Qual matéria está procurando ?

Português

Português

Conjugação de alguns verbos irregulares

A conjugação de alguns verbos irregulares obedece a regras específicas.

A conjugação dos verbos irregulares obedece a regras específicas A conjugação dos verbos irregulares obedece a regras específicas

O assunto do qual iremos tratar não é inédito, pois já sabemos o que são verbos irregulares. Caso tenha alguma dúvida, acesse o texto “Classificação dos verbos” para se lembrar de alguns elementos importantes. Mas, para dar uma mãozinha, os verbos irregulares são aqueles que apresentam alguma alteração no radical, que é aquela palavra que não muda, no momento em que são conjugados. Imaginemos o verbo fazer, por exemplo:

Eu faço
Tu fazes
Ele faz
Nós fazemos
Vós fazeis
Eles fazem

Ora, é simples, percebemos que na primeira pessoa do singular (eu), o radical que se mantém nas demais pessoas verbais (faz-), foi alterado pela mudança de uma letra (faç-).

Dessa maneira, sabemos o que são esses verbos, mas que tal conhecermos a forma como são conjugados? Pois bem, para tanto, escolhemos os verbos “dar, trazer, saber e querer”, levando-se em consideração todos os modos e tempos em que são conjugados. Vamos então à nossa tarefa?

Presente do modo indicativo

Pretérito imperfeito

Pretérito perfeito

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Modo subjuntivo

Presente

Pretérito imperfeito

Futuro

Modo imperativo

Observação: O verbo querer não é conjugado no modo imperativo.

Imperativo afirmativo

Imperativo negativo

Formas nominais

Infinitivo

Gerúndio

Particípio

Por Escola Kids

Você pode se interessar também

Português

Discordância gráfica e irregularidade verbal

Português

Formas Rizotônicas e Arrizotônicas

Português

Verbos anômalos

Últimos artigos

Cerebelo

Cerebelo é uma parte do encéfalo e está relacionado, entre outras funções, com a manutenção do nosso equilíbrio, postura e ajuste dos movimentos corporais.

Tríplice Aliança

Tríplice Aliança foi um acordo militar assinado, em maio de 1882, por Alemanha, Áustria-Hungria e Itália, que procuravam se proteger de França e Rússia principalmente.

Raposa

Raposa é um nome popular usado para se referir a alguns representantes da família Canidae, a mesma família dos cães e lobos. São animais onívoros e geralmente solitários.

Aranha-armadeira

Aranha-armadeira pode ser encontrada em todo território brasileiro. Recebe essa denominação devido à posição que assume quando se sente ameaçada.