Degradação do Cerrado

  • Atualmente 5/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Degradação do Cerrado A expansão agropecuária é uma das causas da degradação do Cerrado
Por Rodolfo F. Alves Pena
PUBLICIDADE

O Cerrado é um importante bioma e também um domínio morfoclimático brasileiro, sendo o segundo maior em área original do Brasil, perdendo somente para a Amazônia. É também umas das paisagens mais ricas do país e do mundo em termos de espécies vegetais e animais. No entanto, toda essa riqueza e importância não impediram que esse domínio natural fosse gradativamente devastado pelas atividades humanas.

O processo de degradação do Cerrado intensificou-se a partir da década de 1970, quando o avanço das tecnologias na produção permitiu a expansão da fronteira agrícola para o interior do Brasil, de modo que boa parte das áreas naturais fosse substituída por lavouras, a maioria de soja voltada para a exportação.

Atualmente, restam somente 20% da vegetação original do Cerrado, que ainda conta com um índice de desmatamento duas vezes superior ao sofrido pela Amazônia, totalizando uma média de três milhões de hectares ao ano, conforme dados da ONG Conservação Internacional. Caso a exploração continue nesse ritmo, até 2030 o bioma Cerrado estará totalmente extinto, levando consigo todas as suas espécies, algumas ameaçadas de extinção.

Além da expansão das atividades agropecuárias, outro motivo para o aumento do desmatamento do Cerrado é o uso intensivo de seus recursos naturais, notadamente a madeira das árvores. Como as árvores apresentam troncos com casca grossa e resistente, geralmente elas são utilizadas como matéria-prima para a produção de carvão, pois esse tipo de madeira demora mais para queimar e é mais resistente.

Para piorar esse cenário, há o problema das queimadas. Naturalmente, elas sempre existiram no Cerrado e fazem parte dos ciclos de renovação e brotamento de novas sementes. Mas quando intensificadas pela ação humana, elas prejudicam os solos e impedem a renovação da floresta, consumindo as árvores e deixando o ambiente inadequado para as espécies vegetais e animais.


As queimadas pioram o quadro do Cerrado *

Atualmente, o Cerrado é classificado como um hotspot, isto é, um local natural com prioridade internacional de conservação em razão das ameaças sobre sua biodiversidade. O bioma também possui uma grande quantidade de espécies endêmicas – aquelas que só existem no local –, o que torna a sua preservação ainda mais urgente e necessária.

__________________
* Créditos da imagem: Agência Brasil / Wikimedia Commons


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Avaliação

10.0

    Escola Kids