Pirâmide alimentar

  • Atualmente 0/5 Estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Pirâmide alimentar A pirâmide alimentar direciona a população a uma alimentação mais saudável
Por Vanessa Sardinha dos Santos
PUBLICIDADE

Comer bem não é uma tarefa fácil. Muitas pessoas que desejam emagrecer, por exemplo, acreditam que cortar carboidratos e gorduras é fundamental para a perda de peso e que isso é uma atitude saudável. Mas você sabia que todos os nutrientes devem estar em nossa dieta e que, para comer bem, deve-se saber escolher os alimentos e a quantidade correta?

A seguir vamos tratar a respeito da pirâmide alimentar, uma importante representação gráfica que nos orienta sobre como nos alimentar melhor.

O que é e qual é a função da pirâmide alimentar?

A pirâmide alimentar é uma representação gráfica que funciona como um instrumento para garantir a saúde da população, uma vez que orienta a respeito de uma alimentação saudável. O papel principal da pirâmide alimentar é mostrar quais alimentos devem fazer parte da alimentação e quais são as quantidades adequadas de cada alimento.

Quais grupos estão representados na pirâmide alimentar?

Na pirâmide alimentar, é possível observar oito grupos alimentares, os quais estão devidamente acompanhados da recomendação diária. Veja a seguir esses grupos e suas recomendações para uma dieta de 2000 Kcal.

  1. Arroz, pão, massa, batata, mandioca: 6 porções – 900 kcal

  2. Legumes e verduras: 3 porções – 45 kcal

  3. Frutas: 3 porções – 210 kcal

  4. Carnes e ovos: 1 porção – 190 kcal

  5. Leite, queijo e iogurte: 3 porções – 360 kcal

  6. Feijões: 1 porção – 55 kcal

  7. Óleos e gorduras: 1 porção – 73kcal

  8. Açúcares e doces: 1 porção – 110 kcal

Os alimentos que devemos consumir em maior quantidade constituem a base da pirâmide e são formados pelos alimentos do grupo 1. Eles são ricos em carboidratos, alimentos que fornecem energia para nosso corpo e, portanto, devem estar em maior quantidade no organismo. Entretanto, é importante frisar que o ideal é priorizar alimentos integrais.

Os alimentos incluídos mais no ápice da pirâmide são os pertencentes ao grupo 7 e 8. Se ingeridos em grande quantidade, podem causar ganho de peso e, com isso, riscos de doenças, como as cardiovasculares. (Veja também o texto: Riscos de uma alimentação inadequada)

A pirâmide alimentar apresenta apenas informações sobre alimentos?

Apesar do nome sugestivo, na pirâmide alimentar brasileira estão descritas também algumas dicas para hábitos de vida mais saudáveis. Uma dessas dicas é a divisão em três refeições principais e três intermediárias. Segundo essa recomendação, uma pessoa deveria fazer seis refeições: café, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e lanche da noite. Além dessa divisão das refeições, é recomendada a prática de atividades físicas diárias por um período de pelo menos 30 minutos.

Avaliação

-

    Escola Kids