Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Termos essenciais da oração

Aprenda quais são os termos essenciais que estruturam a oração e também suas funções sintáticas específicas.

 Observe os termos em destaque nas orações a seguir:

(1) Maria aprendeu o alfabeto.

(2) Maria gosta de doces.

Você pode perceber que, na oração (1), o nome próprio Maria é o ser sobre o qual se faz uma declaração. Esse termo recebe um nome específico em língua portuguesa. Dizemos que ele é o sujeito da oração.

Já na oração (2), percebemos que o termo destacado é tudo aquilo que se declara/fala sobre o sujeito, não é mesmo? Esse termo da oração é conhecido como predicado.

Observe que esses termos analisados são responsáveis por construir a estrutura básica das orações, pois ficaria difícil compreender o enunciado sem a presença deles e, por isso, são chamados de termos essenciais da oração. Veja:

(1) ... aprendeu o enunciado. Quem?

(2) Maria... O quê?

Pela grande possibilidade de criação dos enunciados, existem diversos tipos de sujeito e predicado. Observe o quadro a seguir:

- Tipos de sujeito

Sujeito

Definição

Exemplo

Sujeito simples

É aquele que possui apenas um núcleo.

Fabiano contava histórias.

Sujeito composto

É aquele que possui mais de um núcleo.

Pedro e Maria foram ao cinema.

Sujeito oculto

É aquele que não está explícito na oração, mas pode ser identificado.

Gosto de morangos.

(identificamos pela desinência verbal)

Sujeito indeterminado

Ocorre quando não é possível identificar um referente explícito na oração (ou no contexto do enunciado) pela flexão verbal

Incendiaram os ônibus.

(Verbo transitivo direto flexionado na 3ª pessoa do plural.)

Sujeito inexistente ou oração sem sujeito

Ocorre quando há um verbo impessoal.

- No inverno, anoitece mais cedo.

- Nesse mês, houve muitas vendas.

- Já cheguei dois dias.

- É ainda muito cedo.


- Tipos de predicado
 

Predicado

Definição

Exemplo

Predicado nominal

É aquele que possui como núcleo um nome e é formado por um verbo de ligação + predicativo do sujeito.

O menino parecia ansioso.

V. de ligação + P. do sujeito

 

(o núcleo do predicado é o adjetivo “ansioso”)

Predicado verbal

É aquele que possui como núcleo um verbo transitivo ou um verbo intransitivo.

A menina adora doces.

Verbo transitivo direto.

 

Choveu muito.

Verbo Intransitivo

Predicado verbo-nominal

É aquele que tem como núcleo uma forma verbal (verbo transitivo ou verbo intransitivo que expressa ação) e uma forma nominal (substantivo, adjetivo, locução adjetiva) ou uma forma pronominal, que atua como predicativo do sujeito ou do objeto a que se refere.

- Pedro saiu contente.

(verbo intransitivo + P. do sujeito)

 

- Maria conseguiu a promoção desejada.

(VTD + Obj. direto+ P. do objeto)

 

Ele leu a carta ansioso.

(VTD + Obj. direto+ P. do sujeito)

Assim, são termos essenciais da oração o sujeito e o predicado. 

A oração acima não possui sujeito porque expressa um fenômeno natural A oração acima não possui sujeito porque expressa um fenômeno natural
Por Mariana Rigonatto

Você pode se interessar também

Português

Características do predicado

Português

Classificação do predicado

Português

Oração: Sujeito e Predicado

Português

Predicado nominal

Últimos artigos

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.

Animais herbívoros

Os animais herbívoros se alimentam de algas e/ou vegetais e, portanto, ocupam sempre o nível de consumidores primários na cadeia alimentar.

Realismo no Brasil

Realismo foi um estilo de época do século XIX. No Brasil, Machado de Assis é seu maior representante.

Código de Hamurábi

Código de Hamurábi — código de leis tradicionais na Mesopotâmia — foi compilado por Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C.