Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Classificação do predicado

Que tal estudar um pouquinho sobre análise sintática? Clique e fique por dentro da classificação do predicado!

  Você sabe o que é análise sintática?

Certamente você está aprendendo as regras da língua portuguesa na escola, assim como os elementos responsáveis pelo bom funcionamento da língua falada e da língua escrita. Sendo assim, é importante que você saiba que cada palavrinha possui uma função dentro de uma frase ou oração, e a análise sintática tem como objetivo examinar a estrutura de um período, assim como as orações que o compõem. Entre os elementos que compõem uma oração estão o sujeito e o predicado. Hoje falaremos sobre a classificação do predicado. Vamos lá?

Para começar: Você sabe o que é o predicado? O predicado é tudo aquilo que se fala a respeito do sujeito, ou seja, daquele que pratica ou sofre a ação verbal. Quando, ao fazermos uma pergunta para o verbo, identificamos o sujeito, identificamos também o seu predicado, no qual sempre constará um verbo ou uma locução verbal. Quer ver só como é fácil identificar o predicado? Observe:

Os alunos estudaram para a prova de Geografia.

Quem estudou? → Os alunos.

Sujeito: Os alunos.

Predicado: estudaram para a prova de Geografia.


Predicado verbal: o núcleo é um verbo. Predicado nominal: o núcleo é um nome. Predicado verbo-nominal: predicado verbal + predicado nominal

Você já deve ter aprendido que o sujeito sempre apresentará um núcleo. O núcleo do sujeito contém a ideia central, e o mesmo acontece com o predicado. Vamos aprender a identificar o núcleo do predicado? Fique atento:

Os alunos estudaram para a prova de Geografia.

Sujeito: Os alunos.

Predicado: estudaram para a prova de Geografia.

Qual é a palavra mais importante do predicado? → estudaram.

Núcleo do predicado: estudaram.

Quando o núcleo do predicado for um verbo, esse predicado será chamado de predicado verbal. E quando o núcleo não for um verbo, como ele será classificado? Fique atento:

Os alunos estavam nervosos por causa da prova.

Sujeito: Os alunos.

Predicado: estavam nervosos por causa da prova.

Qual é a palavra mais importante do predicado? → nervosos.

Núcleo do predicado: nervosos.

A palavra mais importante do predicado da oração acima é um adjetivo: nervosos. Quando o núcleo do predicado for um nome, seja ele um adjetivo ou um substantivo, ele será chamado de predicado nominal. O predicado nominal é formado por um verbo de ligação (estavam) e um predicativo do sujeito.

Além do predicado verbal e do predicado nominal, existe também o predicado verbo-nominal, que nada mais é do que a fusão desses dois tipos de predicado. Nele existem dois núcleos: o verbo (predicado verbal) e o predicativo (predicado nominal). Observe:

Os alunos reclamaram nervosos da prova de Geografia.
↑              ↑                 
núcleo         núcleo                       
verbal         nominal                     

reclamaram nervosos da prova de Geografia: predicado verbo-nominal.

Sintetizando o que você estudou:

Predicado: O predicado é tudo aquilo que se fala a respeito do sujeito.

Núcleo do predicado: É a palavra mais importante do predicado.

Predicado verbal: Quando o núcleo do predicado é um verbo.

Predicado nominal: Quando o núcleo do predicado é um nome (adjetivo ou substantivo).

Predicado verbo-nominal: Fusão do predicado verbal e do predicado nominal.

  

Por Luana Castro
Graduada em Letras

Predicado é tudo aquilo que se declara sobre o sujeito. Ele pode ser classificado como predicado verbal, predicado nominal ou predicado verbo-nominal Predicado é tudo aquilo que se declara sobre o sujeito. Ele pode ser classificado como predicado verbal, predicado nominal ou predicado verbo-nominal
Por Luana Castro Alves Perez

Você pode se interessar também

Português

Características do predicado

Português

Oração: Sujeito e Predicado

Português

Predicado nominal

Português

Predicado verbo-nominal

Últimos artigos

Rinocerontes

Rinocerontes são animais de grande porte encontrados na África e Ásia. São animais solitários, territorialistas e que podem viver cerca de 50 anos.

Animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos

Quando falamos em animais ovíparos, ovovivíparos e vivíparos, estamos nos referindo ao local onde o embrião de uma espécie se desenvolve.

Metáfora

A metáfora é uma figura de linguagem que usamos para comparar diferentes ideias por meio de algumas semelhanças entre elas. Isso é feito com o uso de linguagem figurada.

Cuca

Cuca é um ser do folclore brasileiro e apresentada como uma velha má que sequestra crianças. Por meio de Monteiro Lobato, a forma de jacaré da cuca se popularizou.