Qual matéria está procurando ?

Ciências

Ciências

Caxumba

A caxumba é uma doença causada por vírus que acomete principalmente crianças e compromete as glândulas salivares, provocando o aumento dessas estruturas.

A caxumba pode ser prevenida por meio da vacinação. A caxumba pode ser prevenida por meio da vacinação.

As pessoas com caxumba podem ser assintomáticas ou apresentarem sintomas. Quando os sintomas aparecem, esses surgem, em média, 16 a 18 dias após o contágio. Os principais sintomas da doença são febre e inchaço das glândulas salivares, principalmente a parótida. De acordo com o Ministério da Saúde, no entanto, aproximadamente 30% das infecções podem não apresentar aumento aparente dessas glândulas.

Outros sintomas que podem surgir em pessoas acometidas pela caxumba são dor de cabeça, fraqueza, perda de apetite e dor ao mastigar e engolir. Em crianças com idade inferior a cinco anos, sintomas das vias respiratórias e perda neurosensorial da audição são observados. Em alguns casos, a infecção em homens pode provocar a inflamação dos testículos (orquite). Em mulheres, a doença pode provocar mastite, que é a inflamação dos tecidos da mama.

Como o vírus da caxumba apresenta tropismo pelo sistema nervoso central, complicações como encefalite e meningite podem ocorrer. Mulheres grávidas que adquirem a doença durante o primeiro trimestre de gestação podem sofrer aborto espontâneo.

Leia também: Catapora — outra doença altamente contagiosa ocasionada por um vírus

Como é feito o diagnóstico da caxumba?

O diagnóstico da caxumba é feito por meio da análise dos sintomas apresentados pelo doente. Para confirmar o diagnóstico, podem ser realizados

  • isolamento viral;

  • exame RT-PCR (reação em cadeia da polimerase em tempo real);

  • sorologia (IgG e IgM).

A sorologia deve ser realizada com amostras pareadas, sendo a primeira colhida durante a fase aguda da doença e a segunda, cerca de 15 a 20 dias após a primeira.

Como é feito o tratamento da caxumba?

Recomenda-se que o indivíduo repouse e utilize mendicamentos para controlar a febre e reduzir as dores. Além disso, o enfermo deve se hidratar bem e evitar alimentos ácidos, uma vez que o organismo daqueles aceitam mal esse tipo de alimento.

Durante os nove dias após o início dos sintomas, é importante evitar locais com aglomerações, como as escolas, para evitar a transmissão da caxumba para outras pessoas. Apesar de a doença apresentar, geralmente, evolução benigna, quadros graves podem surgir. Assim, é importante se atentar ao surgimento de complicações, como a inflamação dos testículos.

Veja também: Diferenças entre gripe e resfriado — duas doenças virais contagiosas comuns

É possível se prevenir da caxumba?

A caxumba pode ser prevenida por meio da vacinação. A vacina contra a doença faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e trata-se de uma vacina combinada, ou seja, que protege o indivíduo contra mais de uma enfermidade. As vacinas que protegem contra caxumba são a tríplice viral e a tetra viral. A tríplice viral protege, além da caxumba, contra sarampo e rubéola, enquanto a tetra viral oferece proteção contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela.

Videoaula sobre as cinco vacinas que mudaram a história

Por Vanessa Sardinha dos Santos

Você pode se interessar também

Ciências

Bactérias

Ciências

Catapora

Ciências

Corpo humano

Ciências

Dengue

Últimos artigos

Crise de 1929

A Crise de 1929 foi a maior crise econômica da história dos Estados Unidos e do capitalismo. Foi iniciada pela quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Retângulo

O retângulo possui quatro lados e todos os ângulos internos medindo 90°. Essa forma geométrica está muito presente no cotidiano, como na face de caixas e nas paredes.

Paralelepípedo

O paralelepípedo é um sólido geométrico que possui todas as faces com paralelogramos. Essa forma pode ser percebida nos prédios e em caixas de sapatos.

Hiena

Hiena é um animal encontrado na África e na Ásia, bastante conhecido por seu hábito de se alimentar de carniça. Existem atualmente três espécies diferentes de hienas.