e algumas exceções... Sendo assim, podemos dizer que os exemplos acima representam uma ideia básica, mas que existem casos que chamamos de específicos. Vamos aprendê-los, então?

A concordância verbal é um dos importantes assuntos relacionados à gramática
A concordância verbal é um dos importantes assuntos relacionados à gramática

# Quando o sujeito é representado por um substantivo coletivo, o verbo fica na terceira pessoa do singular:

A multidão aplaudiu a apresentação dos artistas.

# Em casos em que o sujeito é representado por um pronome de tratamento, o verbo permanece na terceira pessoa do singular ou na terceira do plural:

Vossa Excelência chegou atrasado.
Vossas Senhorias aceitam
o convite?

# Quando o sujeito é representado pelo pronome relativo “que”, o verbo concorda com o elemento que aparece antes desse pronome:

Foi ele que trouxe o presente.

# Nos casos em que o sujeito é representado pelo pronome “quem”, o verbo tanto pode permanecer na terceira pessoa do singular quanto concordar com o termo que antecede esse pronome:

Fui eu quem venceu a competição.

OU

Fui eu quem venci as competições.

Até agora aprendemos os casos relacionados ao sujeito simples, ou seja, aquele que possui apenas um núcleo. A partir de agora iremos conhecer os casos relacionados ao sujeito composto:

# Quando o sujeito composto aparece antes do verbo, nosso amiguinho (o verbo) fica sempre no plural:

Beatriz e Júlia foram ao cinema.

# Quando o contrário acontece, ou seja, quando o sujeito composto aparece depois do verbo, esse verbo deve concordar com o elemento que se encontra mais próximo a ele ou deve permanecer no plural:

Foram ao cinema Júlia e Beatriz.

Ou

Foi ao cinema Júlia e Beatriz.

# Nos casos em que o sujeito composto é constituído por pessoas gramaticais diferentes, o verbo fica no plural. Nesse caso devemos estar atentos a dois casos principais:

- Caso haja a primeira pessoa (eu/nós), ela deverá prevalecer sobre todas as outras:

Eu, tu e ele faremos um gostoso lanche.

- Quando houver a segunda pessoa (tu/vós), o verbo pode permanecer na segunda ou na terceira pessoa do plural:

Tu e ele sois meus amigos.

Ou

Tu e ele são meus amigos.

A concordância verbal é a concordância (em número e pessoa gramatical) que se dá entre o verbo e o sujeito A concordância verbal é a concordância (em número e pessoa gramatical) que se dá entre o verbo e o sujeito
Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Infinitivo flexionado

Português

Você concluiu seu texto... é hora de revisá-lo

Português

Características do predicado

Português

Aprendendo a escrever corretamente

Últimos artigos

Lobisomem

O lobisomem é um homem amaldiçoado com a condição de se transformar em um ser violento, que é metade homem e metade lobo, todas as noites de lua cheia.

Sarampo

O sarampo é uma virose que pode desencadear complicações e até mesmo a morte. Causa febre, manchas no corpo e mal-estar.

Bicho-preguiça

Bicho-preguiça, também conhecido apenas por preguiça, é um animal vertebrado, mamífero, pertence à superordem Xenarthra, e habita desde a América Central até a América do Sul.

USMCA

A nova atualização do acordo trilateral entre Estados Unidos, México e Canadá foi chamada de USMCA. Esse acordo representa uma modernização da zona de livre comércio.