Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Predicado verbo-nominal

Aprenda mais sobre o predicado verbal e entenda a composição desse termo essencial da oração.

O predicado pode possuir núcleos diferentes. Esses núcleos determinam o tipo de predicado que uma oração pode conter. Assim, na classificação dos predicados, podemos ter:

  • predicado nominal: possui um núcleo nominal;
  • predicado verbal: possui um núcleo verbal; e
  • predicado verbo-nominal: possui um núcleo verbal e um núcleo nominal.

Neste texto, vamos analisar a estrutura do predicado verbo-nominal. Para tanto, observe a oração abaixo:

A viagem deixou todos aflitos.

Nessa oração, temos:

  • sujeito: A viagem
  • predicado: deixou todos aflitos

Analisando esse predicado, percebemos que ele é composto por um verbo transitivo direto, ou seja, um verbo que não possui sentido completo e necessita, portanto, de um complemento verbal. Se encerrarmos o enunciado no verbo, ele ficará com o sentido incompleto e pedirá maiores informações. Veja:

A viagem deixou...
(O quê? ou Quem?)
...todos aflitos.

Quando o predicado é composto por um verbo transitivo direto, esse verbo será núcleo do predicado, caracterizando-o como predicado verbal. No entanto, há outros termos que necessitam ser analisados na oração acima. Como resposta da questão verbal, obtivemos os termos “todos aflitos”. Nesse caso, o pronome “todos” exerce a função de objeto direto do verbo transitivo direto e o adjetivo “aflitos” exerce a função de predicativo do objeto, ou seja, traz uma informação que especifica o objeto direto, formando, dessa forma, um núcleo nominal do predicado em questão. Assim, observamos que essa oração possui um predicado com um núcleo verbal e outro nominal, o qual pode ser classificado como predicado verbo-nominal.

O predicado verbo-nominal, portanto, é aquele que tem como núcleo uma forma verbal e uma forma nominal. Essa forma nominal atua como predicativo do sujeito ou do objeto, dependendo do termo a que se refere. Assim, esse tipo de predicado pode ser estruturado das seguintes formas:

a) Verbo intransitivo + predicativo do sujeito

Exemplo:

Sujeito

Verbo intransitivo (núcleo do predicado verbo-nominal)

Predicativo do sujeito (núcleo do predicado verbo-nominal)

Pedro

saiu

contente.


b) Verbo transitivo + objeto + predicativo do objeto

Exemplo:

Sujeito

Verbo transitivo (núcleo do predicado verbo-nominal)

Objeto

Predicativo do objeto (núcleo do predicado verbo-nominal)

Maria

abriu

o presente

inesperado


c) Verbo transitivo + objeto + predicativo do sujeito

Exemplo:

Sujeito

Verbo transitivo (núcleo do predicado verbo-nominal)

Objeto (núcleo do predicado verbo-nominal)

Predicativo do sujeito (núcleo do predicado verbo-nominal)

João

lia

o documento

ansioso

 

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

O predicado verbo-nominal é um termo essencial da oração O predicado verbo-nominal é um termo essencial da oração
Por Mariana Rigonatto

Você pode se interessar também

Português

Características do predicado

Português

Classificação do predicado

Português

Oração: Sujeito e Predicado

Português

Predicativo do objeto

Últimos artigos

Animais herbívoros

Os animais herbívoros se alimentam de algas e/ou vegetais e, portanto, ocupam sempre o nível de consumidores primários na cadeia alimentar.

Realismo no Brasil

Realismo foi um estilo de época do século XIX. No Brasil, Machado de Assis é seu maior representante.

Código de Hamurábi

Código de Hamurábi — código de leis tradicionais na Mesopotâmia — foi compilado por Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C.

Idade Moderna

Idade Moderna foi um dos períodos da História, iniciando-se em 1453 e finalizando-se em 1789. Foi o período dos regimes absolutistas e do surgimento do capitalismo.