Cerrado: a caixa d'água do Brasil

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Cerrado: a caixa d'água do Brasil O Rio Araguaia possui nascentes na região compreendida pelo bioma Cerrado.
Por Rafaela Sousa
PUBLICIDADE

Por abrigar nascentes de diversos e importantes rios brasileiros, o Cerrado é conhecido como a caixa d'água do Brasil. Com uma área localizada estrategicamente no centro do país, esse bioma compreende, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), nove das doze bacias hidrográficas existentes no território brasileiro.

Além de sua posição geográfica, a topografia da região também favorece essa característica do Cerrado, dando a esse bioma uma grande importância socioambiental. O relevo com altitudes médias, predominantemente o planalto, também favorece que as nascentes presentes nesse bioma escoem para outras regiões, auxiliando na distribuição dos recursos hídricos pelo território brasileiro.

Saiba mais: As principais características do bioma Cerrado

Bacias hidrográficas do Cerrado

O Cerrado compreende nove das doze bacias hidrográficas presentes no território brasileiro. São elas:

Bacias Hidrográficas

Características

Bacia Hidrográfica do Rio Araguaia


O principal rio dessa bacia é o Rio Araguaia: 81% dessa bacia encontra-se na região compreendida pelo bioma Cerrado. Esse rio nasce na Serra de Caiapó e é considerado um dos mais importantes sistemas de áreas úmidas da porção central do Brasil.

Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco


O Rio São Francisco possui cerca de 90% de suas nascentes nas áreas compreendidas pelo bioma Cerrado. Apesar disso, mais da metade das águas dessa bacia encontra-se fora desse bioma.

Bacia Hidrográfica do Rio Tocantins


O Rio Tocantins nasce na região do planalto de Goiás, na Serra dos Pirineus, e é favorável à construção de hidrelétrica, fato que tem afetado bastante essa bacia.

Bacia Periférica Amazônica


Essa bacia compreende os rios Madeira, Tapajós e Xingu. O Rio Xingu possui nascentes que abrangem a região do bioma Cerrado.

Bacia Hidrográfica do Rio Paraná


O Rio Paraná, que comporta a Usina Hidrelétrica de Itaipu, tem suas principais nascentes no Cerrado.

Bacia Hidrográfica do Rio Paraguai


O Rio Paraguai tem suas principais nascentes advindas do Cerrado. Apesar disso, a maior parte dessa bacia encontra-se no bioma Pantanal.

Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba


O Rio Parnaíba divide suas nascentes entre os biomas Cerrado e Caatinga. Esse rio desempenha um importante papel no transporte hidroviário.

Bacia Periférica Atlântica


Compreende as bacias do Rio Doce, Rio Jequitinhonha e Rio Pardo.

Bacia Periférica do Golfão Maranhense


Os principais rios que compõem essa bacia são: Munim, Mearim, Pindaré e Itapecuru. Na bacia do Rio Munim, encontra-se o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.


O Rio São Francisco possui cerca de 90% das suas nascentes na região compreendida pelo Cerrado.
O Rio São Francisco possui cerca de 90% das suas nascentes na região compreendida pelo Cerrado.

Por que o Cerrado é considerado a caixa d'água do Brasil?

Por compreender nove das doze bacias hidrográficas existentes em território brasileiro, o bioma Cerrado é considerado a caixa d'água do Brasil. Sua localização na porção central do país, somada à sua elevação topográfica e à grande presença de nascentes, dá a esse bioma a característica de caixa d'água do Brasil.

O Cerrado concentra grande parte das nascentes de importantes rios brasileiros. Seus domínios florestais abastecem, portanto, a maior parte dos rios do Brasil. De acordo com a ONG WWF-Brasil, cerca de 90% da energia consumida no Brasil provém da produção de rios cujas águas nascem no Cerrado. Os principais rios desse bioma com nascentes advindas dessa região são o Araguaia, o São Francisco e o Tocantins.

Por que o Cerrado é considerado o berço das águas?

Além de compreender nove das doze bacias hidrográficas existentes no Brasil, o Cerrado também abrange uma região que abriga três grandes aquíferos: Guarani, Bambuí e Urucuia. As águas provenientes do Cerrado abastecem esses aquíferos, desempenhando, então, um importante papel na alimentação dos recursos hídricos continentais. As florestas existentes no Cerrado possuem raízes profundas, capazes de captar água da chuva e abastecer esses aquíferos.

Aquíferos do Cerrado

Aquíferos são formações geológicas bastante permeáveis constituídas por rochas com alta porosidade, que permitem o armazenamento de grandes volumes de água da chuva. O Cerrado abriga três aquíferos:

1. Aquífero Guarani: considerado a maior reserva subterrânea de água do mundo, sendo, portanto, um importante manancial para consumo de água. Estende-se pelas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do Brasil.

2. Aquífero Bambuí: compreende a região da Bacia Sedimentar do São Francisco, abrangendo partes dos estados de Goiás, Tocantins, Minas Gerais e Bahia. Divide-se entre os biomas Cerrado e Caatinga.

3. Aquífero Urucuia: localiza-se na região compreendida pelo Cerrado, estendendo-se pelos estados da Bahia, Tocantins, Goiás, Piauí, Maranhão e Minas Gerais.

O Rio Tocantins, um dos principais rios do bioma Cerrado, tem nascentes provenientes desse bioma.
O Rio Tocantins, um dos principais rios do bioma Cerrado, tem nascentes provenientes desse bioma.

​​​​Quais são os principais rios do Cerrado?

O Cerrado compreende uma região estratégica, abrangendo diversas bacias hidrográficas do país. Os principais rios com nascentes na região desse bioma são:

  • Rio Araguaia

  • Rio Tocantins

  • Rio São Francisco

  • Rio Paraguai

  • Rio Parnaíba

  • Rio Gurupi

  • Rio Jequitinhonha

  • Rio Paraná

Conservação do Cerrado

Preservar o Cerrado é fundamental para manter o equilíbrio ecológico e dos recursos hídricos no Brasil. Além de concentrar grande parte da biodiversidade brasileira, esse bioma compreende grandes reservas de águas subterrâneas, que abastecem as principais bacias hidrográficas.

Infelizmente, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nas últimas décadas, o Cerrado reduziu-se cerca de 48,4%, redução maior que a do desmatamento da Amazônia. Essa devastação intensa sugere, que em algumas décadas, o abastecimento dos recursos hídricos pode ser afetado, visto que as formações vegetais existentes no Cerrado são responsáveis por captar água da chuva para abastecer os aquíferos que alimentam os rios do Brasil. A expansão agropecuária é um dos principais motivos para a devastação desse bioma. Conciliá-la com a preservação do meio ambiente tem sido um grande desafio.

Leia também: Degradação do Cerrado

Avaliação

-

    Escola Kids