Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Diferenças entre os seres humanos e outros animais

Compreenda quais são as diferenças entre os seres humanos e os outros animais e por que não somos “superiores”!

Todos os animais possuem seu espaço no planeta Todos os animais possuem seu espaço no planeta

É muito comum que as pessoas fiquem surpresas e até mesmo irritadas quando falamos que o homem é um animal. Entretanto, somos parte desse reino, assim como as águas-vivas, baratas, piolhos, cachorros, entre outros, e devemos aceitar tal fato.

Afinal, o que é um animal?

Animais são organismos que pertencem ao Reino Animalia, também chamado de Reino Metazoa. Nesse reino, incluem-se organismos com células eucarióticas, heterotróficos e multicelulares, isto é, os animais são seres que possuem célula com núcleo delimitado por membrana, não produzem seu próprio alimento e são formados por várias células.

Diante da definição do que é um organismo pertencente ao Reino Animalia, fica claro porque somos animais e porque estamos reunidos com tantos outros seres distintos. Estar no mesmo reino, no entanto, não significa que todos os animais são iguais. É por isso que, abaixo de reino, temos categorias taxonômicas (grupos de organismos agrupados por suas semelhanças) mais restritas, como filo, classe, ordem, família, gênero e espécie.

Quais características podem diferenciar-nos de outros animais?

Várias diferenças separam-nos de outros animais, uma vez que somos de espécies diferentes, com morfologia, fisiologia e comportamentos distintos. Cada espécie possui uma característica única que a define e, portanto, para falar em diferenças, é necessário ter outro organismo para que se faça uma comparação.

Ao comparar os humanos com organismos invertebrados, por exemplo, fica evidente que a falta de um esqueleto complexo difere-nos desses organismos. Quando nos comparamos com organismos mais complexos, as diferenças diminuem, entretanto, ainda existem, tanto em questões biológicas quanto comportamentais.

É muito comum que as pessoas diferenciem os humanos de outros animais por sua capacidade de acumular conhecimentos e transmiti-los socialmente. Entretanto, outros organismos são capazes de realizar tal ação. Alguns estudos, por exemplo, confirmam que algumas orcas comunicam-se e mudam sua comunicação ao longo do tempo, o que demonstra que elas podem acumular conhecimento e também transmiti-lo.

Existem ainda linhas que afirmam que os seres humanos são diferentes porque possuem capacidade de criar símbolos, como rituais de sepultamento, além da grande capacidade humana de inovação. A capacidade de inovação, no entanto, é uma característica observada em outros organismos, como macacos, que realizam ações que até então não eram realizadas pelo grupo.

É importante destacar que todas as espécies apresentam características importantes e que todas são diferentes e possuem um espaço no planeta. A espécie humana não é melhor ou pior que outra, é apenas diferente, como todas as espécies são. Sendo assim, temos que entender que os seres humanos não são superiores à nenhuma outra espécie e devemos viver em harmonia com todos os animais existentes.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Datas Comemorativas

4 de Outubro - Dia Mundial dos Animais

Ciências

A importância dos animais para o ser humano

Ciências

Animais ameaçados de extinção

Ciências

Animais domésticos e silvestres

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.